MERCADOS na Suíça

Mercados são aqueles lugares maravilhosos, coloridos e aromáticos, onde a gente consegue observar um pouco da vida cotidiana de um lugar, bem como alguns hábitos locais de seus moradores, além de economizar comprando alguma refeição para consumir no hotel ou ao ar livre. Os mercados na Suíça não são diferentes disso, mas vão além.

Mercados

Mercados na Suíça

Reinhard – pessoas apressadas para o trabalho

Eu gosto de ver os mercados especialmente durante as primeiras horas do dia, quando a população local está afobada, tomando café da manhã com pressa, correndo para o trabalho. Eu me misturo àquele frenesi, deixo que o ritmo me envolva. É como entrar finalmente na cidade, deixar de ser espectadora e virar personagem.

Em uma determinada manhã em Lausanne, eu estava na fila para pagar meu croissant, quando um moço falou alguma coisa comigo em francês. Mesmo sem falar nada deste belo idioma, eu entendi que ele me pedia para passar em minha frente. Estava com pressa!

Coop e Migros – maiores rede da Suíça

Marcados na Suíça

Migros da Estação Central de Genebra

Mercados na Suíça

Uma das unidades Coop, a Coop Pronto: o to go da rede

Mercados na Suíça

Coop City

Há grandes redes na Suíça como a Coop e a Migros que encontramos em cada esquina, em cada cidade que visitamos. Há redes menores também como Aperto, Reinhard e Denner.

Os dois primeiros são verdadeiros mundos com lojas de todo tipo e espécie. Tem aquelas que vendem produtos variados de gêneros: para casa, artigos de beleza, moda e comida. Estes são os Coop City e alguns deles como o de Genebra parecem um Shopping Center. A Migros em Berna também tem tamanho significativo.

Estava nele um fim de tarde, fuçando os produtos, buscando uma garrafa de vinho para levar ao hotel quando uma senhora falou comigo em alemão. Ela não falava inglês e por gestos me pediu ajuda para pegar um produto que ela não alcançava. Agradeceu-me muito e de tudo o que disse só consegui entender o kind (gentil) que ela repetiu algumas vezes sorrindo.

Há farmácias também, mas de todas as opções Migros e Coop, os meus preferidos são os mercados estilo to go (Coop Pronto). E por fim os restaurantes como a Coop Restaurant. Ou seja, tanto Migros quanto Coop são um mundo inteiro de possibilidades de consumo, fazendo com que os mercados na Suíça vão além dos mercados normais que já vi por aí.

Os Mercados na Suíça e alguns detalhes

Mercados na Suíça

Nosso jantar, comprado na Migros (com exceção da cerveja)

Uma atitude importante em qualquer mercado da Suíça (da Europa, na verdade): ser célere. Já chegue com o dinheiro mais ou menos contado e na mão, se não quiser ser atropelado, ou ser olhado de cara muito feia.

Tanto a Coop quanto a Migros, assim como os mercados menores como Aperto, deixam disponíveis no caixa garfos, facas, colheres e guardanapos. É só pegar. Não sabendo disso em minha primeira compra em Genebra, tive que comer meu tabule a la indiana. Ainda bem que foi somente desta vez!

Outra coisa: algumas vezes eles registraram o valor do produto errado e/ou deram o troco a menos. Melhor ficar atento.

Curiosidades

Mercados na Suíça

Autoatendimento no Coop

  • Nem na Migros, nem na Coop nós encontramos bebida alcoólica para vender, apenas cerveja sem álcool;
  • Em unidades Migros nós encontramos uma máquina de fazer suco de laranja self service;
  • As máquinas de café também são self service;
  • Em ambas as redes encontramos lojas com autoatendimento, o que achei sensacional, mas nem todas aceitam dinheiro em espécie, algumas aceitam apenas cartão;
  • Não há sacolas; cada qual providencia seu próprio meio de transportar as compras, como é comum na Europa;
  • Ambas as redes fecham cedo, em todas as cidades que passamos, entre 18 e 19 horas. Os que estão localizados nas estações de trem ficam abertos até mais tarde, alguns deles chegando a fechar à meia noite;
  • Frutas e verduras: o consumidor é quem pesa e já leva ao caixa etiquetado;
  • Há os talheres próprios para pegar os itens, como pães, mas vi muita gente pegando de mão mesmo.

Os Restaurantes

Mercados na Suíça

O Coop Restaurant

Na essência Migros e Coop são redes muito parecidas e ambas vendem produtos de marcas próprias de muitos e variados itens. Entretanto, eu simpatizei mais com a Coop. Gostei mais dos produtos oferecidos e da variedade. Dos preços, não vi muita diferença. Todos eles são muito caros.

Os restaurantes são uma ideia interessante de almoço. Há várias opções como prato feito por um valor fixo, que o atendente monta na hora. Na Migros de Berna Léo comeu um schnitzel, um prato típico alemão, uma carne, porco, por exemplo, empanada. As quantidades são bem fartas e o valor bem salgado: 15,90 francos suíços. Fatia de pão:0,60 cêntimos de franco.

Há sistema por peso também (3,10 francos suíços/100 gramas), com ilhas espalhadas pelo salão. Eu fiquei com receio de usar este sistema, uma vez que corria o risco de pagar bem caro, colocando no prato uma coisinha aqui, um negocinho acolá.

O meu sistema de consumo favorito foi o de buffet: você escolhe o tamanho do prato: muito pequeno, pequeno (10 francos) ou tamanho tradicional (15 francos), paga um preço fixo de acordo com o diâmetro escolhido e pode colocar tudo o que conseguir equilibrar ali em cima. Vi verdadeiros malabaristas! Na Suíça, como os suíços: a maioria escolhia o de tamanho médio, que é nosso prato de sobremesa. Equilibrei várias delícias ali, quando almoçamos no Coop de Zurique e fui muito feliz.

Há ainda ilhas de sobremesa, salgados, café. É um mundo gastronômico inteiro dentro de um salão.

Eu gostei mais da Coop: tinha mais opções saudáveis disponíveis, maior variedade no buffet e o atendimento era mais organizado, mas ambos são ótimas opções.

Denner, outro mercado

Mercados na Suíça

Bebendo a cerveja que nós compramos no Denner

No Denner fomos apenas uma vez, onde compramos cerveja para bebermos sentados ao ar livre em Thun. A variedade de marcas era grande os preços bem menores que nos bares e restaurantes. Enquanto Léo escolhia, eu dei uma fuçada nas prateleiras.

Ele era bem a cara de mercadinhos de bairro existentes em muitas capitais brasileiras. Esta unidade especificamente era de tamanho pequeno e não entramos em outras para comparar. Apesar de pertencer a Migros, os produtos aqui são mais baratos.

O Reinhard e o Aperto

Mercados na Suíça

Aperto

Meus dois lugares preferidos para tomar café da manha, entretanto não foram nem Migros, nem Coop e sim o Reinhard e o Aperto. O primeiro era meu ponto em Berna, o segundo em Friburgo.

Encontramos duas unidades do Reinhard. A primeira na Rua Spitalgasse, 37, mais com cara de padoca, de cafeteria to go. Não há lugar para sentar, mas a atendente permitiu que comêssemos no balcão. Foi ótimo, pois me distrai com o vai e vem de pessoas a caminho das atividades diárias.

Já a Reinhard da Estação Central de trens era um típico mercado to go, com ótimas opções para levar e aquele nervosismo intenso das pessoas aligeiradas, correndo. O atendimento é frenético aqui o que me divertia, e muito. Entrei na dança, na primeira brecha, e bailei lindamente, como se local fosse.

A máquina de café aqui também é self service, mas tem que pegar a ficha antes no caixa.

O Aperto foi nossa melhor opção em Friburgo: duas unidades na estação central e dali saíram nosso café da manhã e jantar algumas vezes. Em todos os momentos em que a visitamos, o movimento era intenso.

Se você, meu caro viajante, gostou de conhecer os mercados na Suíça para economizar um troco, compartilhe em suas redes sociais para que os amigos leiam e conheçam também! 🙂 

Quer o que comer na Suíça ?! Então clica no link bem aqui abaixo!

Cais da Ilha de Genebra

+ Deliciosos sabores suíços

Venha espiar este mundão lindo comigo pelas redes sociais. 

Siga o Espiando pelo MundoFacebookInstagramTwitter e Trip Advisor

Para mais inspirações e histórias de viagem siga o perfil do Espiando pelo Mundo no Pinterest.

Clicando na imagem abaixo os Mercados na Suíça ficarão guardados em seu perfil no  Pinterest. 🙂

Os #mercados na #Suíça são um mundo inteiro de possibilidade de consumo. Também são ótimos lugares para economizar um troco! #viajar #viajantesempressa

Mercados na Suíça

Se você, meu caro viajante, gostou de conhecer comigo os Mercados na Suíça, compartilhe em suas redes sociais para que os amigos leiam também! 🙂 

Os botões de compartilhamento estão aqui abaixo.

Cais da Ilha de Genebra

By |2019-05-25T15:13:44+00:0028/06/2017|Categories: Europa, Preliminares Suíças, Suíça|Tags: , , |12 Comentários

12 Comments

  1. Tatiana 04/07/2017 em 18:37 - Responder

    Toda vez que viajo procuro sempre conhecer os mercados locais.
    São sempre uma agradável surpresa.
    Desde comida típica até artesanato local, vale a pena mesmo.
    Esses da Suíça me parecem incríveis.

  2. Zudi Dadalt 04/07/2017 em 18:46 - Responder

    Que post delicioso Ana. Também curto muito os mercados por aí, pois é onde a gente tem a oportunidade de ver o povo local em seu dia a dia.

  3. Também amooo mercados! Além de não dispensar um bom café!
    Adorei poder conhecer com esse post esses mercados! Mas não vender bebida alcoólica é tristiiiii, ainda bem que vocês encontraram o Denner! haha!
    Adorei o post, muito interessante! E achei um amor esses suíços pedindo as coisas para você em alemão! Ainda bem que a linguagem corporal já fala tudo! hehe =)

    • Analuiza Carvalho 05/07/2017 em 13:23 - Responder

      oi Luiza… mercados são uma delícia né?! Gosto de todo tipo. rrsrsrs Os Suíços são mesmo uns fofos. Simpáticos, gentis e muito educados. 🙂 bjus

  4. Klécia Cassemiro 04/07/2017 em 23:47 - Responder

    Ana, que post excelente! Muito útil para quando for a Suíça (será que demora isso??). Adoro mercados, sempre visito, pra conhecer a cidade e para comprar a janta em diazinhos de preguiça e dias de economia também rs.
    Fiquei curiosa sobre nao vender bebida alcoólica naqueles mercados. Será que não é alguma legislação, ou variação de dia? Lembrei de algumas leis americanas sobre isso, no estado de PA, por exemplo, eles retiram as cervejas expostas apenas nos domingos, mas nos outros dias dá pra encontrar cerveja. Não sei se é o caso, mas você talvez tenha conseguido uma impressão melhor da situação e indicar se era o caso! Beijos

    • Analuiza Carvalho 05/07/2017 em 11:47 - Responder

      oi Klécia… então! Não sei a razão a respeito de não venderem bebidas alcoólicas. Uma pessoa apenas disse: não vende, sem explicar a razão. Eu sei que o Migros não vende mesmo, mas o Coop eu li em algum lugar que vendia, mas nas unidades que nós entramos nos informaram que não vendia. Não fui muito atrás da razão também, então não sei. Vou deixar essa pergunta em aberto para você responda quando visitar a Suíça. rsrsrs bjuuuss

  5. Flávio Borges 05/07/2017 em 17:56 - Responder

    Olá Analuiza!

    Que massa conhecer todos este mercados. Curti muito o post, está superinformativo!

    Não vejo a hora de colocar os pés na Suíça e conhecer estes lugares pessoalmente.

    Um abraço!

    • Analuiza Carvalho 05/07/2017 em 18:03 - Responder

      Os mercados podem ser salvadores no quesito economia e no quesito “matar a fome quando estou cansado e só quero cair na cama”: ehehehe Na torcida para você visitar a Suíça logo, logo! 🙂

  6. Giulia 06/07/2017 em 19:33 - Responder

    Realmente esses mercados são um mundo de possibilidades. Que legal.

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.