O Último Ritual de Yrsa Sigurdardóttir

O Último Ritual de Yrsa Sigurdardóttir é um romance policial. O cenário é a bela Islândia. O crime: um jovem estudante alemão, Harald Guntlieb, é encontrado morto na Universidade de Reykavík, onde estudava.

Ele foi estrangulado e seu corpo mutilado: os olhos foram arrancados e havia um símbolo grotescamente tatuado em sua pele. O que significava tudo isso?

O assassino

A polícia encontrou o assassino: um traficante de drogas, o último a ser visto com a vítima. A família? Não acreditou, nem se conformou com o desfecho dessa história. Enviou da Alemanha seu homem de confiança. Contratou uma advogada islandesa para resolver as burocracias.

Juntos eles foram seguindo, refazendo os passos de Harald na esperança de descobrir o verdadeiro culpado e desvendar as razões do crime.

O homem e a mulher

Matthew Reich, o homem de confiança da família Guntlieb, é divertido, leve, confiante. Thóra Gudmundsdóttir, a advogada, é mais séria, mais preocupada e mais descrente também. Muitas vezes os fatos estão diante dela, cristalinos, tão óbvios…

Mesmo assim, ela os refuta, como não podendo ser verossímeis. Vivendo na Islândia, ela não acredita na maldade do mundo?

O Último Ritual de Yrsa Sigurdardóttir #literatura

Um romance policial

Caçando bruxas: alemães e islandesas

O Último Ritual é um bom romance policial, com suave narrativa, muito fácil de acompanhar o desenrolar dos fatos e um final bem coerente. Não suspeitei nem do assassino e muito menos da motivação, mas o poderia, se tivesse tentado.

Entretanto, para mim, os méritos do livro estão especialmente nos cenários islandeses eventualmente descritos – tão bonitos – e nas pesquisas de Harald.

Ele tinha verdadeira paixão, obsessão mesmo pela caça às bruxas na Idade Média. Depois de estudar esse período na Alemanha, foi até a Islândia para investigar como foi a perseguição, tortura e execução de bruxas nesse país. Aqui criou até um clube de magia.

Suas descobertas são muito interessantes!

O Último Ritual de Yrsa Sigurdardóttir

Caça às bruxas

Fatos e história

Já estive na Alemanha três vezes (Bavária, Renânia do Norte-Vestfália e Berlim-Brandemburgo), pesquisei muito de sua história, em períodos variados: antigos, muito antigos, não tão antigos. Mesmo assim, eu não tinha ideia de que as bruxas também haviam sido perseguidas em solo alemão.

Muito menos na Islândia, cuja história eu nada sabia.

Como sou apaixonada pela história do mundo, saber dos fatos contados por Yrsa Sigurdardóttir em O Último Ritual, se tornaram meus momentos favoritos do livro (nem me importava mais saber quem era o assassino) e despertaram a minha curiosidade para saber ainda mais sobre o tema.

Islândia

A Islândia é desses países que me parecem inesquecíveis, especialmente por conta de suas extraordinárias paisagens, que aparentam ser, nas fotos que já vi aqui e acolá, tão incomuns. Destino que está em minha lista de desejos como viajante há alguns anos. Correr a Maratona de Reykavík, inclusive me atrai muito.

Imagino magníficos cenários, silêncios intensos numa natureza forte, com uma cultura muito própria. Penso que, como turista, terei a oportunidade de viver experiências bem particulares, preciosas e por isso mesmo inesquecíveis.

Portanto, viajar pelo país junto com Matthew e Thóra foi um dos grandes atrativos de O Último Ritual para mim.

No fim, uma pequena crítica…

Para finalizar, aqui vai uma pequena crítica: Thóra é divorciada, mãe de dois filhos. A forma como a vida privada dela é abordada pela autora, destoa do resto da história. Uma invasão que poderia ser colocada de modo mais suave, talvez não em tempo presente, mas numa conversa com Matthew.

Nesses momentos, a história perde um pouco de ritmo e sentido, desafina… Foi como num filme de suspense, no auge de uma cena necessária e marcante, entra a propaganda: um balde de água fria, não gelada.

Não é uma narrativa exatamente empolgante ou excitante ou apaixonante, mas no geral, O Último Ritual de Yrsa Sigurdardóttir, para quem gosta do gênero e não tem grandes expectativas, é um bom livro para uma tarde preguiçosa.

O Último Ritual

Autora: Yrsa Sigurdardóttir (Islândia)

Editora: Objetiva

Números de Páginas: 351

FIM

Quer conhecer outro livro cheio de mistérios, este ambientado na Alemanha?! Então clica no link bem aqui abaixo!Cais da Ilha de Genebra+ Um do Outro de Philip Kerr

Venha espiar este mundão lindo comigo pelas redes sociais. 

Siga o Espiando pelo Mundo nas redes sociais: FacebookInstagramTrip Advisor

O Último Ritual de Yrsa Sigurdardóttir #literatura              

Clicando em qualquer uma das duas imagens logo aqui acima Cais da Ilha de Genebra O Último Ritual ficará guardado em seu perfil no  Pinterest🙂

Para mais inspirações e histórias de viagem siga o perfil do Espiando pelo Mundo no Pinterest.

O Último Ritual de Yrsa Sigurdardóttir

Se você, meu caro viajante, gostou de conhecer um pouco sobre O Último Ritual de Yrsa Sigurdardóttir, certamente vai querer compartilhar em suas redes sociais para que os amigos conheçam também! 🙂 

Os botões de compartilhamento estão aqui abaixo.

Cais da Ilha de Genebra

 

By |2021-01-07T11:13:07+00:0007/01/2021|Categories: O Mundo nos Livros|Tags: , , |0 Comentários

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.