Como funciona o METRÔ de NOVA YORK

O funcionamento do metrô de Nova York com seus meandros, idiossincrasias e segredos, por Leo, porque se eu fosse escrever este texto, levaria todos a uma viagem à Lua.

E sem volta provavelmente, pois o Universo ao me criar, deu uma cochiladinha (eu era a de número 14.256.356.453 do dia na linha de fabricação de novos seres humanos) e esqueceu-se de instalar o bendito GPS.

O metrô de Nova York, assim como a própria cidade é muito particular! Peculiar!

O Metrô de Nova York tem vida própria

Metrô de Nova York

O Metrô de Nova York é exemplar único

Sempre que eu entrava numa estação do metrô de Nova York, me lembrava daquela cena do filme MIB – Homens de Preto na qual um alienígena come quase uma composição inteira do trem. Não que eu achasse que isso fosse de fato acontecer, mas o metrô de Nova York tem vida própria e é uma entidade única.

O mapa do metrô e o MetroCard

Comece sua aventura no metrô adquirindo gratuitamente um mapa com as linhas todas; adquirindo um cartão do metrô (chamado de MetroCard); e descobrindo a estação perto do seu hotel, que servirá de base.

O mapa oficial é muito grande e horrível de manusear, por isso procure dentro dos inúmeros guias de NYC distribuídos gratuitamente próximo das atrações turísticas que você vai encontrar um mapa do tamanho de metade de uma folha de papel A4 para destacar.

Em comparação, o mapa oficial é do tamanho de um retângulo no qual cabem 9 folhas de papel A4!

O cartão do metrô custa US$1 e não dá direito a nenhuma viagem. Mas nele você habilita o tipo de passe que melhor lhe atenda.

Tipos de passes

Metrô de Nova York

Queensboro Plaza – nossa estação de metrô em Nova York

O tipo de passe vai depender de quão andarilho você é e de onde você está hospedado. Apesar de grandes andarilhos que somos, como ficamos fora de Manhattan, em Long Island City, obrigatoriamente tínhamos de pegar pelo menos 2 metrôs por dia, um para ir para Manhattan e outro para voltar para Long Island City.

Como cada viagem custava US$2.75, seriam pelos menos US$5.50 por dia. Então escolhemos o passe de viagens ilimitadas por 7 dias corridos, que custou US$32.

O passe começa a valer da primeira passagem pela catraca até às 23:59h do sétimo dia seguinte. Acho que, mesmo que você se hospede em Manhattan, vale a pena ter o passe de viagens ilimitadas, por que você ganha tempo se deslocando entre os bairros.

Encontramos uma amiga que está estudando e se desloca pouco por Nova York, por isso para ela vale a pena ter um cartão do metrô em que credita valores (a partir de US$5.50) e desconta o valor equivalente a uma viagem (US$2.75) cada vez que passa pela catraca.

Onde comprar o MetroCard

O MetroCard pode ser comprado nas bilheterias com um agente do metrô ou nas máquinas de vendas automáticas, nas quais você também habilita o passe desejado.

Atenção: máquinas e bilheterias só aceitam notas de até US$20. Notas de US$50 só são aceitas nas bilheterias para compras a partir de US$30 (apesar de um agente não ter aceito uma nota de US$50 para compra de um passe de US$32) e notas de US$100 só são aceitas nas bilheterias para compras a partir de US$70.

E ainda existe o cartão de viagem única, ao custo de US$3, que ignoramos.

Então, com o mapa das estações e o MetroCard nas mãos, começa a aventura pelo metrô de Nova York!

Erro no uso do MetroCard

Muito comumente, o MetroCard acusará erro ao passar pela catraca. Insista, passe muitas vezes. Em algum momento ele aceita. Ou então peça ajuda a algum agente presente na estação. Possivelmente ele dirá para você passar pela saída de emergência.

Estações abertas 24 horas e seus variados detalhes

O metrô de Nova York atende toda a cidade e as estações ficam abertas 24h por dia. Em novembro de 2017, eram 472 estações e 23 linhas. Geralmente, passa mais de uma linha em cada estação e a baldeação é muito fácil. Mas… aí entra o alien de MIB.

As estações ficam abertas 24h por dia SE não estiverem em reforma, que são muitas. No “nosso bairro”, por exemplo, eram 4 estações fechadas para reforma, o que aumentou nossa caminhada diária até o hotel em 4 quadras. Mas a reforma é programada e avisada ampla e ostensivamente com bastante antecedência.

E estação aberta não significa que todas as linhas que operam nela vão passar e/ou parar. Ou seja, nem todas as linhas operam 24h. Existe muita interrupção de linha à noite, entre 10PM e 5AM (que eles chamam de “late night”), e nos finais de semana. E agora? Chama os MIB??

Por isso, fique atento sempre que entrar numa estação de metrô, por que há avisos por todos os lados em inglês e espanhol alertando sobre interrupções e fornecendo informações sobre linhas alternativas – lembra que eu falei que geralmente uma estação recebe diversas linhas? Então programe sua viagem para antes das 22h e, nos finais de semana, use as linhas alternativas.

Num dos últimos dias dessa viagem, quando uma linha foi interrompida, a alternativa fornecida gratuitamente pelo metrô foi um ônibus, que nos levou de uma estação à outra.

Metrô de Nova York

Informações para todo lado no metrô de Nova York

Metrô de Nova York

Bilhete que nos permitiu acessar gratuitamente o busão quando nossa linha de metrô fechou

Metrô de Nova York

A comunicação em Nova York é excelente: ponto de ônibus de onde saia o busão na noite em que fecharam a linha de metrô

Trens expressos e trens locais numa mesma linha

Além disso, uma mesma linha pode ter trens expressos e trens locais.

Os expressos param apenas nas principais estações e os locais param em todas as estações. Por isso, você precisa saber se seu destino é atendido por um expresso ou por um local.

Você descobre isso pelo mapa do metrô: se a estação for uma bolinha preta, ela só recebe trem local; se for bolinha branca, recebe trens expressos e locais. E às vezes a bolinha se torna uma figura oval… o que não muda nada a regra acima.

Acha que terminou? Não se lembra do tamanho do alien que comeu quase o metrô todo?!

Metrô de Nova York

Trens expressos e trens locais

As especificidades do metrô de Nova York

Algumas estações podem, no mapa, estar ligadas por um traço preto contínuo, significando possibilidade de transferência grátis pelos túneis das estações. Estações ligadas por um traço branco pontilhado significam possibilidade de transferência grátis por cima da terra, desde que você não esteja com o bilhete de passagem única – quando terá de pagar nova passagem.

Você também encontra embaixo do nome de cada estação as linhas que passam. E repare que as linhas podem estar em negrito ou não… Linhas em negrito significam serviço 24h (desde que não ocorra nenhuma exceção de final de semana ou noturna) e linhas sem negrito significam serviço parcial.

Metrô de Nova York

Mapa do metrô de Nova York

Entradas distintas: preste atenção

Quer mais? Algumas estações têm entradas distintas se você está indo para a parte de cima (Uptown) ou para a parte de baixo de Manhattan (Downtown).

Dependendo da linha, as entradas podem ser divididas entre Uptown & The Bronx, Uptown & Queens, Downtown & Queens ou Downtown & Brooklyn. E se você entrar errado pode perder a passagem – exceto se tiver comprado passe de viagens ilimitadas!

Pois nem sempre dá para trocar de plataforma por dentro da estação e você terá de sair e pagar para entrar de novo. It’s New York, boy!

Mas como saber a direção? Essa parece fácil: identifique a estação onde está embarcando. Todas as estações acima dessa estão na direção Uptown e todas abaixo na direção Downtown. Só? Não…

Se o ponto final da linha que você deseja for abaixo do Central Park e fora de Manhattan, seu destino será Uptown & Queens; se for acima do Central Park e fora de Manhattan por cima, será Uptown & The Bronx. Mas atenção: as linhas cujo ponto final fica abaixo do Central Park e fora de Manhattan podem estar na direção Downtown Queens ou Downtown Brooklyn… E acredito haver uma direção Uptown & Brooklyn (linhas J e Z).

Além disso, algumas direções podem ser apenas Uptown ou Downtown!

E como tudo naquela cidade é inesgotável, há mais.

Diferentes linhas, mesmo nome: atenção redobrada

Existem estações de diferentes linhas com o mesmo nome. Por exemplo, existem 4 estações 14 St em lugares diferentes, mas você as diferencia por 14 St/8 Av (linhas A, C, E e L), 14 St (linhas 1, 2 e 3), 14 St/6 Av (linhas F, M e L) e 14 St/Union Sq (linhas L, N, Q, R, W, 4, 5 e 6). Só que existem 2 estações 34 St/Penn Station que recebem linhas diferentes e não estão interligadas… Aí só MIB resolvem…

E uma vez que você chegar à plataforma atente para os avisos escritos no teto da estação, sobre os trilhos: um mesmo lado da plataforma pode receber trens locais e trens expressos, que você diferencia por um aviso luminoso do lado de fora do vagão – LOCAL ou EXPRESS.

E atente para os avisos sonoros: há informações sobre próximos trens, próximos destinos, alternância de trens expressos para locais e vice-versa…

Por fim, caso continue com dúvidas, pergunte aos agentes do metrô como chegar a determinada estação. Às vezes, é mais rápido andar 1 ou 2 quadras pelas ruas para acessar determinada estação que vai te deixar direto no local desejado do que embarcar e precisar baldear de estação.

Metrô de Nova York

O Metrô de Nova York e suas variaveis

Parece difícil e confuso. E é, mas aos poucos vamos desenrolando

E não se chateie quando você se perder, por que até os nova-iorquinos se perdem no metrô. No dia da maratona, eu mesmo – acreditem – informei uma policial local como chegar à estação para embarcar no ferry para Staten Island.

Então embarque com tempo suficiente e enjoy the ride, sempre atento aos pertences. Não obstrua o caminho e tenha sempre seu MetroCard à mão antes de chegar à catraca. E fique atento(a) caso apareça algum alien…

Parece difícil e confuso o metrô de Nova York. E é, mas aos poucos vamos desenrolando. Bom, pelo menos alguns, como Leo, vão desenrolando. Euzinha?! Continuei confusa e desorientada!

Metrô de Nova York

Metrô de Nova York

Informações adicionais

Há wi-fi gratuito nas estações de metrô e funciona muito bem;

Dentro dos carros há letreiros e áudios indicando as próximas estações;

Pegamos o metrô em diversas e variadas direções, em horários distintos, incluindo a madrugada e nos sentimos seguros em todas as ocasiões, mas não descuidamos de bolsas e mochilas.

Metrô de Nova York

Metrô de Nova York tem wi-fi gratuito

Venha espiar este mundão lindo comigo pelas redes sociais. 

Siga o Espiando pelo MundoFacebookInstagramTwitter e Google+

O metrô de Nova York é cheio de detalhes, particularidades e segredinhos. Saiba como funciona e como comprar bilhetes. #novayork #estadosunidos #viajar #viajantesempressa #espiandopelomundo #metro                O metrô de Nova York é cheio de detalhes, particularidades e segredinhos. Saiba como funciona e como comprar bilhetes. #novayork #estadosunidos #viajar #viajantesempressa #espiandopelomundo #metro

Clicando em qualquer uma das duas imagens logo aqui acima Cais da Ilha de Genebrao funcionamento do metrô de Nova York  ficará guardado em seu perfil no  Pinterest. 🙂

Para mais inspirações e histórias de viagem siga o perfil do Espiando pelo Mundo no Pinterest.

O metrô de Nova York

Se você, meu caro viajante, gostou de saber como funciona o metrô de Nova York, compartilhe em suas redes sociais para que os amigos leiam também! 🙂 

Os botões de compartilhamento estão aqui abaixo.

Cais da Ilha de Genebra

 

By |2018-07-27T17:15:47+00:0013/02/2018|Categories: Américas, Estados Unidos, Nova York|Tags: |0 Comentários

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.