Voando de LATAM do BRASIL para GENEBRA

Voamos de Latam do Brasil para Genebra. O voo saiu de Salvador e pousou em Guarulhos sem problemas. Em São Paulo na hora de embarcar para Madri, onde faríamos nova conexão, ficamos sabendo que o voo havia sido cancelado.

Para mais detalhes da atuação da Latam nesta situação, leia:

+ Do Brasil para a Suíça tivemos um voo cancelado

O voo

LATAM

Embarcando em Guarulhos, São Paulo

LATAM

Latam

O novo voo saiu apenas no dia seguinte, quase no fim da manhã, e ainda decolou com 40 minutos de atraso. O equipamento tinha disposição de poltronas 3X3X3 e saiu lotado. A mesma situação na volta de Madri para o Brasil.

A tripulação foi extremamente simpática e gentil, tratou a todos com sorrisos e ajudou com as bagagens, procedimento que tenho visto cada vez menos nas companhias que tenho voado por aí.

Um ponto muito positivo para os dois voos Latam (Guarulhos – Madri e Madri – Guarulhos) foi a gratuidade dos filmes. Para mim, que não consigo dormir durante os voos, é ótimo ter entretenimento à minha disposição e, claro, sem precisar pagar.

Aproveitei para assistir, entre outros, Casablanca (um clássico belíssimo do cinema), O Lar das Crianças Peculiares (bom, mas muito pálido para Tim Burton) e Lion – uma jornada para casa, baseado em uma história real (lindo de morrer e de chorar). Depois fiquei a ouvir música até o pouso.

A comida

LATAM

Café da manhã

Pouco mais de 1 hora após a decolagem, eles serviram o almoço: as opções eram carne com batata ou raviolli de frango com molho branco. Acompanhou salada de alface com milho, biscoito com queijo polenguinho e torta de chocolate macia e super doce.

As bebidas habituais foram oferecidas: água, sucos, refrigerantes e vinhos. Mais tarde, serviram café e chocolate.

Cerca de 1 hora e meia antes de pousarmos, nos serviram o café da manhã: bolinho de coco (duro e seco) e pão de leite com queijo e presunto. Bom, comida de avião não costuma ser mesmo muito boa, ressalvadas raras exceções.

No voo de volta as refeições foram similares, mas ao invés de almoço, nos serviram jantar, pois voamos à noite.

Conexões e imigrações

LATAM

Café da manhã em Barajas antes de voar para Genebra: code share Iberia

LATAM

Em Heathrow esperando para embarcar para Madri

De Madri para Genebra a Latam fez code share com a Iberia. Voo sem nenhum sobressalto. Na volta, o code share foi com a British Airways  porque a conexão de Genebra para Madri foi em Londres.

Tanto em Madri (na ida) quando em Londres (na volta), a imigração foi tranquila.

Em Barajas, o oficial de imigração perguntou o destino. Genebra. Quantos dias: 15. Onde ficarão hospedados? Hotel em Ibis em quase todas as cidades. Ele tirou os olhos do computador neste momento, sorriu e perguntou: só hotel Ibis?! Nada de Airbnb? Também sorrindo, negamos!

Ele então perguntou: só vão ficar na Suíça? Sim. A Suíça é muito chata, disse ele. Estive lá no verão passado e não havia o que fazer. Eu queria tomar umas cervejas às 9 da noite e já estava tudo fechado!

Rimos e Léo disse: estamos quase desistindo… acho que vamos ficar pela Espanha mesmo. O oficial, rindo muito, falou: façam isso! Garanto que vão se divertir muito mais!!

Em Londres, nós não deixamos o saguão, mas precisamos apresentar passaporte e passar por revista de bagagem.

Um brasileiro começou a tirar fotos na área de imigração, mesmo com as placas indicando que era proibido. Um agente de imigração veio e deu uma bronca nele, que ainda tentou negar. O oficial o fez mostrar o telefone e apagar todas as fotos.

A senhora que dava as orientações foi gentil e sorriu. Deixamos nossas bagagens nas caixas indicadas, passamos pelo raio X e as pegamos depois. Procedimento padrão.

Léo carregava garrafas de vinho compradas em Genebra. O oficial perguntou de quem era, disse que abriria para passar o detector de pólvora e que depois fecharia a embalagem novamente.

Léo então sorriu e suspirou aliviado: achei que o senhor fosse abrir o vinho! O oficial deu muita risada e disse que aquela era uma boa ideia e que eles podiam mesmo abri-la ali para bebê-lo.

A Angie que escreve para o blog Apure Guria teve uma experiência diferente na imigração em Barajas na Espanha. Ela conta sua experiência no: A Tenebrosa Imigração no aeroporto Madrid-Barajas.

Venha espiar este mundão lindo comigo:

Siga o Espiando pelo Mundo nas redes sociais: FacebookInstagramTwitter e Google+

Para mais inspirações e histórias de viagem siga o perfil no Pinterest

Se gostaram do texto, compartilhem em suas redes sociais para que os amigos leiam e se deliciem também! 🙂 

Clicando na imagem abaixo este voo da LATAM ficará guardado em seu Pinterest.

Voamos de LATAM do Brasil para a Suíça. Veja seus pontos positivos e negativos

By |2018-03-07T01:06:25+00:0005/08/2017|Categories: Europa, Genebra, Suíça|Tags: |16 Comentários

16 Comments

  1. Beneth Santana Torquato 07/08/2017 em 16:57 - Responder

    Que chato esse negócio de voo cancelado. Eu sempre procuro voar com a LATAM, sempre fui muito bem atendido, voos saindo no horário, comida relativamente boa e como você mencionou, um sistema de entretenimento bom e gratuito.

    • Analuiza Carvalho 07/08/2017 em 20:19 - Responder

      Pois é, Beneth!!! Foi um perrengue do tamanho do mundo!!! Essa coisa do sistema de entretenimento gratuito ajuda um monte em viagens longas né?!

  2. maytescaravelli 08/08/2017 em 04:11 - Responder

    Aí Ana como me lemrbo de acompanhar essa sua viagem via Instagram e todos os perrengues com esse voo, mas pelo visto tudo se saiu muito bem. =D

    Meninas, quando eu digo que você e o Léo tem o dom para puxar assunto com os locais você vem e me surpreende ainda mais, até com os policiais de Madri? Sério mesmo! Que sorte, todo mundo por aqui diz que passar pelo o aeroporto de Madri é sempre muito complicado, pq o pessoal de lá é bem intolerante, sendo assim sempre tentamos fugir desse aeroporto e quando recebo visita sempre digo para optar por outros aeroportos. Só vocês dois mesmo para conseguir um papinho com eles rsrs…

    Sobre a comida de avião eu recentemente fiz um voo pela TAP e me surpreendi muito com a comida servida, estava gostosa dentro dos padrões de comida de avião e o catalogo de filmes também me surpreendeu muito, mtas opções e opções novas.

    • Analuiza Carvalho 08/08/2017 em 06:01 - Responder

      oi Maytê… rsrsrs eu ainda vou escrever um post só com nossas passagens por imigrações pelo mundo. eheheh Bom saber que a TAP está assim. Voei com eles somente uma vez e foi bem tranquilo, lembro-me de ter sido um bom voo. O cancelamento deste voo da LATAM e a confusão que eles fizeram conosco na volta foi bem ruim, mas o voo foi bom!

      Muitas boas viagens para nós!!!! bjs

  3. quartodeviagem 08/08/2017 em 10:31 - Responder

    Os oficiais daqui são bem engraçados, mas é sempre bom ter precauções e ficar sério quando eles perguntam, mesmo morando aqui a imigração pega no pé!

  4. Gisele 08/08/2017 em 17:47 - Responder

    Puxa, que saco esse cancelamento do voo, hein? E a companhia prestou assistência, ofereceu hotel, refeições e etc? Fiquei curiosa pra saber como foi resolvido o perrengue!

    • Analuiza Carvalho 08/08/2017 em 18:08 - Responder

      oi Gisele!!! Foi frustrante e atrasou nossa viagem, gerou custo. A Latam se responsabilizou apenas pelo pernoite em Guarulhos, cujo hotel incluiu jantar e café da manhã. As despesas em Madri correram por nossa conta. Na volta eles também nos causaram problemas, mudaram a gente de voo, ficamos presos em Guarulhos. Isso sem contar que atrapalhou o inicio de nossa viagem na Suíça e tempo não se recupera né?! bjs

  5. Francisco Piazenski 08/08/2017 em 17:52 - Responder

    Legal seu relato, Ana, e que pena quanto ao atraso do voo. Ainda bem que a equipe foi bem simpática. Barajas é muito legal né, as 3 vezes que fomos para a Europa, chegamos por lá, e sempre admiro aquela arquitetura de colunas metálicas amarelas.

    • Analuiza Carvalho 08/08/2017 em 18:09 - Responder

      oi Francisco… eu também gosto muito de pousar em Barajas! 🙂 Além do mais, ali está o meu amado 100 Montaditos! ehehehe bjs

  6. […] + Voando de Latam para a Europa […]

  7. […] + Voando de LATAM  […]

  8. Juliane 26/02/2018 em 09:16 - Responder

    Oi, tudo bem? Uma dúvida, essa pergunta da imigração sobre Airbnb é alguma pegadinha? Tem algum problema se a reserva for nessa modalidade? Pergunto pq viajo para Madri no próximo dia 23/03 e só tenho reserva de Airbnb, já que vou fazer o Caminho de Santiago e os albergues não vou reservar – apenas o primeiro e o último dia em Madri na casa de dois brasileiros que alugam quartos. Obrigada!

    • Analuiza Carvalho 26/02/2018 em 10:11 - Responder

      oi Juliane… não me pareceu pegadinha, não. O oficial foi de fato simpático, mas não podemos nunca nos esquecer que eles estão ali a trabalho, então, meu conselho é que nunca relaxe demais. O oficial de imigração não é nosso amigo, embora às vezes, eles possam mesmo ser simpáticos.

      Acho que não tem problema algum estar hospedado no AirBnb, Acho que esta modalidade é reconhecida como forma de hospedagem. Sugiro que você tenha a reserva impressa porque eles podem solicitar a comprovação do seu endereço em Madri. Tenha em mãos também a passagem de volta para mostrar que você não pretende ficar no país, bem como a comprovação monetária de que pode se bancar na Espanha durante o tempo que lá estiver.

      Já me pediram em Madri para mostrar o dinheiro que estava levando.

      Explique que seus planos são fazer o Caminho de Santiago e que por isso os albergues não estão reservados. Responda sincera e objetivamente a todas as perguntas que forem feitas e acredito que não haverá problemas. A imigração em Madri pode ser bem chata, com muitas perguntas. Responda cada uma delas sem nervosismo. Pense que você está indo apenas passear.

      Só mais uma sugestão: imagino que você tenha pesquisado o caminho e tenha em mente mais ou menos em que cidades irá pernoitar, quantos quilômetros pretende fazer por dia, etc… se tiver impresso bom, se não, tenha em mente, pois eles podem fazer perguntas desse tipo para terem certeza que você fará mesmo o caminho e não está mentindo.

      Em tempo: sensacional! Tenho muita vontade de fazer o Caminho de Santiago. Desejo uma boa peregrinação para você!

  9. Juliane 26/02/2018 em 13:32 - Responder

    Oi Analuiza, obrigada pelo esclarecimento. Minha dúvida era essa mesma, se por acaso o Airbnb poderia, de repente, não ser “reconhecido” e gerar algum tipo de problema. Quanto as etapas, tenho tudo em mente sim e também uma espécie de programação apenas para me guiar – vou levar impresso também para garantir, assim como os demais docs e a minha credencial do peregrino. Obrigada!!!!

    • Analuiza Carvalho 26/02/2018 em 16:14 - Responder

      oi Juliane… que bom que eu pude ajudar. Aproveite muito o caminho. Que ele traga muitas boas surpresas. 🙂 Sempre que puder ajudar, me diga. bj

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.