NEWCASTLE upon Tyne no nordeste da INGLATERRA

Chegamos em Londres à noite. Dormimos por lá e na manhã seguinte bem cedinho, tomamos um trem, na famosa estação King´s Cross, para Newcastle upon Tyne, no nordeste da Inglaterra. A bonita cidade fica mais perto de Edimburgo (190 km) do que de Londres (450 km).

Os cantores Sting e Cheryl são nascidos lá.

Newcastle upon Tyne na Inglaterra

Em frente à King´s Cross Station, em Londres, prestes a embarcar num trem com destino a Newcastle

Quando Leo e eu descemos na estação central de Newcastle, inaugurada em 1850 pela Rainha Vitoria (1819 – 1901), depois de menos de 3 horas de trem, a temperatura na cidade estava deliciosamente fria. Era final do verão no país.

Viajar de trem pela Inglaterra é muito fácil e extremamente prático.

Cidade com mais de 2.000 anos de história, Newcastle me conquistou muito rapidamente, já durante nossa caminhada da estação de trem para o hostel. Ela é cheia de elegância com sua arquitetura eminentemente vitoriana, sua atmosfera tranquila, jovial e cultural.

Em Newcastle

Por que Newcastle upon Tyne?!

Viajamos para Newcastle para correr. Leo foi sorteado para a Great North Run 21k – considerada a melhor meia maratona da Inglaterra – e eu aproveitei para correr a Great North Run 5k. As duas provas são sensacionais e deixaram inesquecíveis lembranças!

Aproveitamos, claro, para conhecer o que o lugar tinha de bom. Foram poucos e agradabilíssimos dias na linda e muito antiga cidade inglesa.

Newcastle upon Tyne na Inglaterra

Great North Run 21k Newcastle

River Tyne: de um lado Newcastle upon Tyne e do outro Gateshead

De um lado do River Tyne está Newcastle upon Tyne, onde ficamos hospedados, do outro lado, Gateshead: as duas cidades frente a frente, ligadas por sete diferentes pontes. A aprazível área em torno do rio, com bares, restaurantes, museus e beleza, é conhecida como Quayside.

Caminhar pela orla do rio Tyne foi programa diário e constante, que fizemos muitas vezes, em horários variados, em nossos dias na cidade. Uma parte bonita e movimentada, especialmente nos finais de semana.

Aliás, Newcastle é um destino ótimo para longas e despreocupadas caminhadas. Visitamos todos os nossos lugares de interesse utilizando nossos pés e pernas como meio de transporte dentro da cidade e funcionou perfeitamente.

Newcastle upon Tyne na Inglaterra

Pontes que crizam o Rio Tyne: de um lado (direito) Newcastle, do outro (esquerdo), Gateshead

O passado de Newcastle

Newcastle Upon Tyne – “Novo castelo sobre o (Rio) Tyne – foi fundada pelos romanos, com o nome de Pons Aelius, como referência à família do imperador Adriano. Os restos mortais da muralha dessa época ainda estão pela região.

Para quem gosta de um passado e ama ruínas feito eu, uma viagem pelos remanescentes tempos de Adriano, quase completamente engolido pelo presente, pode causar emoção.

Foram também os romanos que construíram a primeira ponte para atravessar o Rio Tyne, mais ou menos no ano 120 d.C..  Depois dessa, muitas outras foram construídas e substituídas, ao longo da história da cidade. Por muitos séculos, Newcastle viveu próxima ao rio, entre muros, protegida dos constantes ataques escoceses.

Além da ponte, os romanos ergueram um forte aqui.

Newcastle upon Tyne na Inglaterra

Os restos da antiga Muralha de Adriano

Newcastle ao longo de seus 2.000 anos de trajetória foi dominada por muitos outros povos. Seu nome atual é normado. Deve-se ao castelo que foi construído por Robert Curthose, filho mais velho de Guilherme, o conquistador no início do século XI.

Nós visitamos o que sobrou dele.

Durante e Idade Média, ainda era uma cidade-fortaleza e foi importante centro comercial, um entreposto, por ser passagem para muitos viajantes, especialmente durante os conflitos entre ingleses e escoceses. Newcastle upon Tyne era ainda um grande polo produtor e exportador: lã, couro, chumbo, cordas…

Newcastle upon Tyne na Inglaterra

Pelas ruas de Newcastle upon Tyne

Já no século XIX, encontramos uma cidade suja e insalubre, que proporcionou ambiente propicio para algumas epidemias de cólera: 1832, com 306 mortos, 1848-49 com 412 mortos e 1853 com 1533 mortos. A partir daí a cidade passou por transformações estruturais e urbanísticas importantes, levando-a ao que vemos hoje.

Aqui, foi construído o primeiro estaleiro do mundo.

Newcastle foi bombardeada durante a segunda guerra mundial, mas comparativamente com outras cidades da Inglaterra e da Europa sofreu poucos danos, com baixo números de mortos e feridos.

A famosa série (de tv e livros) Outlander fala um pouco sobre a rivalidade Inglaterra x Escócia (gostei apenas da primeira temporada). As séries Vikings (gostei de duas temporadas) e The Last Kingdom (não consegui nem terminar a primeira temporada) contam sobre os ataques dos Vikings ao norte da Inglaterra.

Assisti as três séries no Netflix.

Gateshead e seu passado

Newcastle upon Tyne na Inglaterra

A cidade de Gateshead

Localizada na margem sul do Rio Tyne, Gateshead era uma imensa floresta. Seu nome teria relação com cabras selvagens que habitavam a região. Por alguns séculos a mineração do carvão foi uma importante fonte de renda para a cidade.

Mais tarde, o ferro, produzindo âncoras e correntes.

No ano de 1854 houve um explosão no cais, promovendo um grande incêndio que atingiu não só Gateshead, como atravessou o rio causando danos também em Newcastle, destruindo a herança medieval das duas cidades, que precisaram então, renovar sua arquitetura.

Newcastle – Gateshead

Newcastle upon Tyne na Inglaterra

Newcastle numa manha, bem cedo, de domingo

Por estarem separadas apenas pelo River Tyne, constantemente eu me esquecia que eram duas cidades. Uma me parecia extensão da outra, como bairros de uma cidade única. Passamos inúmeras vezes de um lado ao outro para visitar um museu, tomar uma cerveja ou apenas apreciar o movimento e os belos cenários.

Adoro cidades com rio! Elas têm uma energia e um encanto que me atraem! Costumam ter uma cadência que acompanha o fluxo dos rios que as cortam e adornam.

Newcastle tem um ritmo próprio, interessante. Nós caminhamos muito por suas ruas! Ela não é completamente tranquila, como costumam ser as cidades menores (são menos de 300.000 Hab.), mas também não possui a agitação dos grandes centros.

Um equilíbrio interessante!

Exploramos quase nada de Gateshead, apenas a região próxima ao Tyne. Com pouco mais de 120.000 habitantes, eu penso hoje que deveria ter visto um pouco mais dela, andarilhando pelas ruas internas, sentindo sua atmosfera, observando sua arquitetura e compasso.

As duas cidades fazem parte do condado de Tyne and Wear. Seus habitantes são chamados de Geordies. São simpáticos, práticos e nós fomos muito bem tratados nos dias maravilhosos que passamos por lá.

Quer saber como foi nossa imigração em Londres?! Então clica no link bem aqui abaixo!Cais da Ilha de Genebra

Imigração em Londres na Inglaterra

Venha espiar este mundão lindo comigo pelas redes sociais. 

Siga o Espiando pelo MundoFacebookInstagram e Twitter e Trip Advisor

Newcastle upon Tyne na Inglaterra              Newcastle upon Tyne na Inglaterra

Newcastle upon Tyne na Inglaterra              Newcastle upon Tyne na Inglaterra

Clicando em qualquer uma das quatro imagens logo aqui acima Cais da Ilha de Genebra Newcastle upon Tyne na Inglaterra ficará guardada em seu perfil no  Pinterest🙂

Para mais inspirações e histórias de viagem siga o perfil do Espiando pelo Mundo no Pinterest.

Newcastle upon Tyne e Gateshead na Inglaterra

Se você, meu caro viajante, gostou de conhecer um pouco de Newcastle upon Tyne e Gateshead na Inglaterra, compartilhe em suas redes sociais para que os amigos leiam também! 🙂 

Os botões de compartilhamento estão aqui abaixo.

Cais da Ilha de Genebra

 

By |2020-07-13T12:39:45+00:0008/07/2020|Categories: Europa, Inglaterra, Newcastle|Tags: |12 Comentários

12 Comments

  1. Mariana Menezes 08/07/2020 em 13:08 - Responder

    Oi Ana,
    Não conhecia Newcastle upon Tyne. Legal que vocês correram por lá. Não sabia também que era a melhor meia da Inglaterra. Eu sempre acho uma ótima forma de conhecer os lugares, essas provas de corrida. Adoro! Muita vontade de voltar para explorar a Inglaterra com mais calma. Mas com esse câmbio… aiiiiii
    Bjs,
    Mari

    • Analuiza Carvalho 09/07/2020 em 07:17 - Responder

      oi Mari… Inglaterra é uma país que eu gosto muito de explorar. Já estive duas vezes por lá, visitando cidades diferentes e sempre foram gratas surpresas. Eu gosto muito de Londres, mas tenho um especial apreço pelas cidades menores e Newcastle (benditas corridas de rua) foi uma deliciosa surpresa. A Great North Run 5k que eu corri foi das provas mais legais que eu já participei! 🙂 bjs

  2. Fabricio 08/07/2020 em 15:03 - Responder

    Adorei seu post sobre Newcastle, nunca pensei em visitar esse pedacinho da Inglaterra mas me pareceu muito interessante e sempre com muita história. Amei aquele ponte curva bem incomum.

    • Analuiza Carvalho 08/07/2020 em 15:08 - Responder

      Newcastle tem um equilíbrio interessante entre passado e presente. Uma cidade ótima para conhecer: cultural, informal, agradável! Pense nela com carinho! 🙂

  3. Luciane 09/07/2020 em 11:38 - Responder

    A Great North Run 21k de Newcastle é incrível, tenho amigos corredores que falam muito dessa prova. Eu acho fantástico unir corrida e viagem. Ja faz um tempo que quero começar a fazer isso. Amei seu post.

    • Analuiza Carvalho 10/07/2020 em 10:52 - Responder

      oi Luciane… vamos embarcar nessa então! Viagem e corrida: te garanto que você viverá sensações e sentimentos inesquecíveis! 🙂 bjus

  4. Fernanda Scafi 09/07/2020 em 15:05 - Responder

    Legal conhecer um pouquinho de Newcastle upon Tyne, que é bem desconhecida e nada explorada por turistas brasileiros! Não seria a minha prioridade para conhecer na Inglaterra, mas uma ótima opção de parada em uma viagem de trem entre Londres e a Escócia por exemplo!

    • Analuiza Carvalho 10/07/2020 em 10:55 - Responder

      oi Fer… se não fosse a corrida, talvez nunca visitasse Newcastle, mas fiquei imensamente feliz por ter conhecido essa cidade linda, cultural, antiga… Só me permita, por favor, discordar de você: ela merece muito mais que uma parada entre Londres e Escócia. Ela pede alguns dias, ela pede atenção. Há o que ver e viver por lá. 🙂 bjus

  5. Luciana Cadore 10/07/2020 em 09:58 - Responder

    Essas cidades do interior da Inglaterra são muito bacanas! Morei em Londres por um tempo, mas conheci muito pouco do interior. De Newcastle upon Tyne só conheci a estação de trem, numa parada a caminho de Edimburgo. Ótima dica essa das corridas – vou passar para o marido, que é corredor. Correr com belos cenários deve dar até fôlego extra!

    Um abraço!

    • Analuiza Carvalho 12/07/2020 em 10:16 - Responder

      oi Luciana… se seu marido é corredor, recomendo muito correr em Newcastle, sejam os 5k ou os 21k da Great North Run! 🙂 Eu adoro o interior da Inglaterra e sempre que organizo viagens ao país, rodo pelas cidades além de Londres. Tem sido experiências maravilhosas! 🙂

  6. Dhebora 10/07/2020 em 19:21 - Responder

    Caramba, nunca tinha ouvido falar de Newcastle upon Tyne e gostei da sua descrição e fotos da cidade. Achei bem interessante a mistura da arquitetura vitoriana com as pontes mais modernas. Dá um ar diferente pra cidade, né?

    • Analuiza Carvalho 12/07/2020 em 10:09 - Responder

      A Inglaterra tem cidades lindas… perambular pelo país nos permite ótimas descobertas como Newcastle. 🙂 bjus

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.