A beleza MÁGICA e singela de NYON na SUÍÇA

Distante apenas 25 quilômetros de Genebra, a pequena Nyon é mais uma das belas cidades da Suíça. O que ver em Nyon?! Suas origens romanas, beleza para todo canto, sua antiguidade, o Lago Léman, arquitetura cheia de graça e encanto, ruas antigas, um castelo, além de uma vista estupenda e maravilhosos cenários!

Enquanto Leo corria a Maratona de Genebra, eu peguei um trem para passar o dia em Nyon. De aparência suave, graciosa e delicada, a cidade com ares de pequena vila tem personalidade sossegada e identidade.

Passar algumas horas em Nyon é a certeza de saborear momentos muito agradáveis.

Nyon e sua origem romana

O que ver em Nyon

Uma das primeiras visões que eu tive em Nyon

Em Nyon realidade e ficção coexistem em perfeita e maravilhosa harmonia. À medida que fui caminhando minha alma foi ficando mais e mais invadida de Nyon: bela, serena, plácida. Apenas um átimo de segundo foi necessário para que aquela pequenina cidade me conquistasse.

A paisagem de Nyon, belíssima, me abrigou, me absorveu.

Localizada às margens do Lac Léman, ela foi fundada pelos romanos em 46 a. C., sob o nome de Colônia Júlia Equestre. Depois disso, já no século XIII depois da passagem de Jesus pela terra, os Duques de Savoia dominaram a cidade por 3 séculos. Em seguida vieram os bernenses para controlar Nyon. Apenas em 1798 a cidade ficou independente.

Antiquíssima, ela faz parte do Cantão de Vaud (são 10 distritos no total) e tem menos de 90.000 habitantes.  Junto com o Cantão de Genebra e o Cantão do Valais forma a Região Lemânica, pois ficam no entorno do Lac Léman.

Aqui o idioma oficial é o francês, mas as pessoas falam também o inglês.

De Genebra a Nyon de trem

O que ver em Nyon

Nyon me recebeu com clima deliciosamente melancólico

Eu cheguei a Nyon de trem, desde Genebra em uma viagem que durou apenas 15 minutos. Eu não tinha expectativas, não tinha planos, não tinha objetivos, não havia feito pesquisas. Naquelas horas eu me permiti a descoberta, a surpresa, o inesperado. Não houve caminho certo. Não houve caminho reto.

Nyon me surpreendeu, me acolheu, me agradou.

Fazia 13 graus naquele domingo de primavera, nuvens acinzentadas enfeitavam o horizonte, chuviscava de vez em quanto. O tempo melancólico parecia perfeito!

Estava perfeito!

A Biblioteca Comunale

O que ver em Nyon?! Que tal namorar a Biblioteca Comunale?!

O primeiro personagem nyoniano que eu vi foi a Biblioteca Comunale que infelizmente, por ser domingo, estava fechada. Como desejei vê-la por dentro! Fiquei tanto tempo ali que nem me dei conta de que estava ficando molhada com a chuva que caía.

Percebo hoje, acessando minhas memórias que esperava que a qualquer momento a biblioteca fosse falar comigo. Eu tenho a mais absoluta certeza que ela me observava.

Só não sei dizer por que desistiu de conversar comigo.

Sim, pois aquele prédio seguramente era encantado com seu jeitão quadrado, sua cor acinzentada, janelas múltiplas todas verdes e portas de madeira. Seu teto, em estilo chapéu era de um charme sem tamanho! Tinha furos para passar as orelhas. Bom, podem chamar de torres se quiserem, mas tenho certeza que as vi balançarem.

Pela Biblioteca Comunale eu já sabia que toda a natureza de Nyon era encantada. Assim, o foi!

A arquitetura de Nyon

O que ver em Nyon

O que ver em Nyon?! Beleza para todo canto

O que ver em Nyon

O que ver em Nyon?! Nesgas de modernidade

O que ver em Nyon

O que ver em Nyon?! Lindos cenários urbanos

O que ver em Nyon

O que ver em Nyon?! Bela arquitetura emoldurada pelos alpes franceses

Pelo caminho fui observando a suave arquitetura local, com poucos rasgos de modernidade. Não encontrei construções altas, apenas prédios pequenos, com feições de casarões. Antigos. Bonitos. Desiguais. O cenário era harmônico e bem feito, emoldurado pelos Alpes Franceses.

Enquanto jornadeava por Nyon entrando e saindo de ruas fiquei pensando que aquelas casas e prédios deviam estar mesmo ali há tanto tempo que os moradores já nem contam mais.

Curioso ainda perceber que apesar de tão próxima a Genebra, Nyon tem vida própria. Até encontrei uma ou outra  semelhança entre as duas cidades, mas nada marcante ou definitivo que nos levasse a confundi-las.

A porção do Lac Léman que banha a cidade de Nyon

O que ver em Nyon

Nyon também é banhada pelo Lac Léman

O que ver em Nyon

Que tal um passeio pela simpática margem do Lac Léman?!

Segui então em direção ao lago: queria vê-lo de outra perspectiva, depois de me apaixonar perdidamente por sua porção genebrina.

O Lac Léman em Nyon é igualmente bonito guardando sutis diferenças do Lago Genebra. Em Nyon, a orla do lago é mais simples, menos sofisticada mas conserva beleza também. A tonalidade das águas me pareceu distinta, menos um pouco apaixonante, bem como os contornos montanhosos ao fundo, mais indistintos.

Caminhar pela orla no Lac Léman em Nyon, ou simplesmente ficar ali, na balaustrada olhando a paisagem é um desses programas despretensiosamente aprazíveis. Especialmente para quem curte passeios ao ar livre com lindas paisagens.

Quando eu cheguei ao lago a chuvinha fina que caía até então ficou um bocadinho mais forte, mas logo passou. Voltei a caminhar, depois de ficar ali um tempo, em estado contemplativo.

Deliciosamente perdida em Nyon

O que ver em Nyon

O que ver em Nyon?! Que tal seu castelo?!

Um passo após o outro, sem mapa, sem destino fui observando e absorvendo Nyon. A cidade é limpa, linda, bem cuidada. Arborizada e florida. Ela é enladeirada possuidora de caminhos tortuosos. Foi mágico estar ali, pelas ruas de Nyon, perdida, pois esta é minha natureza primitiva e deixei que ela dominasse.

Eu gasto sempre muito suor, lágrimas e sangue para estar achada.

Avistei ao longe, no alto de uma colina, o Château de Nyon e pensei que gostaria de visita-lo, mas só se o acaso assim decidisse. Não iria buscá-lo. Estava deixando que os fantasmas de Nyon me guiassem.

O que ver em Nyon

Nyon: linda e bem cuidada

O que ver em Nyon

Pelas ruas de Nyon

Eu, meus passos, o silêncio… ruas milenares, pássaros, uma senhora me sorriu, ouço o barulho da chuva, um casal de namorados passa indiferente ao mundo em volta, paro, olho a paisagem, me encanto pela milésima vez, um senhor passa com um pão embaixo do braço, subo a ladeira, toco na parede de uma casa de conto de fadas, esforço-me para ouvir o que ela tenta me dizer…

Sento, permaneço, reparo, caminho… Repito tudo de novo.

Naquele domingo nublado de primavera havia poucas pessoas nas ruas. Algumas famílias à beira do lago, um ou outro morador solitário andava rumo a algum lugar. Na maior parte do tempo Nyon foi só minha.

O Museu Romano

O que ver em Nyon

O que ver em Nyon ?! Que tal o Museu Romano?!

Antes dos romanos fundarem Nyon, os celtas já andavam por aqui. Quando os romanos chegaram, construíram um templo, um anfiteatro e banhos. Os elementos de sempre das colonias romanas, podemos afirmar. Foram eles que introduziram o vinho nesta região, que hoje é cercada de vinhedos.

Benditos romanos!

Quando estava em uma rua estreita, caminhando enquanto tocava o muro que a margeava, inundada da energia delicada da cidade, eu notei uma construção que chamou minha atenção pelo estranho e desconcertante tom de vermelho.

Era o Museu Romano (Musée Romain) dedicado a contar a história da passagem romana por Nyon onde um dia foi o templo romano. Não resisti e entrei. Para minha sorte era o primeiro domingo do mês e os museus da cidade eram gratuitos. Passei momentos encantadores dentro do Musée Romain voltando ao passado romano da região!

Os fantasmas de Nyon estavam mesmo guiando os meus passos. Não tive a menor dúvida quanto a isso!

O Château de Nyon

O que ver em Nyon

O Chateau de Nyon

Saindo de lá, continuei deambulando, ainda sem rumo, mantendo o objetivo de não ter objetivo, absolutamente enamorada da arquitetura nyoniana, velha, com ar campesino, mas cheia de dignidade. Quando me dei conta estava diante do Château de Nyon.

Estava na cidade velha!

Não tinha a menor condição de contrariar os espíritos passados de Nyon. Eles continuavam me guiando. Hoje o Château de Nyon abriga o museu de porcelana e conta muito da história da cidade. Maravilhoso! Eu entrei e me deixei ficar por aquelas salas antigas um bom par de tempos.

Place du Chateau

O que ver em Nyon

Place du Chateau

Entretanto, antes de entrar no Castelo de Nyon, me demorei um tempo na praça em frente, quase vazia. Agradável e bonita margeada por casarões velhos, que a despeito de suas origens, atualmente servem a outras funções como hospedagem, cafeterias e restaurantes.

Talvez pelo tempo nublado, acabrunhado, chuvoso, ou talvez por ser domingo, mas o fato é que a Place du Chateau estava vazia enquanto lá estive.

Uma vista estupenda

Ao sair do castelo, inebriada com tudo o que tinha visto, sentido e aprendido fui até o seu pátio:  Nyon me surpreendeu uma vez mais! Dali, tive acesso a uma vista belíssima da cidade. Do alto da colina, debruçada sobre o Lac Lemán, eu vi os telhados das casas, os desenhos dos alpes e cidades francesas como Messery.

Um cenário de perder o fôlego de tão bonito. Aquilo não parecia real e o sentimento que me dominou foi o de estar diante de um quadro em algum museu. O vento suave que me tocava levemente era o único indício de que Nyon era mesmo uma cidade real.

O que ver em Nyon

Cenário estupendo

Quer saber como chegar em Nyon de trem partindo de Genebra?! Então clica no link bem aqui abaixo!Cais da Ilha de Genebra+ De trem de Genebra para Nyon na Suíça

Venha espiar este mundão lindo comigo pelas redes sociais. 

Siga o Espiando pelo MundoFacebookInstagramTwitter e Google+

Quer saber um pouco mais sobre o nascimento do Upper West Side em Manhanttan?! Então clica no link bem aqui abaixo!Cais da Ilha de Genebra + Upper West Side em Manhattan Venha espiar este mundão lindo comigo pelas redes sociais. Siga o Espiando pelo Mundo: Facebook, Instagram, Twitter e Google+                Quer saber um pouco mais sobre o nascimento do Upper West Side em Manhanttan?! Então clica no link bem aqui abaixo!Cais da Ilha de Genebra + Upper West Side em Manhattan Venha espiar este mundão lindo comigo pelas redes sociais. Siga o Espiando pelo Mundo: Facebook, Instagram, Twitter e Google+

Clicando em qualquer uma das duas imagens logo aqui acima Cais da Ilha de Genebrao o que ver em Nyon na Suíça ficará guardado em seu perfil no  Pinterest. 🙂

Para mais inspirações e histórias de viagem siga o perfil do Espiando pelo Mundo no Pinterest.

O que ver em Nyon na Suíça

Se você, meu caro viajante, gostou de saber o que ver em Nyon na Suíça, compartilhe em suas redes sociais para que os amigos leiam também! 🙂 

Os botões de compartilhamento estão aqui abaixo.

Cais da Ilha de Genebra

By |2018-03-16T11:59:28+00:0001/03/2018|Categories: Europa, Nyon, Suíça|Tags: |12 Comentários

12 Comments

  1. Edson Amorina Jr 03/03/2018 em 11:03 - Responder

    Apesar do dia estar bem nublado, que lugar lindo, não? E que castelo! Nós visitamos alguma cidadezinhas da Suíça, mas pelo jeito temos que voltar. 🙂

    • Analuiza Carvalho 04/03/2018 em 09:22 - Responder

      oi Edson… pois é, mesmo com este tempo – eu particularmente gosto – Nyon estava lindinha. Eu também quero voltar à Suíça para ver mais cidades bonitas. Vi muito pouco do país! 🙂

  2. alexandra joia 05/03/2018 em 10:04 - Responder

    Gente me apaixonei pela cidade só pelas fotos. Parece cena de filme de tão arrumadinha. Ás vezes vale a pema sair sem rumo ou roteiro. Bela escolha, dica anotada.

    • Analuiza Carvalho 05/03/2018 em 10:34 - Responder

      oi Alexandra… não é mesmo verdade que sair sem rumo muitas vezes nos permite momentos deliciosos?! Assim foi comigo em Nyon, esta belezinha de cidade na Suíça. 🙂 bj

  3. Carla Mota 05/03/2018 em 10:55 - Responder

    Que encanto de cidade. Gostei. às vezes as cidades pequenas são autenticas descobertas.

    • Analuiza Carvalho 05/03/2018 em 12:29 - Responder

      Eu adoro as cidades pequenas. As mais autênticas representações de uma cultura, pois as interferências globais são menores.

  4. Marcia Picorallo 06/03/2018 em 08:39 - Responder

    Nunca tinha ouvido falar desta cidade, Ana – e adorei seu relato e sua ‘viajada’ com a biblioteca, que fofa! bjs

    • Analuiza Carvalho 06/03/2018 em 08:49 - Responder

      Lindinha mesmo essa Nyon e fica bem pertinho de Genebra. 🙂 Passei umas horas ótimas passeando por ela. Ah! Marcia, eu sempre viajo assim. Minha imaginação me leva longe! rsrsrs bj

  5. Viviane Carneiro 08/03/2018 em 16:15 - Responder

    Realmente pelas fotos Nyon parece ser um lugar de beleza mágica e singela. Já quero conhecer!

  6. Deisy Rodrigues 19/04/2018 em 07:44 - Responder

    Achei tão sublime quando você cita no texto que deixou os fantasmas de Nyon te guiar pela cidade, um roteiro que nós guiamos pela nossa intuição é tão poético que chega a ser mágico, senti tanta magia no seu relato enquanto olhava a biblioteca e vendo as pessoas passar enquanto se perdia, achei a cidade tão charmosa, rica em história, com essa arquitetura que lembra um conto de fadas que vale demais pegar um trem e ir conhecer, quando estiver na Suíça já quero nos meus planos.

    • Analuiza Carvalho 19/04/2018 em 08:55 - Responder

      oi Deisy… fico imensamente satisfeita e alegre em saber que você conseguiu perceber toda a magia que envolve Nyon! Ela é assim mesmo, um cenário de conto de fadas! Tanto que seres especiais, mágicos a habitam e nos observam! Tomara um dia você vá e sinta de perto toda a sua encantada energia!!!!! beijocas

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.