Viajar para correr – viagens de fim de semana

O projeto [8on8] desse mês de fevereiro tem como tema “fim de semana”. Viajar para correr é muito legal! Eu AMO! Assim mesmo, em letras garrafais, gritantes, maiúsculas… A seguir, 8 imagens que, de um modo ou de outro, representam algumas (e só algumas) das viagens de fim de semana que fizemos para correr.

Todas as cidades listadas nesse viajar para correr são deliciosamente turísticas. Museus e galerias, cafeterias, boa gastronomia, excelentes caminhadas pelas ruas. Passamos poucos dias, mas sempre muito intensos!

Além disso, as provas de corrida de rua dessas cidades foram muito marcantes.

Em tempos de pandemia, sem provas de corrida de rua ou viagens, escrever esse [8on8] despertou em mim um sentimento de nostalgia e um pouco de melancolia. Ah! Um bocado de saudade também!

1 – Corrida Entre Parques em Curitiba

Temperatura abaixo dos 10 graus. Chuva insistente. Largada no espetacular MON – Museu Oscar Niemeyer. Eu, mau humorada, me perguntando o que fazia ali, encharcada, batendo o queixo violentamente de tanto frio. Percurso duro, com muitas, muitas ladeiras. Muito urbana, mas passa pelos maravilhosos parques de Curitiba.

São 25km no total que podem ser percorridos no modo solo ou revezamento.

Viajar para correr - viagens de fim de semana #viiagem

Corrida Entre Parques Curitiba

2 – A Tribuna – 10km de Santos

Divertida. Lotada de gente. Animação para todo lado. As ruas de Santos ficam abarrotadas no domingo que acontece a corrida: caminhantes, torcedores, corredores, domingueiros. Geralmente sol, um calor moderado. Largada no centro da cidade. Eu, feliz, nas duas vezes em que corri essa prova. Urbana também, com os últimos quilômetros já na orla.

São mais ou menos 10km lentos e costurados, num percurso todo plano.

Viajar para correr - viagens de fim de semana #viagem

Pela segunda vez, corremos os 10k da Tribuna em Santos

3 – Meia maratona das Gerais em Belo Horizonte

Fria. Dura, duríssima! Um percurso que só sobe, sobe, sobe eternamente. Poucas pessoas na largada, na feia e vazia Cidade Administrativa. Trajeto muito técnico que exige mais força que fôlego. Paciência e determinação. Uma corrida que parece interminável. Sem torcida, com parte da pista aberta. Sem beleza. Uma prova desafiante!

21km espicaçantes. Vencer teve valor dobrado.

Em tempo: antes da pandemia soube que inverteram o percurso, que seria só descida.

Viajar para correr - viagens de fim de semana #viagem

Depois da dura Meia maratona das Gerais, somos todos vencedores

4 – Meia maratona do Rio de Janeiro

Lotada. LOTADA! Largada caótica, sem ordem. O mar da Barra do nosso lado direito. Primeiros kms de difícil deslocamento. Vou ficando irritada por não conseguir me mover direito. Na metade da prova, cansaço. Últimos kms sofridos. Gente demais. Pista estreita demais. Carros demais. Corri duas vezes. Detestei as duas.

21kms de percurso bonito, de sortidas paisagens, com várias altimetrias.

Viajar para correr - viagens de fim de semana #viagem

No Rio, já corri a meia maratona duas vezes – detalhe para a crosta de sal das medalhas. Salitre na cidade de Salvador é forte.

5 – Athenas 18K em São Paulo

Concentração no Parque do Povo. Frio. Escuro. Caí, bati o joelho. E agora?! Se joga na corrida. Esquenta o sangue que tudo vai bem! Prova super organizada. Percurso monótono, todo pela linha do trem. Técnico, rápido, fácil deslocamento. Trajeto muito São Paulo, cinza, cinza. Eu? Ritmo, cadência, passada, muito bem! Perfeito! Sinto a emoção, sou forte. Eu sou forte!

18km quase todo plano, pista folgada, exigente mentalmente.

Viajar para correr - viagens de fim de semana #viagem

Athenas 18k São Paulo

6 – Meia maratona de Santiago do Chile

Muito fria. Deliciosa fria. Agradavelmente fria. Muita gente na largada, organizada. Garmin deu pau, larguei em último lugar, sem GPS, sem relógio… Senti raiva. Durou o tempo de começar a correr. Corri. Torcida intensa, chilenos de todas as idades nas ruas. Me senti atleta profissional. Acelerei. Mais rápido. Corri no instinto, na percepção. Meu primeiro sub-2h!

21km todo plano, largo, veloz e fácil.

Viajar para correr - viagens de fim de semana #viagem

Véspera da meia maratona de Santiago do Chile, um jantar inesquecível no excelente Astrid y Gastón

7 – Desafio Beto Carrero em Penha

3 corridas. 3 distâncias. 3 dias. Seguidos. Duas corridas noturnas, uma corrida diurna. 5km. 10km. Meia maratona. Nessa ordem. Pouco tempo de recuperação. Um teste de alta intensidade. Instigante. Foi muito difícil. Foi maravilhoso. O cenário de fantasia do parque Beto Carrero. Vencer me encheu de júbilo, de euforia.

Percurso exigente, com muitas curvas e terrenos instáveis com algo de monotonia e pouca luminosidade nas corridas noturnas.

Viajar para correr - viagens de fim de semana #viagem

Desafio Beto Carrero em Penha

8 – Fim de semana de corridas da Disney na Flórida

2 distâncias. 2 dias seguidos. Sempre diurnas. 5km. 10km. Frias. Absurdamente frias. Temperatura abaixo dos 5 graus. Quase todo o percurso feito na escuridão do dia que ainda estava longe de nascer. Largada no Epcot Center. Emoção em alta intensidade. Muitas lágrimas de alegria, comoção, prazer…

Entrei num mundo de magia, de fantasia. Das corridas mais lindas que já participei na vida!

Percursos fáceis, rápidos (quem correr rápido?! Queria que durasse uma eternidade, para sempre se possível!), belíssimos. Torcida: os personagens da Disney.

Viajar para correr - viagens de fim de semana #viagem

Na expo, com meus números de peito para as corridas da Disney – Flórida

Viajar para correr – viagens de fim de semana

Portanto, viajar para correr é das coisas que eu gosto de fazer nessa vida. Passar apenas um fim de semana numa cidade, correr provas incríveis, turistar um bocadinho, se possível, encontrar com amigos.

Voltar para casa com uma medalha no pescoço, muito orgulho no peito, boas memórias e maravilhosas experiências, novos aprendizados e mais forte um tantinho assim.

Ah!!! Oxalá a cura para esse coronavírus chegue logo, muito logo!

Em tempo, a foto de capa desse viajar para correr – viagens de fim de semana, é de um treino que fizemos em Blumenau, durante o fim de semana que passamos na cidade catarinense. Se não tem prova, a gente treina!

FIM

Leia também os outros textos do projeto 8 on 8, 8 com o tema “sol e calor”

O Berço do MundoTermas em Portugal | 8 opções relaxantes |Destinos Por Onde Andei… – Dica de hospedagem na Lapa Rio de Janeiro | Chicas Lokas na Estrada – Dicas para aproveitar o fim de semana no Rio de Janeiro | Let ‘s Fly Away – Beto Carrero World: o que fazer em 2 dias e se divertir de montão! | Viajante Econômica – Novotel é opção para fim de semana em Santos

Venha espiar este mundão lindo comigo pelas redes sociais. 

Siga o Espiando pelo MundoFacebookInstagram e Twitter e Trip Advisor

Quer conhecer saber um outro texto que fez parte do Projeto [8 on8]?! 

Então clica no link bem aqui abaixo!Cais da Ilha de Genebra

Era uma vez… sol e calor em 8 imagens e histórias

Viajar para correr - viagens de fim de semana #viagem          Viajar para correr - viagens de fim de semana #viagem

Clique em qualquer uma das quatro imagens logo aqui acima Cais da Ilha de Genebra para que o [8on8] Viajar para correr – viagens de fim de semana fique guardado em seu perfil no  Pinterest de modo que você possa ler e reler tantas e quantas vezes quiser. 🙂
Além disso, para mais inspirações e histórias de viagem siga o perfil do Espiando pelo Mundo no Pinterest.

[8on8] Viajar para correr – viagens de fim de semana

Por fim, se você, meu caro viajante, gostou de saber um pouco sobre provas de corrida pelo mundo que cabem num fim de semana, decerto gostará de compartilhar em suas redes sociais a fim de que os amigos e conhecidos leiam também! 🙂 

Os botões de compartilhamento estão aqui abaixo.

Cais da Ilha de Genebra

 

6 Comments

  1. Cecília 18/02/2021 em 15:50 - Responder

    Não costumo viajar para correr, mas gosto de aproveitar um fim de semana por aí. Gostei do post cheio de emoções diversas e reais, sentidas por você, Analuiza, que sempre é muito sincera nas suas impressões sobre as cidades e lugares visitados. Que venha a vacina para todos para você vir correr os !0 km da Tribuna FM, em Santos. beijos

    • Analuiza Carvalho 19/02/2021 em 10:52 - Responder

      oi Cecília… não vejo a hora desse mundo abrir logo! Saudades de uma viagem, saudades de uma corrida de rua. Seguramente eu volto para correr 10km da Tribuna em Santos. 🙂 bjus

  2. Denise Barreto da Silva 21/02/2021 em 18:42 - Responder

    Eu não costumo correr, mas meu irmão adora! Vou recomendar este post pra ele. Quem sabe o inspiro a uma viagem para correr no fim de semana em um dos lugares lindos que citou! Beijos!

    • Analuiza Carvalho 22/02/2021 em 11:18 - Responder

      oi Denise!!! Tomara que esse texto o inspire a correr por aí, em viagens de fim de semana! bjus

  3. GISELE PROSDOCIMI 24/02/2021 em 01:52 - Responder

    Quanta emoção e fibra nestas maratonas de viajar para correr em finais de semana, torci daqui mesmo. Preguiçosa que sou, mesmo assim senti a energia de cada passada, no ritmo de suas palavras, tão expressivas e fortes, emotivas e vibrantes. Deve ser emocionante ser uma maratonista e correr junto com sua mente, equilibrando sentimentos e dores, para se lembrar com emoção tempos depois. Parabéns, querida.

    • Analuiza Carvalho 25/02/2021 em 10:39 - Responder

      oi Gi… que bom que você captou o que tem de mais essencial viajar para correr, correr em viagens, conhecer cidades através da corrida: emoção!!! Não vejo a hora de voltar com tudo isso! 🙂 bjus

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.