Um GRITO de AMOR do centro do MUNDO

Os japoneses tem um jeito muito diferente de contar uma história. Um ritmo mais lento, cheio de muitos detalhes, pequenos, grandes, significativos, triviais… Muitas vezes viajar pelas histórias japonesas me dão uma sensação de conforto, de estar enrolada em um cobertor deitada no sofá olhando a chuva cair. Um grito de amor do centro do mundo é bela e enternecedora história.

A história

À medida que fui deambulando pela história de Aki e Sakutorô, que se conheceram ainda crianças, na escola em que estudavam e foram crescendo juntos, eu fui me envolvendo mais e mais na vida daquelas pessoas. Em muito pouco tempo, seus sentimentos passaram a ser os meus.

Os jovens Aki e Sakutorô, aos poucos, com o caminhar do tempo, vão descobrindo o amor, a inocência do primeiro amor, bonito nos pequenos gestos, nos olhares, nas incertezas, na insegurança e timidez de cada um.

O amor dos dois é lúdico, é puro, é sublime. Eles planejam um futuro com casamento, filhos e muita felicidade.

O caminhar da vida

Um grito de amor

Um grito de amor do centro do mundo

Até que Aki fica doente e o futuro deles encontra-se agora num terreno esburacado de incertezas. A forma como o jovem Sakutorô trata a menina, suas dúvidas, seus momentos de tristeza, de solidão e de esperança, o desespero e o carinho: tudo é comovente e delicado.

Fiquei ao seu lado observando-a dormir. (…) O rosto de Aki estava visivelmente mais magro.

É intenso sem ser arrebatador. Às vezes dá vontade de gritar por eles, mas só podemos chorar com eles.

É uma história de amor tocante, terna, singela e das mais lindas.

Um Grito de Amor

Durante meu próprio caminhar por cidades japonesas, procurei descobrir Aki e Sakutorô nos diversos rostos que desfilaram diante de mim, busquei silenciosamente pelas ruas histórias inocentes de amor. Observei casais novos, velhos e pensei qual teria sido a trajetória deles.

Pensei em seu passado, imaginei seu futuro e desejei saber como o presente os tratava. Divaguei se havia no Japão muitos Aki e Sakutorô.

Um grito de amor do centro do mundo

Autor: Kyoichi Katayama (Japão)

Editora: Objetiva

Números de Páginas: 155

Conheça um pouco do Japão:

+ Japão para Iniciantes

Gostou desse texto?! Salve-o em seu Pinterest!

Um grito de amor do centro do mundo é uma singela e comovente história de amor

By |2018-03-07T01:06:32+00:0021/07/2017|Categories: O Mundo nos Livros|Tags: , , |2 Comentários

2 Comments

  1. Klécia Cassemiro 08/08/2017 em 23:59 - Responder

    Os olhos de Aki na capa já aqueceram meu coração. Gosto de historias plácidas de amor mais que amores arrebatadores – cada um ao seu tempo na vida, mas são os plácidos que vem pra durar e fazer bem. Espero que o de Aki e Sakutorô tenha sobrevivido a muitos anos! Simplesmente por não ser justo por parte da vida que fosse diferente 🙂

    • Analuiza Carvalho 09/08/2017 em 23:05 - Responder

      É uma linda história. Para descobrir as trajetórias e onde elas chegarão terás que ler. Garanto momentos lindos se assim o fizer. 🙂

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.