No CAMINHO para a ITÁLIA havia uma CONEXÃO em Madri:

No caminho para a Itália havia uma conexão em Madri, Espanha. O nosso destino era a cidade italiana de Florença. Assim, depois de oito horas e meia de voo, pela Air Europa, desembarcamos cedinho (o dia havia nascido há pouco) em Madri para uma conexão de 5 horas. O aeroporto Madrid-Barajas estava completamente vazio, o que nos surpreendeu, pois Madri é um hub que distribui voos pela Europa.

Próximo à aterrissagem, a tripulação da Air Europa comunica os voos de conexão e os portões de embarque, em inglês e espanhol. Mesmo assim, quando desembarcamos, a primeira coisa que costumamos fazer é checar o painel do aeroporto para confirmarmos horário de partida do nosso voo seguinte, Roma, neste caso e portão de embarque.

Conexão em Madri:

No caminho para a Itália havia uma conexão em Madri, Espanha:

Painel com os voos e portões de embarque

No caminho para a Itália havia uma conexão em Madri, Espanha:

Seguindo as indicações

Como faltavam 5 horas para nosso voo, ele ainda não aparecia no painel; passamos então a checar a cada meia hora. Quando ele apareceu e até poucos instantes antes do embarque, houve mudanças no horário de partida: mostrou atraso e depois foi antecipado. Se não estivéssemos ligados, teríamos perdido o voo, pois eles não são anunciados no auto falante do aeroporto Barajas.

Embarcamos para Roma na zona “E”. Sendo Barajas enorme, há placas indicando a direção das zonas de embarque, bem como o tempo de caminhada até lá. É preciso prestar atenção para não chegar atrasado e o avião decolar nos deixando para trás, pois o tempo de caminhada pode ser bem longo, algo em torno de meia hora, como foi nosso caso: 25 minutos.

Aeroporto Madri-Barajas:

No caminho para a Itália havia uma conexão em Madri, Espanha:

Aeroporto de Barajas – Madri

No caminho para a Itália havia uma conexão em Madri, Espanha:

Lojas em Barajas

Com bastante tempo de conexão, fomos explorar as lojas do aeroporto. Uma em que eu sempre gosto de entrar é a Acessorize. Ela vende acessórios e nos oferece um bom custo/benefício. Tem coisas bonitas com preços atrativos.

Mesmo quando não compro nada, gosto de olhar e fuçar. Caminhamos para lá e para cá, jogando conversa fora até que bateu a fome e para mim e para Léo, em Barajas não há outra opção para comer, além do 100 Montaditos: nós adoramos este lugar!

O 100 Montaditos:

No caminho para a Itália havia uma conexão em Madri, Espanha:

100 Montaditos

No caminho para a Itália havia uma conexão em Madri, Espanha:

Local para fazer o pedido

No caminho para a Itália havia uma conexão em Madri, Espanha:

Retirada dos pedidos

No caminho para a Itália havia uma conexão em Madri, Espanha:

O cardápio

No caminho para a Itália havia uma conexão em Madri, Espanha:

Os montaditos

No caminho para a Itália havia uma conexão em Madri, Espanha:

Bom demais!

Montaditos são sanduíches montados em pequenos pães de sal. O 100 Montaditos tem um sistema muito fácil de atendimento: nós escolhemos o número do sanduíche no cardápio, a quantidade e anotamos em um formulário disponível em todas as mesas. Os montaditos variam de 1 a 2 euros.

Depois levamos até o caixa: “Recogida de Pedidos”, pagamos e recebemos uma geringonça que vai apitar quando nosso pedido estiver pronto (isso existe no Brasil também). Então é só pegar os pedidos no “Entrega de Montaditos”.

Eu considero o 100 Montaditos uma opção modesta, gostosa e rápida, com recheios variados para todos os gostos. Ele fica no terminal T2, na zona de embarque D e funciona geralmente das 7:00 até às 21:00.

De Madri para Roma:

No caminho para a Itália havia uma conexão em Madri, Espanha:

Prontos para embarcar para Roma

Com a barriga cheia, estávamos prontos para embarcar para Roma, nosso destino final com a Air Europa. O voo saiu lotado e muito barulhento, com pessoas falando alto em espanhol e italiano. Latino é latino.

Em menos de duas horas e meia chegamos na capital italiana, no Aeroporto Internacional de Roma – Leonardo Da Vinci, também conhecido como Aeroporto Fiumicino. Ainda tínhamos muitos quilômetros pela frente antes de chegarmos a nosso destino final, Florença.

Esse texto não é resultado de nenhuma parceria e sim de nossas escolhas pessoais, tanto de voar pela Air Europa quanto de ir sempre ao 100 Montaditos.

By |2018-03-07T00:57:46+00:0023/01/2016|Categories: Florença|Tags: , |1 Comentário

Um Comentário

  1. […] depois longas horas de voo e conexão, nós finalmente chegamos à Itália: pousamos no Aeroporto Internacional de Roma – Leonardo […]

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.