PALÁCIO das Águas CORRENTES: a história das ÁGUAS em Buenos Aires, ARGENTINA

Eu não esperava gostar do Palácio das Águas Correntes de Buenos Aires, mas gostei. Muito. Eu acreditava que seria um passeio bem aborrecido e pouco interessante, por conta do tema. Diferente de mim, Leo queria conhecer, então nós fomos. Bem ao contrário do que eu imaginava a visita me surpreendeu positivamente porque foi muito legal.

O Palacio de Aguas Corrientes é uma antiga estação de bombeamento de água que está desativada. Parte dela virou um museu – Museo del Agua e y de la Historia Sanitaria – que conta a história do abastecimento de águas e saneamento básico em Buenos Aires. Naturalmente que o fornecimento de água potável à população local se confunde com a própria trajetória da cidade no último século.

Talvez este seja seu maior atrativo: voltar ao passado através desta inusitada temática.

A fachada do Palácio das Águas Correntes

O Palácio das Águas Correntes de Buenos Aires é uma antiga estação de bombeamento de água que está desativada. Sua fachada é espetacular, lembrando um palácio e seu interior abriga um museu ótimo que conta a trajetória do saneamento básico em Buenos Aires. #argentina #buenosaires #viagem #américadosul #espiandopelomundo #viajantesempressa #história

A bela fachada e seus detalhes do Palácio das Águas Correntes em Buenos Aires

O Palácio das Águas Correntes – Patrimônio Histórico Nacional – é um prédio extraordinário localizado na região da Avenida Corrientes. Data do final do século XIX e possui magnífico estilo francês. Repleto de ricos detalhes, entre eles muitos e variados ornamentos de terracota esmaltada, feitos na Inglaterra.

A escolha de tal material foi por conta da poluição em tempos de Revolução Industrial, para que os enfeites não estragassem. Eles foram todos numerados no momento da fabricação e uma vez em Buenos Aires foi só montar.

Os navios britânicos chegavam à capital argentina carregados com os adornos para a face externa do Palácio das Águas Correntes e para não voltarem vazios, eram carregados com produtos argentinos, essencialmente verduras, grãos e frutas.

O Palácio das Águas Correntes de Buenos Aires é uma antiga estação de bombeamento de água que está desativada. Sua fachada é espetacular, lembrando um palácio e seu interior abriga um museu ótimo que conta a trajetória do saneamento básico em Buenos Aires. #argentina #buenosaires #viagem #américadosul #espiandopelomundo #viajantesempressa #história

O Palácio das Águas Correntes em Buenos Aires em meio a arquiteturas mais modestas da rua

O Palácio das Águas Correntes de Buenos Aires é uma antiga estação de bombeamento de água que está desativada. Sua fachada é espetacular, lembrando um palácio e seu interior abriga um museu ótimo que conta a trajetória do saneamento básico em Buenos Aires. #argentina #buenosaires #viagem #américadosul #espiandopelomundo #viajantesempressa #história

Adornos em terracota esmaltada

Buenos Aires crescia rapidamente, especialmente com a chegada em massa de imigrantes. Com isso e a falta de água potável, doenças como cólera e tifo logo se espalharam matando muitas pessoas. Daí surgiu a necessidade de elaborar um projeto de saneamento básico. Assim, a cidade investiu na construção do Palácio das Águas Correntes, com um sistema avançado de armazenamento de água em 12 tanques.

Outra curiosidade sobre esta estação de abastecimento que parece de fato um palácio: ela foi construída assim, cheia de riqueza e esplendor porque a região à época era muito rica e os moradores de então jamais aceitariam um prédio feio e pobre nas vizinhanças.

Foi criado então este lindo Monumento às Águas!

Como estação de abastecimento, o Palácio das Águas Correntes teve vida curta, pois a cidade continuava crescendo e a distribuição de águas já não alcançava todos os locais da cidade.

O Palácio das Águas Correntes de Buenos Aires é uma antiga estação de bombeamento de água que está desativada. Sua fachada é espetacular, lembrando um palácio e seu interior abriga um museu ótimo que conta a trajetória do saneamento básico em Buenos Aires. #argentina #buenosaires #viagem #américadosul #espiandopelomundo #viajantesempressa #história

Fachada lateral do Palácio das Águas Correntes de Buenos Aires

O Museo Nacional de Bellas Artes

Ainda em fins do século XIX, foi construída na Recoleta a primeira Planta Purificadora de Buenos Aires. Uns poucos anos mais tarde foi ampliada se agregando a ela uma casa de máquinas moderna, desativada meio século depois.

O divino Museu Nacional de Belas Artes é a antiga casa de máquinas!

O que existe no museu do Palácio das Águas Correntes

O Palácio das Águas Correntes de Buenos Aires é uma antiga estação de bombeamento de água que está desativada. Sua fachada é espetacular, lembrando um palácio e seu interior abriga um museu ótimo que conta a trajetória do saneamento básico em Buenos Aires. #argentina #buenosaires #viagem #américadosul #espiandopelomundo #viajantesempressa #história

O interior do Palácio das Águas Correntes em Buenos Aires onde está o Museu de Água de História Sanitária da cidade

Existe muita informação bacana no Museu da Água e da História Sanitária de Buenos Aires, além da impressionante estrutura interna do Palácio das Águas Correntes com suas muitas toneladas de ferro fundido que davam sustentação aos tanques de água.

À medida que fomos caminhando, entre os mais diversos objetos ligados ao saneamento básico, o guia foi nos contando as histórias das águas em Buenos Aires: uma forma divertida e diferente de conhecer o passado da cidade. As salas onde funciona o museu, são os antigos tanques de armazenamento de água.

Contudo, só conseguimos ter noção real do local quando entramos nos tanques cuja estrutura original foi mantida, justamente para ficar para a posteridade como testemunha de tempos mais antigos, onde, por exemplo, havia fontes espalhadas pela cidade porque a água não chegava em todas as casas. Assim, as pessoas tinham onde buscar água limpa.

Entretanto havia a figura do vendedor ambulante que, pagando uma cota mensal, podia vender a água de casa em casa. Seu meio de transporte para tal empreitada era a carroça.

O Palácio das Águas Correntes de Buenos Aires é uma antiga estação de bombeamento de água que está desativada. Sua fachada é espetacular, lembrando um palácio e seu interior abriga um museu ótimo que conta a trajetória do saneamento básico em Buenos Aires. #argentina #buenosaires #viagem #américadosul #espiandopelomundo #viajantesempressa #história

O Museu de Água e História Sanitária de Buenos Aires

Uma das partes mais divertidas da visita é conhecer a evolução dos vasos sanitários (inodoros – uma das denominações em espanhol). Logo quando surgiram, havia uma vergonha muito grande de tê-las dentro de casa. Aos poucos cultura e comportamentos foram mudando. Para influenciar nesta mutação, os fabricantes de vasos sanitários investiram muito em design para que as pessoas começassem a transformar seus conceitos em relação à peça e o modo de usá-la.

Um dos vasos que eu gostaria muito que existisse em banheiros públicos femininos: ele foi idealizado para que as mulheres pudessem fazer xixi de pé! Que maravilha! Mas, isso numa época em que a mulherada não usava calças!

O Palácio das Águas Correntes de Buenos Aires é uma antiga estação de bombeamento de água que está desativada. Sua fachada é espetacular, lembrando um palácio e seu interior abriga um museu ótimo que conta a trajetória do saneamento básico em Buenos Aires. #argentina #buenosaires #viagem #américadosul #espiandopelomundo #viajantesempressa #história

Diversos tipos de vasos sanitários – a evolução

O Palácio das Águas Correntes de Buenos Aires é uma antiga estação de bombeamento de água que está desativada. Sua fachada é espetacular, lembrando um palácio e seu interior abriga um museu ótimo que conta a trajetória do saneamento básico em Buenos Aires. #argentina #buenosaires #viagem #américadosul #espiandopelomundo #viajantesempressa #história

Os fabricantes investiram em design para atrair a população a usar o vaso sanitário e fazê-los parte da decoração   

O Palácio das Águas Correntes de Buenos Aires é uma antiga estação de bombeamento de água que está desativada. Sua fachada é espetacular, lembrando um palácio e seu interior abriga um museu ótimo que conta a trajetória do saneamento básico em Buenos Aires. #argentina #buenosaires #viagem #américadosul #espiandopelomundo #viajantesempressa #história

Vaso sanitário especialmente para senhoras fazerem xixi de pé.

Por fim, chegamos até aos tanques onde a água era armazenada. Imensos e impressionantes. Ao menos os foram para mim. Honestamente?! Consegui até ver poesia naqueles traçados de ferros, canos e pesadas estruturas de cores escuras. Para aqueles que veem a vida de maneira mais objetiva, creio que também encontrarão elementos para considerar este um lugar deveras assombroso.

O Palácio das Águas Correntes de Buenos Aires é uma antiga estação de bombeamento de água que está desativada. Sua fachada é espetacular, lembrando um palácio e seu interior abriga um museu ótimo que conta a trajetória do saneamento básico em Buenos Aires. #argentina #buenosaires #viagem #américadosul #espiandopelomundo #viajantesempressa #história

Parte da estrutura interna do Palácio das Águas Correntes

O Palácio das Águas Correntes de Buenos Aires é uma antiga estação de bombeamento de água que está desativada. Sua fachada é espetacular, lembrando um palácio e seu interior abriga um museu ótimo que conta a trajetória do saneamento básico em Buenos Aires. #argentina #buenosaires #viagem #américadosul #espiandopelomundo #viajantesempressa #história

Encantada diante da poesia cantada em forma de ferros e canos

Lendas e mistérios

Ao final e afinal alcançamos a parte em que, finalizando a visita, o guia nos contou a lenda que o Palácio das Águas Correntes é um lugar assombrado. Há quem jure de pés juntos e cabelos “arrupiados” que à noite há arrastar de correntes e gritos que só podem mesmo vir do além!

Eu, definitivamente, prefiro acreditar sem testemunhar.

Há ainda quem diga que o corpo de Evita Perón – que foi escondido em diversos lugares de Buenos Aires antes de ser enterrado no Cemitério da Recoleta – tivesse ficado um tempo por ali também. Contudo, engenheiros refutam esta ideia argumentando que a estrutura do lugar não permitia de modo algum esconder ali um corpo.

Faça sua aposta, caro viajante!

Como visitar

O Palácio das Águas Correntes de Buenos Aires é uma antiga estação de bombeamento de água que está desativada. Sua fachada é espetacular, lembrando um palácio e seu interior abriga um museu ótimo que conta a trajetória do saneamento básico em Buenos Aires. #argentina #buenosaires #viagem #américadosul #espiandopelomundo #viajantesempressa #história

O acesso é gratuito e não é necessário nenhum tipo de agendamento. É possível percorrer os espaços sozinhos ou numa visita guiada, nossa escolha. Recomendo fortemente esta segunda opção, uma vez que fará muito mais sentido o lugar com as informações fornecidas pelo guia.

De outro modo, a carência de informações pode transformar a visita numa coisa insossa e magrela.

Endereço do Museu Palacio Aguas Corrientes: Riobamba 750 – Centro

Horários: Segunda a Sexta de 9 às 13 e de 14 às 17 hs.

Visitas guiadas: Segundas, quartas e sextas às 11 hs.

Para mais informações, clique aqui.

Quer saber de outro lugar que vale à pena visitar em Buenos Aires?! Então clica no link bem aqui abaixo!Cais da Ilha de Genebra

+ ESMA – uma história de terror na Argentina

Venha espiar este mundão lindo comigo pelas redes sociais. 

Siga o Espiando pelo MundoFacebookInstagramTwitter e Trip Advisor

O Palácio das Águas Correntes de Buenos Aires é uma antiga estação de bombeamento de água que está desativada. Sua fachada é espetacular, lembrando um palácio e seu interior abriga um museu ótimo que conta a trajetória do saneamento básico em Buenos Aires. #argentina #buenosaires #viagem #américadosul #espiandopelomundo #viajantesempressa #história             O Palácio das Águas Correntes de Buenos Aires é uma antiga estação de bombeamento de água que está desativada. Sua fachada é espetacular, lembrando um palácio e seu interior abriga um museu ótimo que conta a trajetória do saneamento básico em Buenos Aires. #argentina #buenosaires #viagem #américadosul #espiandopelomundo #viajantesempressa #história

Clicando em qualquer uma das duas imagens logo aqui acima Cais da Ilha de Genebraeste maravilhoso palácio das águas correntes em Buenos Aires ficará guardado em seu perfil no Pinterest 🙂

Para mais inspirações e histórias de viagem siga o perfil do Espiando pelo Mundo no Pinterest.

O Palácio das Águas Correntes

Se você, meu caro viajante, gostou deste palácio das águas correntes em Buenos Aires, compartilhe em suas redes sociais para que os amigos leiam também! 🙂 

Os botões de compartilhamento estão aqui abaixo.

Cais da Ilha de Genebra

 

By |2018-12-24T15:57:50+00:0024/12/2018|Categories: Américas, Argentina|Tags: |7 Comentários

7 Comments

  1. Diego Cabraitz Arena 23/01/2019 em 20:17 - Responder

    Ualll, que interessante. A fachada é linda e o prédio tbm. Já fui a Buenos Aires duas vezes e não sabia desse prédio… queria ter visitado depois de ler esse post.
    Bela dica

    • Analuiza Carvalho 25/01/2019 em 09:08 - Responder

      oi Diego… sempre uma boa desculpa para voltar a esta deliciosa cidade, não?! rsrsr bj

  2. Michele da Costa 24/01/2019 em 16:47 - Responder

    Que legal essa história, Ana! Adoro umas pitadas de mistério.. Rs. Um museu dentro de antigos tanques de água, a história dos vasos sanitários.. nossa, bacana mesmo! E o texto muito bom, como de costume. Parabéns!

    • Analuiza Carvalho 28/01/2019 em 10:39 - Responder

      Legal né Michele, o Palácio das Águas Correntes de Buenos Aires?! Eu gostei bastante dessa visita, do inusitado cenário e das pitadas de mistério. 🙂 Obrigada, fico feliz em saber que gostou do texto! bjokas

  3. Dhebora 24/01/2019 em 21:28 - Responder

    Caramba, eu nunca tinha ouvido falar sobre o Palácio das Águas Correntes em Buenos Aires! Já visitei a cidade e acho que sequer reparei nele rs… adorei, pois em breve estarei por lá novamente e já tenho mais uma novidade pra ver!

    • Analuiza Carvalho 25/01/2019 em 08:57 - Responder

      oi Dhebora… eu achei uma visita bem bacana, a história é legal, divertida muitas vezes e o prédio é lindo! Vou a Buenos Aires com frequência e procuro sempre descobrir alguma coisa nova para visitar. Foi assim que descobri o Palácio das Águas Correntes! 🙂 Espero que você consiga mesmo visitar! bjs

    • Analuiza Carvalho 25/01/2019 em 08:57 - Responder

      oi Dhebora… eu achei uma visita bem bacana, a história é legal, divertida muitas vezes e o prédio é lindo! Vou a Buenos Aires com frequência e procuro sempre descobrir alguma coisa nova para visitar. Foi assim que descobri o Palácio das Águas Correntes! 🙂 Espero que você consiga mesmo visitar! bjs

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.