O comovente MEMORIAL do 11 de Setembro na cidade de Nova YORK

11 de Setembro de 2001. Onde você estava?! Eu estava em minha sala de trabalho resolvendo algum problema quando alguém comentou sobre um acidente: um avião havia se chocado contra um prédio. A verdade é que acabara de acontecer o atentado às Torres Gêmeas. Pouco mais de 17 anos depois eu estava ali, onde antes estava o World Trade Center, hoje o Memorial do 11 de Setembro.

Naquele dia de 2001 eu trabalhava na área de tecnologia de uma companhia aérea. Logo após a primeira notícia, veio a segunda informando do outro avião. Em tempos de pouca conectividade, durante algumas horas pouco soubemos sobre o atentado.

Somente no fim da tarde, em casa, foi que vi as imagens e entendi a magnitude daquilo. Confesso que até hoje eu acho aquelas cenas impressionantes, quase como se não tivessem acontecido de fato.

Quando eu me vi no memorial, olhei para cima, vi os gigantes edifícios que ainda residem ali e associei com os fatos vistos tantos anos antes e senti um calafrio. Jamais poderei imaginar o pânico daquele 11 de Setembro de 2001.

O painel do FDNY Ten House

Memorial do 11 de Setembro em Nova York

Um carro de bombeiros saindo para atender um chamado

Memorial do 11 de Setembro em Nova York

Painel em homenagem aos bombeiros que morreram nas atividades de salvamento do 11 de Setembro

Nós chegamos ao Memorial do 11 de Setembro pela Liberty Street saindo do Battery Park, chegando até o FDNY (Fire Department of New York) Ten House, algo como o 10° Batalhão de Bombeiros de Nova York. Eles foram os primeiros ao chegarem ao local do atentado, logo após o choque do primeiro avião, por estarem muito próximos.

Cinco homens da Ten House morreram em ação.

Em uma das paredes há um baixo relevo em homenagem aos 343 bombeiros que pereceram nos atentados do 11 de Setembro. O painel mostra os homens nas diversas atividades de salvamento. Há uma inscrição: “Dedicated to those who fell and to those who carry on”.

Emocionante!

Enquanto estávamos ali, olhando, observando e sentindo, um carro de bombeiros saiu a toda e me assustei porque naquele momento minha mente tinha voltado 17 anos no tempo.

O Memorial do 11 de Setembro

Memorial do 11 de Setembro em Nova York

O tocante Memorial do 11 de Setembro em Nova York

Memorial do 11 de Setembro em Nova York

O Memorial do 11 de Setembro em Nova York com os carvalhos ao fundo

Seguimos então para o Memorial do 11 de Setembro: dois grandes quadrados, negros, com água que corre nomeado “Reflecting Absense”. Uma homenagem às vítimas do 11 de Setembro de 2001 e do 26 de Fevereiro de 1993, com seus nomes escritos nas bordas em painéis de bronze. Simboliza também a esperança.

Estas piscinas estão no mesmo lugar onde estavam as torres gêmeas.

Em todas as suas faces cachoeiras com 9 metros de altura correm para um escoadouro no centro, numa simbologia que diz mais ou menos que pequenos córregos se juntam formando uma onda de caos coletivo e lentamente seguem rumo ao abismo.

Na praça onde está o Memorial do 11 de Setembro foram plantadas 400 mudas de carvalho. Os carvalhos estavam com tonalidades variadas de outono, lindos. Para mim, aquelas árvores, como um exército da salvação, foram o símbolo mais puro da esperança de um mundo melhor, com mais respeito, menos violência, mais paz, amor, moderação em todas as coisas.

Todo o conjunto é surpreendentemente impactante e comovente. Chegamos ali ao entardecer, as luzes de Nova York estavam maravilhosas e eu não esperava que fosse encontrar tanta emoção e beleza no memorial. Em alguns pontos, observamos sobre os nomes das vítimas, flores brancas o que tornou tudo ainda mais verdadeiramente tocante.

Além das torres gêmeas outros cinco prédios também desmoronaram com o choque dos aviões e o trabalho de limpeza da área levou mais ou menos 1 ano.

O One World Trade Center

Memorial do 11 de Setembro em Nova York

O glorioso One World Trade Center

O One World Trade Center, ou WTC 1, construído após os atentados, localizado ao lado de onde as torres gêmeas ficavam, é hoje o edifício mais alto do país e um dos mais altos do mundo. Ele possui 1776 pés em homenagem ao ano de independência dos Estados Unidos.

Eu o achei glorioso, se destacando na multidão de prédios!

É possível subir até o mirante entre o 100° e 102° andar (uma altura de 381 metros de altura) pelo preço de USD 34,00 para ver Nova York do alto, incluindo no cenário a Estátua da Liberdade e a Brooklyn Bridge.

Meu bolso raso me permitiu ver a cidade apenas de baixo para cima. Tudo bem, eu estava adorando olhar Nova York tête-a-tête.

O Memorial Museum

Ao lado do Memorial do 11 de Setembro está o Memorial Museum, museu que reconta a história do 11 de Setembro, Para mim, este atentado foi uma das coisas mais impressionantes e surreais que já vi. Nem Hollywood pensou em alguma coisa tão absurda!

Não entramos no museu. O memorial foi emoção suficiente. Não me interessou reviver aquele drama. Seguimos, pois em frente, aproveitando as últimas luzes outonais que mudavam e encantavam, encerrando aquele dia.

Bilhetes para visitar o museu: $24 para adultos, $15 para jovens de 7 a 12 anos e $20 de 13 a 17 anos; Gratuito às quintas das 17 horas até o fechamento. Funciona de domingo a quinta das 9 da manhã até às 20 horas, sendo que a última entrada acontece às 18 horas. Já nas sextas e sábados o museu abre das 9 da manhã até às 21 horas, com a última entrada às 19 horas.

O primeiro atentado ao World Trade Center

No dia 26 de Fevereiro de 1993 um carro-bomba explodiu na garagem da torre 1 do World Trade Center com intuito de abalar as estruturas e colapsar o edifício, levando junto sua torre gêmea. O atentado, orquestrado e executado com dinheiro de um membro da Al-Qaeda, matou seis pessoas e feriu mais de mil.

Quer conhecer outro local próximo ao Memorial do 11 de Setembro?! Então clica no link bem aqui abaixo!Cais da Ilha de Genebra

+ O Castle Clinton em Nova York

Venha espiar este mundão lindo comigo pelas redes sociais. 

Siga o Espiando pelo MundoFacebookInstagramTwitter e Google+

O Memorial do 11 de Setembro é extremamente comovente. Uma homenagem às vítimas dos dois atentados ao World Trade Center, além de ser um símbolo de esperança. O conjunto carrega beleza. #novayork #estadosunidos #viajar #loucosporviagem #viajantes #viajantesempressa #destinos #espiandopelomundo               O Memorial do 11 de Setembro é extremamente comovente. Uma homenagem às vítimas dos dois atentados ao World Trade Center, além de ser um símbolo de esperança. O conjunto carrega beleza. #novayork #estadosunidos #viajar #loucosporviagem #viajantes #viajantesempressa #destinos #espiandopelomundo

Clicando em qualquer uma das duas imagens logo aqui acima Cais da Ilha de Genebrao Memorial do 11 de Setembro em Nova York  ficará guardado em seu perfil no  Pinterest. 🙂

Para mais inspirações e histórias de viagem siga o perfil do Espiando pelo Mundo no Pinterest.

O Memorial do 11 de Setembro em Nova York

Se você, meu caro viajante, gostou de saber o memorial do 11 de Setembro em Nova York, compartilhe em suas redes sociais para que os amigos leiam e se deliciem também! 🙂 

Os botões de compartilhamento estão aqui abaixo.

Cais da Ilha de Genebra

 

By |2018-05-13T18:19:55+00:0011/05/2018|Categories: Américas, Estados Unidos, Nova York|Tags: |12 Comentários

12 Comments

  1. Livia Zanon 14/05/2018 em 14:22 - Responder

    Esse memorial apesar de ser lindo é tão triste né?? Tenho vontade de conhecer quando for à NY, adorei o post super bem explicadinho, parabéns!!

    • Analuiza Carvalho 14/05/2018 em 16:13 - Responder

      oi Livia… cada pessoa responde de uma maneira a um local né?! Eu achei o Memorial comovente, até por me lembrar das marcantes cenas ocorridas ali tantos anos antes. Quando você for saberá como se sentirá. Que bom que gostou do texto: obrigada!

  2. Bel Oberg 14/05/2018 em 21:23 - Responder

    Adorei o texto e até as dicas de valores. Estou indo conhecer Nova York em julho e com certeza irei ao Memorial. Jamais esquecerei esse dia, sou Jornalista e na época apresentava um telejornal de uma afiliada Globo, mas nem trabalhamos, já que que o espaço foi todo tomado pelo nacional, tamanha importância da notícia. Estar lá será especial demais pra mim. Fiquei ainda mais empolgada com sua descrição do local.

    • Analuiza Carvalho 16/05/2018 em 17:09 - Responder

      oi Bel… que bom que você gostou do texto e o achou útil.

      Impressionante como a maioria de nós lembra exatamente o que estava fazendo quando chegaram as notícias do atentado, não?! Em seu caso, como jornalista, vendo toda a cobertura deve ter sido intenso. Acredito sim, que será bem significativo para você visitar o Memorial, estar lá!!

      Aproveite muito Nova York!!!! Boa viagem!!! bjs

  3. Luciane 15/05/2018 em 09:58 - Responder

    Eu lembro bem desse dia também, demorei para acreditar no que de fato estava acontecendo e principalmente a gravidade da coisa. Quando estive em NY achei o clima bem triste e pesado ao redor do memorial, não tive coragem de entrar mas meus amigos entraram e acharam bem emocionante.

    • Analuiza Carvalho 15/05/2018 em 17:22 - Responder

      oi Luciene… eu achei emocionante. Uma homenagem muito bonita. Até hoje as imagens dos aviões se chocando com os edifícios me chocam e impressionam e estar ali foi bem significativo para mim! Como você foi difícil acreditar que aquilo era real!

  4. Fabia Fuzeti 15/05/2018 em 16:59 - Responder

    No dia do atentado de 11 de setembro eu estava trabalhando quando recebemos a notícia… foi muito chocante pra todo mundo, né? lindo o memorial, quero voltar pra NYC e conhecer!

    • Analuiza Carvalho 15/05/2018 em 17:30 - Responder

      oi Fabia… sim, acho que foi chocante para todo mundo, porque foi tão surreal!!! Eu achei o memorial muito bonito e emocionante! bj

  5. Eloah Cristina 02/06/2018 em 09:11 - Responder

    Este tipo de memorial é super importante para história, mas ao mesmo tempo é tão triste, né?

    • Analuiza Carvalho 05/06/2018 em 11:38 - Responder

      Sim, Eloah… também acho! Melhor que não tivesse acontecido, mas já que este fato horrível aconteceu, melhor homenagear as vítimas, e lembrar e relembrar para que tentemos construir um futuro melhor!

  6. Carla 15/07/2018 em 13:58 - Responder

    Olha, eu visitei o museu e, realmente, não recomendo para qualquer um. Para mim, foi uma experiencia muito tocante. Saí de lá com as lágrimas escorrendo pelo rosto, mas com uma sensação boa sobre como os EUA homenageiam seus heróis e cidadãos, e como conseguem nos fazer refletir sobre as ameaças terroristas atuais.
    A nova Torre é um espetáculo à parte e recomendo muito a visita ao pôr do sol! É sensacional!

    • Analuiza Carvalho 16/07/2018 em 11:58 - Responder

      Pois então… eu vivi tanto os atentados do 11 de Setembro através de tantas imagens, comentários e matérias à época que não senti vontade alguma de visitar a museu, mas o memorial é muito, muito tocante. Foi mais que suficiente para mim estar ali, onde aconteceu aquilo que até hoje acho surpreendente! Sobre subir a nova torre, não duvido que o por do sol deva ser de fato lindão. O problema é mesmo caber no bolso para assistir tal espetáculo. O meu anda bem rasinho. 🙂

      Obrigada de coração por compartilhar aqui suas emoções e sentimentos a respeito do Museu do Memorial do 11 de Setembro. bjs

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.