Como VISITAR os principais MONUMENTOS da cidade de SINTRA

Os Monumentos de Sintra são interessantes, bonitos e valem muito uma visita. Chegar até eles é fácil, bem como comprar ingressos. Eu recomendo passar pelo menos duas noites na cidade de Sintra para conhecer alguns deles, mas é possível fazer bate/volta desde Lisboa.


Saiba como ir do Porto (ou de Lisboa) para Sintra


Comprando ingressos para visitar três monumentos de Sintra

Posto de informação turística localizado na Vila de Sintra

No Posto de Informação Turística, situado no centro da cidade (Praça da República, 23), nós compramos um ingresso combinado (para os parques administrados pelo Monte da Lua) que nos dava direito a visitar três dos principais monumentos de Sintra: o Castelo dos Mouros, o Palácio da Pena e o Palácio Nacional.

O valor saiu por cerca de 25 euros, mais barato do que se tivéssemos comprado cada um deles individualmente. O ingresso tinha validade de 1 mês , mas como aquele era nosso último dia na cidade, não tivemos muita alternativa a não ser espremer os três lugares naquelas poucas horas do dia.

Não foi uma experiência que gostaria de repetir, já que não tenho apreço algum pela pressa e dessa maneira não consegui reger o tempo no meu ritmo e compasso durante as visitas a estes monumentos.

É possível ainda comprar os bilhetes on-line, assim como nas bilheterias dos monumentos (costuma ter fila).

 Os Monumentos de Sintra

Monumentos de Sintra

O Castelo dos Mouros no topo da montanha

O Castelo dos Mouros (09:20 às 20:00) está situado a 420 metros acima do nível do mar. Sua estrutura é absurdamente interessante e atraente. Datando do século IX este, junto com a Quinta da Regaleira, foi o monumento de Sintra que configurou como meu preferido. Uma verdadeira diversão passear por aquelas ruínas e caminhar por suas muralhas, além de termos acesso à vistas espetaculares.

Monumentos de Sintra

Palácio da Pena

O Palácio da Pena (09:45 às 19:00) foi o segundo monumento que visitamos. É um conjunto arquitetônico confuso, ora divertido, com vestígios de um mundo de fantasia e de forte cafonice. De fachada com cores berrantes, ele é o monumento mais visitado pelos turistas, principalmente por aqueles que fazem bate/volta desde Lisboa e por isso mesmo estava lotado!

Monumentos de Sintra

O Palácio Nacional de Sintra

Por fim, o Palácio Nacional de Sintra (Largo Rainha Dona Amélia – das 09:30 às 19:00), que fica no centro da Vila de Sintra, possui curiosas chaminés, origem moura e já passou por diversas modificações ao longo de seus muitos séculos de existência. De seu belo e pequenino jardim temos uma maravilhosa vista da encantada Sintra.

A Quinta da Regaleira

Monumentos de Sintra

A Quinta de Regaleira

No dia anterior nós visitamos a espetacular e mágica Quinta da Regaleira, outro dos importantes monumentos de Sintra. O bilhete aqui não é combinado com nenhum outro, pois a quinta não é administrada pelo Parques de Sintra Monte da Lua, e o adquirimos na bilheteria da própria Quinta.


+ Conheça a espetacular Quinta da Regaleira


Como chegar aos Monumentos de Sintra

Monumentos de Sintra

Ponto de ônibus atrás das árvores em frente ao pátio da Palácio Nacional

Monumentos de Sintra

Ponto de ônibus – chegamos cedo e havia poucas pessoas

Monumentos de Sintra

Esperando o ônibus no ponto em frente ao Palácio Nacional

Para ter acesso aos referidos Monumentos de Sintra é fácil: basta pegar o ônibus 434 (Circuito da Pena) que sai da estação de trem da cidade (pergunte ali exatamente onde fica o ponto) e passa pelo Palácio Nacional, Castelo dos Mouros e Palácio da Pena, fazendo este circuito muitas vezes ao dia.

Nós o pegamos em sua primeira parada: um ponto quase em frente ao Palácio Nacional já que havíamos dormido em Sintra. Deixamos a visita a este palácio para o final, já no fim do dia, depois de fazer um lanche na Piriquita, por ele estar localizado na Vila de Sintra, ser menor que os outros e portanto com visita menos cansativa.

Veja mais informações sobre hospedagem em Portugal, incluindo a cidade de Sintra:

+ Hospedagem em Portugal

O bilhete de ônibus custou 5 euros e pagamos direto ao motorista. O pagamento só pode ser feito em dinheiro.

Sugestões: pegue o busão cedo e tenha em mãos o dinheiro no valor exato para pagar o bilhete.

O Circuito da Pena

Monumentos de Sintra

Circuito da Pena realizado pelo ônibus 434

O bilhete vale para o dia inteiro e para este percurso: Circuito da Pena. Podemos subir e descer do ônibus em todas as paradas, no sentido ascendente, ou seja, em uma única direção, sem volta.

Os ônibus são diários, começam a rodar às 09:15, mas os horários podem variar dependendo da estação do ano.

Confira os horários:

+ Horários do Circuito da Pena

Nossa primeira parada foi o Castelo dos Mouros, a seguinte ao Palácio Nacional. Em seguida, após perambularmos muito pelo fascinante castelo, nós voltamos para o mesmo ponto onde esperamos o ônibus seguinte até o Palácio da Pena. Depois dessa visita, por fim, tomamos o busão mais uma vez até o Palácio Nacional para a última visita daquele dia.

Informações adicionais

Descida do Palácio da Pena

Caminhar por Sintra é agradável e para uma andarilha como eu, fazer os percursos andando é sempre a primeira opção. É possível chegar aos Monumentos de Sintra à pé, mas são longas subidas e para quem não tem preparo físico ou tempo (nosso caso), a melhor opção é pegar o busão.

Depois da portaria do Palácio da Pena, também há uma subida. Eles oferecem transporte até a entrada do palácio pelo valor de 3 euros. Aqui nós optamos por fazer este pequeno percurso caminhando, tanto na ida quanto na volta – cerca de 10 minutos tanto num sentido quanto no outro, embora para baixo todo santo ajude!

A estradinha passa entre uma bela floresta de eucalipto.

Todos os valores podem sofrer alteração, principalmente entre a alta e baixa temporada.

Esse texto foi útil? Se você clicar na imagem abaixo poderá deixá-lo guardado em seu Pinterest! 🙂 

Saiba como comprar ingressos para alguns dos principais Monumentos de Sintra, em Portugal, uma cidade encantada, além de dicas de como chegar até eles.

By |2018-03-07T01:06:03+00:0021/09/2017|Categories: Sintra|Tags: |17 Comentários

17 Comments

  1. Aurelio Simoes 22/09/2017 em 05:40 - Responder

    Olá.
    Cá estou novamente a comentar.
    Eu morei 17 anos no concelho de Sintra, como residentes tínhamos acesso gratuito aos monumentos.
    Ao fim de semana paravamos na Piriquita, para café e travesseiro e calcorreavamos a serra a pé. Para mim o convento do Capuchos foi o que deixou com maior impressão, tem uma força que nos deixa esmagado pela sua simplicidade, não sei como os monges conseguiam sobreviver naquelo local. Neste momento está em obras.
    O que mais se assemelha, mas em ponto grande, foi a reconstrução da igreja de S. Domingos em Lisboa.
    Bjs.
    Aurelio

    • Analuiza Carvalho 22/09/2017 em 07:36 - Responder

      Seja, pois, sempre MUITO bem vindo Aurelio! Eu sempre fico muito feliz com suas contribuições, que são inestimáveis!

      Confesso que fiquei com certa inveja dessa sua (deliciosa) rotina na (encantada) Vila de Sintra!

      O Convento dos Capuchos é uma das rezões que me fariam voltar. Com sua descrição, tenho ainda mais certeza disso! Não deu tempo de visitar. Fiquei 2 noites em Sintra e ainda assim foi pouco para explorar melhor este belo lugar. bj

  2. Juliana Moreti 27/09/2017 em 10:48 - Responder

    Sintra, assim como todo Portugal, me deixou com gostinho de quero mais. Todo mundo fazendo bate e volta e eu decidi dormir 1 noite por là. E ao chegar, descobri que uma noite é muito pouco! A cidade é linda e encantadora. Tive que optar e entrei apenas na Quinta (fui para Sintra com este objetivo), mas sinto que preciso retornar!

    • Analuiza Carvalho 27/09/2017 em 16:27 - Responder

      Ju… eu concordo que Sintra merece nossa atenção! Eu fiquei 2 noites e foi pouco. Eu consegui visitar todos os principais monumentos, mas bem longe do ritmo que eu gosto… foi tudo muito corrido, mas quem sabe um dia eu não volte?! beijus

  3. […] + Como visitar os principais monumentos de Sintra: bilhetes e deslocamento […]

  4. […] Saiba como visitar os monumentos de Sintra […]

  5. […] Eu e meu marido ficamos no hostel mais zen que estivemos em nossa vida, o Almaa Eco-hostel. Deem uma olhada no post e entenderão o que quero dizer. Este hostel fica perto da Quinta da Regaleira, um lugar incrível e imperdível. Infelizmente não tive tempo de escrever sobre este palácio, mas a Ana do Espiando pelo mundo escreveu! Ela ainda nos dá um roteiro dos monumentos a se visitar em Sintra. […]

  6. Priscila 15/05/2018 em 15:17 - Responder

    Olá! Lendo seu post, fiquei cheia de saudades de minha viagem a Portugal! Eu adorei Sintra, e ao planejar a viagem, já era um dos lugares que eu estava com maior expectativa. Infelizmente, não consegui visitar todos os lugares que queria pq meu joelho já não aguentava mais. Muito boas suas dicas. Bjs

    • Analuiza Carvalho 09/07/2018 em 18:18 - Responder

      Oi Priscila… uma pena sobre seu joelho. Eu também adorei Sintra. Achei uma cidade encantada!! 🙂 bjus

  7. Michela Borges Nunes 14/06/2018 em 19:10 - Responder

    Quando fomos a Sintra, fiz mesmo como disseste que fazem os que vão em um dia a partir de Lisboa – só visitamos o Palácio da Pena. Também chovia muito naquele dia, uma pena. Mas olha só que linda a Quinta da Regaleira! E acho que também tivemos medo de gastar muito, heheheh, mas adorei conhecer o ingresso integrado. Beijos!

    • Analuiza Carvalho 06/07/2018 em 09:29 - Responder

      oi Michela… quando montamos nosso roteiro em Portugal, diante das opções pesquisadas em Sintra, eu nem cogitei fazer bate/volta de Lisboa e foi uma decisão mais que acertada. Conseguimos visitar os principais monumentos, jantar com tranquilidade e aproveitar a atmosfera encantada de cidade nas duas noites que passamos por lá. 🙂

  8. Angelica Figueiredo 14/06/2018 em 19:28 - Responder

    Estivemos em Sintra em maio, durante nossa viagem a Portugal, adoramos! Lendo seu post deu uma saudade! Ótimas dicas! Beijos!

    • Analuiza Carvalho 06/07/2018 em 09:25 - Responder

      Acho que Sintra é destas cidades encantadas que deixam seus visitantes meio assim, em adoração! 🙂 bj

  9. Juliana Moreti 15/06/2018 em 23:07 - Responder

    Sintra estava do jeito que vc gosta, hein? Sem sol, sem céu azul….
    rsrsrsrsrs
    Sintra é uma cidade que eu preciso retornar…. Querìamos muito ter tido tempo para ir até o Castelo dos Mouros, mais que o da Pena e o Nacional….

    • Analuiza Carvalho 03/07/2018 em 10:05 - Responder

      Quando montamos o roteiro de Portugal eu abri mão de conhecer muitas cidades para estar mais tempo naquelas selecionadas. Não foi tarefa fácil abrir mão de ver cidades, escolher algumas poucas, mas não me arrependo. Fiquei em Sintra 2 noites e tudo o que eu consegui foi ver os principais monumentos. Queria ter ido além, mas não foi possível. Gostei especialmente do Castelo dos Mouros e da Quinta da Regaleira. Gostei mais ainda de, à noite, ter a cidade toda para mim, depois que todos os turistas que fizeram bate/volta voltaram para Lisboa. Caminhamos longamente pelos becos da cidade engolidos pelo silêncio e pela noite. Inesquecível! bj

  10. Bruna 20/06/2018 em 15:31 - Responder

    Sintra é uma delícia, né? Confesso que visitei 2 vezes já porque além dos monumentos principais tem outras atrações e a própria cidade é uma fofura para passar a tarde!

    • Analuiza Carvalho 04/07/2018 em 12:26 - Responder

      oi Bruna… pois é! Eu fiquei 2 noites na cidade e queria muito ter visitado mais que os monumentos principais, mas o tempo não permitiu, pois não gosto mesmo de fazer nada com pressa. Achei a cidade uma fofura também e adorei passear por ela na calada e silenciosa noite, vazia, vazia… bj

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.