Deliciosa tarde de PRIMAVERA em Genebra

Deixamos Genebra em uma manhã de segunda-feira e fomos explorar outros cantos e recantos da Suíça. Voltamos dias depois à cidade para encerrar a viagem e voltarmos ao Brasil. Era uma tarde de primavera em Genebra, de céu azul, temperatura fria e agradável.

Primeiro visitamos a Casa Tavel e em seguida resolvemos aproveitar a bela tarde genebrina passeando pela cidade, revisitando ruas e vielas, descobrindo novas nuances, namorando a cidade que me conquistou sem esforço, já em ritmo de despedida.

Não houve tédio em nossos dias em Genebra.

Breve reencontro com a bela Genebra: novas juras de amor

Primavera em Genebra

No Lac Léman sob divinas luzes

Chegamos à Genebra novamente de trem, vindos de Lausanne, desembarcando uma vez mais na Gare Cornavin, a estação central.

Não é incomum que iniciemos uma viagem em uma determinada cidade, passemos alguns dias conhecendo-a, exploremos outras cidades no país e depois voltemos para encerrarmos a viagem na mesma cidade em que tudo começou.

Essa rotina é interessante, pois ao voltar meus olhos já não são os mesmos, já aprendi mais sobre os usos, costumes e histórias daquele país, além de observar as diferenças e similaridades entre as regiões, então é sempre agradável perceber o impacto que as cidades me causam em nossos reencontros.

Em Genebra, eu me apaixonei outra vez.

Um emaranhado de assuntos traduzidos em ruas, vielas e arquitetura

primavera em Genebra

No topo, nos arredores da Catedral de Genebra. Abaixo: belo casario e a Passage des degres de poules

Primavera em Genebra

Terrasse Agrippa-d’Aubigné e suas múltiplas vistas

Então, naquela tarde de primavera em Genebra nós caminhamos e caminhamos, observando o desenrolar tremulante da vida. Aliás, esta é uma cidade cuja atmosfera nos chama para longas pernadas. A arquitetura é atraente e muito antiga. As ruas contam histórias. As luzes que incidem sobre a cidade formam maravilhosos cenários.

Saímos da Casa Tavel e chegamos até a Praça da Catedral de Genebra. As ruas estavam tranquilas, com pouco movimento. Fomos em direção à Passage des degres de poules, um dos lugares mais interessantes da velha Genebra.

Subimos até o Terrasse Agrippa-d’Aubigné. Daqui temos uma vista linda do requintado casario de Genebra, de parte da catedral, dos telhados genebrinos e do Lago Genebra. Ficamos por ali uns momentos, sentindo o clima, a energia da cidade.

Sentamos em um dos bancos. Benditos sejam os instantes!

Não havia pressa alguma. Genebra era toda nossa e a saudade já estava apertando o peito.

Ruas

Os ponteiros do relógio começavam a se aproximar das 19 horas. Ainda havia luz na cidade, então fomos ver o movimento na Rue de Rive, Rue de la Croix-d’Or, Rue du Marchê: lojas, cafés, restaurantes habitam as duas margens dessas ruas, que emendam uma na outra. Mesmo ali, o movimento não era intenso. Caminhamos um pouco, mas sem muita delonga.

Caímos então para a orla do Lago Genebra.

O Lago Genebra: extraordinária paisagem

Primavera em Genebra

Paisagens incríveis: o Lac Léman e o Jato d´água sob variadas perspectivas

Sempre, em algum momento do dia em nossa temporada em Genebra nós passamos pelo lago. Em todas as ocasiões eu senti como se fosse a primeira vez. Ele é tão bonito que sempre me surpreendia quando punha os olhos nele.

Naquele fim de tarde de primavera as luzes estavam especialmente bonitas, deixando as águas com uma cor incrivelmente linda de uma tonalidade de azul marinho que nunca tinha visto até então.

Fiquei por ali, absolutamente enamorada, apreendendo aquela paisagem, grudando-a em minha alma para recordar mais tarde, em casa, quando a saudade batesse forte.

Primavera em Genebra

A beleza incansável de Genebra

Não saberia dizer por quanto tempo perambulamos por ali; Em momentos assim, o tempo tem outra medida que não aquela dos minutos e segundos. O tempo passa a ter a dimensão de minhas sensações e emoções. O plano já não é físico, mas feito de sonhos e fantasias.

Em momentos assim, a sensibilidade fica aflorada e as percepções e impressões vem embaraçadas, intricadas, formando então aquelas lembranças que carrego no meu íntimo e terminam me alimentando em outros momentos da vida.

Naquela tarde de primavera em Genebra, caminhando pela cidade, eu não conseguia me cansar daquela paisagem tão despretensiosamente elegante. Observava os detalhes, me surpreendia pela temperatura ainda fria, pelas montanhas nuas àquela altura anunciando que o verão estava se aproximando.

Genebra é uma cidade apaixonante.

Até que a fome chegou e caímos para as ruas de dentro em busca de um lugar para jantarmos. Sentia meus passos lentos e resistentes, tentando retardar o momento da despedida. Dei uma última olhada no Lago Genebra e segui em frente.

O dia estava realmente magnífico e intimamente agradeci a Genebra por me proporcionar tamanho espetáculo.

Primavera em Genebra

Genebra: simples assim

Venha espiar este mundão lindo comigo pelas redes sociais:

Siga o Espiando pelo Mundo nas redes sociais: FacebookInstagramTwitter e Google+

A primavera em #Genebra deixa a cidade linda. Luzes diferentes incidem sobre a #cidade formando belos cenários. #viajantesempressa #viajarpelomundo #viajar #Suíça #Europa A primavera em #Genebra deixa a cidade linda. Luzes diferentes incidem sobre a #cidade formando belos cenários. #viajantesempressa #viajarpelomundo #viajar #Suíça #Europa

Clicando em qualquer uma das duas imagens logo aqui acima Cais da Ilha de Genebraa Primavera em Genebra, Suíça  ficará guardada em seu perfil no  Pinterest. 🙂

Para mais inspirações e histórias de viagem siga o perfil do Espiando pelo Mundo no Pinterest.

Uma primavera em Genebra, Suíça

Se você, meu caro viajante, gostou de conhecer a esta primavera em Genebra na Suíça, compartilhe em suas redes sociais para que os amigos leiam e se deliciem também! 🙂 

E não esqueça: se for de paz pode entrar.  Você será sempre bem vindo ao Espiando pelo Mundo!

Os botões de compartilhamento estão aqui abaixo.

Cais da Ilha de Genebra

By |2018-03-07T01:04:51+00:0002/02/2018|Categories: Europa, Genebra, Suíça|Tags: |22 Comentários

22 Comments

  1. Lid Costa 17/02/2018 em 14:53 - Responder

    Eu acho que a primavera é a melhor estação do ano para curtir a Europa. Não está tão quente quanto no verão e temos dias lindos como esse que você pegou em Genebra.l

    • Analuiza Carvalho 18/02/2018 em 18:37 - Responder

      Verdade Lid… gosto muito da primavera e do outono. A primavera em Genebra é especialmente linda, apaixonante, encantadora!!!! 🙂

  2. Adriana Mendonca 17/02/2018 em 22:01 - Responder

    Que arrependimento de ter ido a Suíca e ter perdido a oportunidade de conhecer Genebra. Deve ser uma delícia mesmo! Apesar de que escolher os destinos na Suíça é tarefa dificil, parece tudo imperdível!

    • Analuiza Carvalho 18/02/2018 em 18:30 - Responder

      É verdade, Adriana… a Suíça é um país tão bonito, tão bonito que cada pequeno vilarejo parece saído de um filme ou da imaginação de um pintor. Tivemos muita dificuldade em montar um roteiro pelo país, pois queria visitar todas as cidades! rsrs Contudo, todavia, de todas as que visitamos, a que definitivamente me conquistou foi mesmo Genebra! 🙂 bj

  3. Luciana Rodrigues 18/02/2018 em 14:22 - Responder

    De todas as vezes que fui à Suiça, nunca deu certo conhecer Genebra. Parace ser uma graça de lugar e que lindo o lago com esse dia ensolarado.

    • Analuiza Carvalho 18/02/2018 em 18:27 - Responder

      oi Luciana… sou muuuito suspeita, pois gostei bastante de Genebra! Achei uma cidade, além de bonita interessante! 🙂 Na primavera, então ficou maravilhosa! 🙂 bj

  4. Francisco Agostinho 19/02/2018 em 06:29 - Responder

    Isso é que foi paixão, hein??heheh Que bom…olha sabe que mais, vou te contar um segredo, existe a possibilidade de nós cá por casa emigrarmos para a suiça. Mas a acontecer o destino não será Genebra…será Sion, sabe onde fica ? Beijos e abraços;-)

    • Analuiza Carvalho 19/02/2018 em 12:54 - Responder

      Ah! Que notícia boa esta! Viver em um país lindo assim, novas experiências, alargar a alma adaptando-se a novas culturas! Sensacional! Não conheci Sion, mas sei que não está muito distante da bela Genebra. Além do mais o sistema de trens do país funciona muito bem o que significa que poderão explorar muito a maravilhosa Suíça! 🙂 E Sion deve ser linda como todas as demais cidades! 🙂

  5. Que lugar incrível. Estive lá há uns 20 anos, me lembro muito do lago. Adorei seu costume de voltar ao primeiro lugar!

  6. sabrina kelly 19/02/2018 em 13:27 - Responder

    Ana gosto muito da forma poética e doce que você escreve. E gosto muito quando fala sobre as estações e dá destaque as cidades em cada uma delas.
    Adorei a dica. Parabéns!

    • Analuiza Carvalho 19/02/2018 em 13:51 - Responder

      Oi Sabrina… sua mensagem me deixou muito, muito, imensamente feliz. Gostei bastante de saber que você aprecia a maneira como eu escrevo! Muitos coraçõezinhos para você! O outono em Nova York foi tão intenso que pediu, implorou por um texto só dele! rsrsrs Apenas o satisfiz, este outono tão imperioso, exibido e cambiante! rsrsrs bjuuss

  7. Ana 19/02/2018 em 18:42 - Responder

    Não conheço Genebra (aliás, nunca estive na Suiça!), mas deve ser encantador. A cidade é pitoresca e as paisagens em redor são de um azul deslumbrante mesmo 🙂

    • Analuiza Carvalho 20/02/2018 em 09:57 - Responder

      Um clichê verdadeiro sobre a Suíça é que o país é bonito de doer, mas Genebra, ah, Genebra… essa cidade tem alguma coisa que vai além da beleza, embora boniteza ela tenha mesmo de sobra!!! rsrs

  8. Juliana Torres 19/02/2018 em 19:14 - Responder

    Oi Aninha
    Que delícia… E que sorte que você teve…. O céu e o tempo estão lindos e apaixonantes..Eu não tive tanta sorte.. . Fiquei apenas 1 noite e peguei 2 dias de chuva. Na verdade nem posso dizer que conheço a Suíça…

    • Analuiza Carvalho 20/02/2018 em 10:02 - Responder

      oi Ju… eu peguei dia de chuva forte também em Genebra, mas como sempre fico alguns dias na cidade, acabo pegando tempo variado e muitas vezes lindo assim, como estes de primavera genebrina! 🙂 bjuus

  9. Marcia 21/02/2018 em 20:21 - Responder

    Ana, sou exatamente assim: passos lentos que expressam o desejo de não voltar! No meu caso, até um certo mau humor, ahaha. Suíça-2019, se Deus quiser. Só estou na dúvida se vou no outono ou verão… Alguma sugestão?

    • Analuiza Carvalho 21/02/2018 em 20:24 - Responder

      oi Márcia… outono!!! Eu não gosto do verão. As cidades ficam mais cheias e mais quentes. No outono, as temperaturas frias são mais agradáveis e combinam mais com um bom vinho, um fondue, uma raclete… 🙂 Que venha Suíça em 2019! bjuuss

  10. Grande tarde…. Suiça é um país fantástico mesmo. Gosto muito de Genebra, é um local bem bonito para ir várias vezes.

  11. Eloah Cristina 07/04/2018 em 07:00 - Responder

    Não conheço Genebra, mas parece que sua tarde foi maravilhosa.

    • Analuiza Carvalho 14/04/2018 em 08:16 - Responder

      Genebra é uma das cidades mais bonitas que já visitei e as primaveras por lá são lindas, com tardes agradabilíssimas!

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.