O Museu da CATEDRAL de FLORENÇA

Deixamos o esplêndido Batistério de São João Batista para trás e fomos em busca de mais arte e história no Museu da Catedral da cidade, chamado Museo dell´Opera del Duomo. Perguntei-me algumas vezes se em algum momento me cansaria de tanta beleza.

O Museu do Duomo, fundado em 1891, resgata um pouco da memória da Catedral de Florença, através de objetos retirados do Duomo, Batistério e Campanário. O acervo é grande, maior do que eu esperava e muito variado.

O bilhete para ter acesso às maravilhas expostas em 25 salas e 3 andares deste museu é o mesmo que nos permitiu subir a Cúpula de Bruneslleschi, entrar no Batistério de São João Batista e nas Ruínas de Santa Reparata.

Onde comprar bilhetes:

+ bilhetes

Esculturas e artistas variados no acervo do Museu da Catedral

Museo

Andar térreo do Museo dell´Opera del Duomo

Museo

Escultura de São João Evangelista por Donatello encomendada especialmente para a fachada do Duomo

Muitas coisas chamaram a minha atenção no Museo dell´Opera del Duomo: a antiga fachada da Catedral, iniciada no século XV e desmontada por ordem de Francisco I no fim do século XVI, por considera-la fora de moda, pois havia planos de renovar a cidade de Florença, deixando o Duomo sem cara por muitos e muitos anos.

Ela impressiona pelas esculturas de artistas diversos e principalmente por sua tonalidade muito branca.

As Portas do Paraíso, em bronze, apelidadas assim por Michelangelo, foram retiradas do Batistério e contam histórias do Velho Testamento. Foram encomendadas para celebrar o fim da peste na cidade e com certeza impressionam.

Tanto a fachada, desenhada por Arnolfo di Cambio, quanto o portão, criado por Lorenzo Ghiberti, ficam no térreo do museu.

Donatello e muitos outros

Museu da Catedral

Maria Madalena arrependida de Donatello

Museu da Catedral

A Pietá de Michelangelo

 

Museu da Catedral

Esculturas que parecem ter vida

Museu da Catedral

Máscara fúnebre de Filippo Brunelleschi

A Maria Madalena de Donatello sofrida e arrependida, esfarrapada, contrita, penitente doeu em minha alma e a Pietá de Michelangelo é puro sofrimento.

Conta a história que ele a fez para sua própria tumba, mas que em um acesso de raiva, por conta da má qualidade do mármore, destruiu o braço e a perna esquerda do Cristo. O braço mais tarde foi restaurado por um aluno do mestre. Há quem acredite que o Nicodemos representado é um autorretrato.

No primeiro piso estão esculturas espetaculares de Donatello, que pareciam ter vida e o debate entre Platão e Aristóteles de Luca della Robbia, assim como a máscara fúnebre de Filippo Brunelleschi, criador da cúpula do Duomo, por Andrea di Lazzaro Cavalcanti, que é meio assustadora.

A Cúpula do Duomo

Museu da Catedral

Réplicas e miniaturas que contam a história da cúpula do Duomo

Museu da Catedral

A Cúpula do Duomo

Há uma sala inteiramente dedicada à Cúpula do Duomo, com um filme contando sua história, além de réplicas e miniaturas de instrumentos usados em sua construção e da própria cúpula. Vale muito à pena ver a engenhosidade e genialidade de Brunelleschi, mesmo para quem não entende nada de arquitetura, como eu.

No pátio, no último piso, podemos ver a cúpula com toda a sua beleza vermelha de pertinho, quase podendo tocá-la. Quase.

Vem espiar este mundão lindo comigo:

Siga o Espiando pelo Mundo nas redes sociais: FacebookInstagramTwitter e Google+

Para mais inspirações e histórias de viagem siga o perfil no Pinterest

Clicando na imagem abaixo o Museu da Catedral de Florença ficará guardado em seu Pinterest.🙂 

O Museo dell´opera del Duomo tem um incrível e variado acervo

By |2018-03-07T00:57:35+00:0015/03/2016|Categories: Florença|Tags: |4 Comentários

4 Comments

  1. […] do Museo dell´Opera del Duomo e seguimos para a Basílica di Santa Croce, porque estava programada uma missa para os […]

  2. […] caminhamos para o Museo dell´Opera del Duomo para nos deliciarmos com mais obras de arte dos mestres que habitaram este planeta e o encheram de […]

  3. angiesantanna 27/09/2017 em 18:54 - Responder

    q bizarro essa historia de desmontar a fachada e mover pra outro lugar, as ideias dos cara ne aheuahe infelizmente não visitei o museu devido a quantidade enoooorme de gente no verao, impossivel ficar naquela fila

    • Analuiza Carvalho 28/09/2017 em 07:26 - Responder

      oi Angie… bem imagino o quão lotada pode ficar Florença no verão! Uma loucura, suponho!

      Nós estivemos no final do Outono e a cidade estava cheia, mas tranquila.

      Uma pena que vocês não conseguiram visitar o Museu da Catedral, pois o acervo é variado e muito interessante. Nós compramos o ingresso casado e foi ótimo!!! 🙂 bjs

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.