O Restaurante Porto do MOREIRA em SALVADOR: comida de RAIZ

O Restaurante Porto do Moreira em Salvador é a tradução da velha Bahia, a Bahia de meus pais, de Jorge, o Amado, de Caetano Veloso e de tantos outros personagens da antiga Salvador. O restaurante venceu a tirania do tempo para atender a nova Salvador.

Algumas muitas semanas atrás eu comentei em um almoço com amigos: estou doida de vontade de comer uma galinha ao molho pardo. Minha mãe nunca mais fez para mim e não acho em nenhum canto. Nosso amigo, moço das antigas, que conhece a velha Salvador me disse: vamos ao Moreira! Lá tem!

Combinado, então! Vamos ao Moreira qualquer dia desses!

A velha Salvador, o velho Moreira

Restaurante Porto do Moreira

O Restaurante Porto do Moreira fica no centrão de Salvador

Localizado no centrão da capital baiana, em um dos tradicionalismos circuitos do carnaval, a Rua Carlos Gomes, em meio à muvuca de pessoas, ambulantes, turistas e soteropolitanos, foi fundado lá pelos distantes anos de 1939, o Restaurante Porto do Moreira, pelo velho Moreira, como meu pai chamava o Sr. José.

Os pratos servidos no Moreira, como o restaurante é chamado pelos soteropolitanos, estão no cardápio desde sempre, como a galinha ao molho pardo que eu tanto queria comer.

Comida de raiz que minha mãe fazia em casa frequentemente. O Restaurante Porto do Moreira em Salvador é muito simples, onde a comida é servida em pratos e cumbuquinhas, onde a louça e os talheres não combinam, onde não há nenhum requinte.

Enrola de cá e de lá, nosso amigo, que não tem tempo a perder, nos ligou em uma quarta-feira: estamos indo almoçar no Moreira. Esperamos vocês, disse ele ao telefone.

Comida boa e de raiz no Moreira

Não contamos conversa e rumamos para o Largo Dois de Julho: eu, o Léo, o moço da velha guarda e a filha dele dividimos uma mesa, conversa boa, risadas, galinha ao molho pardo, carneiro assado e rabada.

Para acompanhar, arroz branco, salada verde, farofa d´água, feijão temperado e um pirãozinho, além da boa e ardida pimenta baiana. Estava tudo delicioso e comemos muito!

Restaurante Porto do Moreira

Galinha ao molho pardo, carneiro assado e rabada

Restaurante Porto do Moreira em Salvador

Um pijaminha baiano

Não posso deixar de mencionar a sobremesa: típico pijaminha português que comemos em Évora – um bocadinho de todas as sobremesas disponíveis em um prato e muitas colheres para compartilharmos.

Só não recomendo o café: como disse nosso amigo, ele é feito na hora… na hora em que as cozinheiras chegam, 7h da manhã…

Um almoço lotado, socado de afeto, lembranças, reminiscências de nossos deliciosos e amados passados. Ali, naquela tarde incorporamos novas e deliciosas memórias à nossa alma, entre as paredes antigas do Moreira.

O Restaurante Porto do Moreira em nossas vidas

Restaurante Porto do Moreira em Salvador

O Restaurante Porto do Moreira

O Moreira é muito frequentado por toda gente que trabalha e mora por ali: advogados, empresários, funcionários públicos, pois havia muitos escritórios ali pelos arredores (Comércio, Piedade…) assim como órgãos diversos ligados a Justiça (OAB, Fórum…).

Foi o Léo quem me apresentou ao Moreira, logo que começamos a namorar, mil anos atrás, pois apesar de sempre frequentar o centrão de Salvador – minha avó morou aí até morrer – eu só almoçava a comida da vó.

O nosso amigo da velha guarda foi quem levou Léo ao Restaurante Porto do Moreira em seus primeiros anos de Bahia. O Moreira virou ponto de encontro dele e de seus amigos, expatriados como ele, em sua maioria.

O Moreira é um dos lugares caros para Leo, cheio de histórias, risos, brodagem, zombaria… É um dos motivos que o fizeram amar a Bahia, a ponto de, neste final de ano, ele afirmar entre amigos em São Paulo, que é baiano.

Fomos ao Moreira em uma quarta-feira de muito calor em Dezembro

Restaurante Porto do Moreira em Salvador

Bom retorno à nossa verdadeira morada Sr. Antonio Moreira

Então, naquela quarta-feira, seguimos para o Restaurante Porto do Moreira para que eu pudesse matar minha vontade de comer galinha ao molho pardo.

Os filhos do José, já falecido, Antonio e Francisco, que tocam o restaurante há anos, estavam lá.  Nosso amigo e Leo ficaram de palhaçada, gozações e conversa mole com eles. Pirraças de quem já se conhece há muito tempo. Piadas internas.

O passado exibido nas paredes do Moreira

Restaurante Porto do Moreira em Salvador

O Restaurante Porto do Moreira e suas relíquias

Para quem pretende conhecer um pedaço da antiga Salvador e não tem frescura, recomendo um almoço no Moreira cujas paredes exibem um telegrama de Jorge Amado dando pêsames pela morte de José.

Há ainda uma foto com Riachão e Batatinha, além de outros sambistas. Isso sem falar que o restaurante foi citado em Dona Flor e seus Dois Maridos, de Jorge.

Duas semanas depois desse nosso almoço, o Antônio Moreira faleceu. O Leo ficou triste. Mais um pedaço da velha Bahia que se vai.

Escreveu Leo:

ANTONIO MOREIRA, muito obrigado por sempre recomendar os pratos mais caros do seu cardápio; por quase sempre errar na conta (para mais); pela imbatível sobremesa; pelos almoços que terminavam com a barriga doendo de tanto comer bem e rir; por criticar o SANTOS F.C.; por contar estórias; por sempre servir uma cerveja a mais; pelos deliciosos pratos; por sempre atender magistralmente todos os inúmeros amigos meus para quem eu sempre quis mostrar um pedaço da Bahia de Jorge Amado; por ter sido parte fundamental da minha aclimatação em Salvador… você continuará para sempre iluminado… descanse em PAZ.”.

Informações adicionais

Restaurante Porto do Moreira

Restaurante Porto do Moreira e sua galinha ao moho pardo

 

Endereço do Restaurante Porto do Moreira em Salvador:

Rua Carlos Gomes, 488, Largo do Mocambinho

Telefones: (71) 3322-4112 / 3322-2814

Horários de funcionamento: todos os dias das 09:30 às 16:00

Os preços dos pratos variam entre R$25,00 e R$70,00.

 

 

 

Este texto – Restaurante Porto do Moreira em Salvador – não é fruto de nenhum tipo de parceria, com nenhum tipo de benefício, sendo bem ao contrário disso resultado de nossas escolhas e gostos pessoais.

A Galinha ao Molho Pardo

Conhecida em outras cidades nordestinas como Galinha a Cabidela, este prato delicioso foi trazido ao Brasil pelos colonizadores portugueses no século XVI.

Durante seu cozimento acrescenta-se o sangue da galinha com vinagre. Uma delícia!

Nosso almoço no Moreira faz parte do Projeto Vivendo Salvador

Quer saber mais dicas de bons lugares para comer em Salvador?! Então clica no link bem aqui abaixo!

Cais da Ilha de Genebra

+ Onde comer uma boa moqueca em Salvador

Venha espiar este mundão lindo comigo pelas redes sociais. 

Siga o Espiando pelo Mundo nas redes sociais: FacebookInstagramTwitter e Google+

O Restaurante Porto do Moreira em #Salvador é um lugar simples no centrão da cidade que serve deliciosa comida de raiz. #gastronomia #Bahia #Brasil #viajar #viajantesempressa

 

Clicando na imagem ao lado o Restaurante Porto do Moreira em Salvador ficará guardado em seu perfil no  Pinterest. 🙂

Para mais inspirações e histórias de viagem siga o perfil do Espiando pelo Mundo no Pinterest.

 

 

Se você, meu caro viajante, gostou de conhecer o Restaurante Porto do Moreira em Salvador, compartilhe em suas redes sociais para que os amigos leiam e se deliciem também! 🙂 

Os botões de compartilhamento estão aqui abaixo.

Cais da Ilha de Genebra

By |2018-03-07T01:05:12+00:0005/01/2018|Categories: Salvador|Tags: , , |22 Comentários

22 Comments

  1. Klecia 08/01/2018 em 21:14 - Responder

    Ai meu Deus – um telegrama de Jorge Amado?! Já pode ter escolhido o lugar que quero que você me leve na bahia, quando eu aportar aí pra te visitar?

    Sabe que nunca comi galinha – a cabidela – fora da casa de mainha? Comida de casa, comida pra comer aconchegadinha com os primos, brigando pelo fígado e por quem vai ficar com o pé. Nem é dos meus pratos favoritos, mas sempre rendeu boas histórias.

    E adoro quando você fala baianês aqui no EPM – conversa mole é tão bom de dizer né? Sempre achei que o som de conversa mole era exatamente o que ela é: uma conversa boa e despretensiosa, que dá vontade de ir ficando 🙂 Falando mais conversa mole!

    • Analuiza Carvalho 11/01/2018 em 08:54 - Responder

      Quando você vier a Salvador, faremos um tour gastronômico… prepara a barriga! rsrsrsrs Essa terra tem muita comida boa: de moqueca a pizza. Eu gosto muito de visitar a velha Bahia! Ela está se acabando muito rapidamente. Queria tanto segurar o tempo!

      Também nunca tinha comido galinha ao molho pardo que não feito por mainha, que faz divinamente, mas ela não quer mais fazer para mim, diz que dá trabalho… rsrsrs também significa aconchego, conforto, amor… a saudades da velha infância! rsrsrs bjus

  2. Mapa na Mão 11/01/2018 em 16:51 - Responder

    Que delícia de restaurante! É muito bom quando achamos um restaurante que sirva comida “raiz”, como você disse. Nos lembra comida caseira, não é mesmo? Parece ser um bom restaurante.

    • Analuiza Carvalho 11/01/2018 em 16:55 - Responder

      É sim, Michela… existe há muito tempo em Salvador. Digamos que seja um restaurante velha guarda, que serve comida caseira! Causa uma alegria no coração né?! rsrs bjs

  3. Jair Prandi 11/01/2018 em 18:24 - Responder

    É um restaurante típico do povo local! Gosto de me misturar com o povo quando visito as cidades grandes para experimentar como é sua rotina.

    • Analuiza Carvalho 11/01/2018 em 19:00 - Responder

      O Moreira é isso mesmo Jair… um restaurante local! Se você curte, quando vier à Salvador, vá no Moreira para conhecer a (caótica) movimentação local e comer comida boa, caseira, de vó! 🙂 bj

  4. Angela Castanhel 11/01/2018 em 21:08 - Responder

    Gosto de experimentar Tudo, mas não quer dizer que eu gosto de tudo…. hahaha. Voltei agora da Bahia, pena que eu não li essa dica antes!

    • Analuiza Carvalho 12/01/2018 em 07:25 - Responder

      oi Angela… te entendo! Gosto de experimentar (quase) tudo, mas não quer dizer que eu goste de tudo! rsrsrs Esteve em Salvador, então! O que achou de minha terrinha?! bj

  5. Carla Mota 12/01/2018 em 05:38 - Responder

    Essa comidinha brasileira é muito apelativa! Muito bom. Tenho mesmo que tentar viajar para o Brasil rapidamente. 😀

    • Analuiza Carvalho 12/01/2018 em 07:27 - Responder

      oi Carla… a culinária brasuca é mesmo vasta e variada. A nordestina então é de matar de tanto amor e gostosura! rsrs bj

  6. Ruthia 12/01/2018 em 18:20 - Responder

    Acho esses lugares simples e genuínos tão reconfortantes!
    Estive todo o texto a magicar no que seria galinha ao molho pardo e afinal é um prato tão tipicamente português. Para mim, que não como carne, o que recomendaria no Sr. Moreira? Adorei a ideia do pijaminha de sobremesas…
    Beijinho, com votos de um lindo fim-de-semana

    • Analuiza Carvalho 12/01/2018 em 20:39 - Responder

      oi Ruthia… a Bahia tem muitos e fortes traços portugueses! A gastronomia incluída. O velho Moreira veio mesmo de Portugal, embora não saiba de que cidade. Comi pijaminha na cidade de Évora, cuja culinária me lembrou a que comemos por estes lados.

      Como não sou mais vegetariana confesso que este detalhe me fugiu. Ficarei mais atenta daqui para diante e quando voltar ao Moreira, confirmarei esta informação, mas se não estou enganada, lá eles fazem moqueca de ovo: adoro! Beijocas para você e um ótimo fim de semana para você.

  7. rui batista 14/01/2018 em 07:39 - Responder

    ADOREI o lugar e o conceito… e, de facto, senti grande ‘afinidade’ portuguesa por todo o lado. Estes estabelecimentos são os meus favoritos: mais genuínos em tudo, até no bom sabor da comida. Amei 🙂

    • Analuiza Carvalho 14/01/2018 em 11:04 - Responder

      oi Rui… os meus também. Gosto de lugares que são a cara de uma cidade, das pessoas… O Moreira serve comida de minha infância, e sim, por aqui por Salvador a afinidade com a cultura portuguesa é grande, afinal por aqui esta história começou. Mas a mistureba é grande, pois a influência africana e indígena é igualmente marcante! 🙂 bj

  8. Thiago 14/01/2018 em 11:50 - Responder

    Amo comida raiz! Para nós, conhecer um local a fundo passa por experimentar a gastronomia raiz da regiao. Adoramoss a dica

    • Analuiza Carvalho 14/01/2018 em 12:02 - Responder

      Concordo Thiago! Faz parte da imersão em outra cultura não?! Então, se vier à Salvador, vá ao Moreira! rsrs bj

  9. Deisy Rodrigues 14/01/2018 em 14:55 - Responder

    Adoro lugares como esse repleto de simplicidade mas cheio de sabor e afeto, que o Moreira descanse em paz, com toda a certeza deixou um rasto de alegria em Salvador, quando estiver na cidade já quero demais conhecer e provar esse cardápio que lembra a comida da vó e traz tão boas lembranças.

    • Analuiza Carvalho 15/01/2018 em 15:18 - Responder

      oi Deisy… você definiu lindamente o Porto do Moreira! Se um dia estiver por Salvador, vá até lá e sinta os sabores antigos desta terra de contrastes… 🙂 bjs

  10. Pedro Henriques 18/01/2018 em 18:31 - Responder

    Estou a ver que o Porto do Moreira é mesmo um ponto de referência gastronómica na cidade de Salvador. Se um dia viajar até lá tenho que fazer uma visita a esse local. Boa partilha.

  11. Edson Amorina Jr 23/01/2018 em 13:51 - Responder

    Eita, que saudade de comer uma galinha ao molho pardo, adoro! Que maravilha de culinária..

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.