Um jantar na TASCA do Xico

Sintra é mesmo uma cidade muito bonita com seus morros, belas casas, quintas seculares e sua alma um pouco celta, muito moura. Durante os poucos dias em que lá estive, este me pareceu um lugar encantado. Aproveitamos muito o primeiro dia por lá e à noite fomos jantar na Tasca do Xico.

Da Quinta da Regaleira até a Vila de Sintra caminhando

Tasca do Xico

Da Quinta da Regaleira até a Vila de Sintra caminhando

Nossa tarde foi muito bem ocupada passeando pela apaixonantemente mágica Quinta da Regaleira. Quando a deixamos, descemos andando para Vila, aproveitando o ar fresco do inicio da noite. Caminhamos um pouco, sem rumo, eira ou beira até que nos deparamos com este simpático lugar: a Tasca do Xico.

A Tasca do Xico

Tasca do Xico

A Tasca do Xico, um lugar pequenino e simpático

Sentamos em uma mesa na parte interna, pois a esta altura a noite já estava gelada. A garçonete que nos atendeu era elétrica, muito sorridente e simpática.

A Tasca do Xico é um lugar pequenininho, agradável, cuja decoração me lembrou uma taberna de filme antigo.

Na mesa ao lado havia um estrangeiro que tentou se comunicar com ela em inglês, ao que ela teve dificuldades, mas  com muitas idas e vindas, mímicas e sorrisos, acabaram se entendendo.

Foi interessante observar a curiosidade do visitante sobre todos os pratos que ele escolhia, questionando sobre todos os ingredientes, dos mais visíveis aos mais sutis como os temperos.

O cardápio

Tasca do Xico

Salada de polvo com pimentão vermelho e bacalhau com grão de bico

Tasca do Xico

Um brinde à Sintra

O cardápio era basicamente de tapas, aquelas pequenas porções tão típicas na vizinha Espanha e que encontramos com frequência em restaurantes portugueses. Eu tenho muito apreço pela “prática de tapas”, pois ela me permite experimentar muitos sabores em uma única refeição.

Além de que, acho o costume do compartilhamento de porções muito agradável, intimista, acolhedor, amoroso.

Pedimos ovos mexidos com farinheira (5,80 euros), salada de bacalhau com grão de bico com cebola crua – poderia ter vindo menos cebola – (4,60 euros), salada de polvo com pimentão vermelho (6,50 euros) e vinho da casa (2,80 euros).

Outras opções do cardápio: favas à portuguesa e torta de bacalhau: 4,60 euros cada.

Havia no cardápio pratos também. Pescados variavam de 14 a 30 euros, enquanto as carnes estavam em torno dos 15 euros.

Não foi uma refeição espetacular, mas foi um jantar aprazível.

A farinheira e sua história

Tasca do Xico

Ovos mexidos com farinheira

A farinheira é um tipo de embutido muito típico em Portugal. Muitos embutidos levam em sua composição a carne de porco, alimento não consumido pelos judeus.

Assim, durante a inquisição, os judeus portugueses criaram a farinheira, como truque para simular o consumo da carne de porco, uma vez que eles eram identificados também por seus hábitos alimentares.

É composta por farinha (daí vem o nome) massa de pimentão, corante e vinho. Atualmente já leva gordura de porco.

Endereço:

Arco do Teixeira 6

Horários:

Todos os dias das 10:00 às 23:30

Se curtiu a Tasca do Xico salve em seu Pinterest!

A Tasca do Xico é um lugar pequenino e simpático na encantada Vila de Sintra, Portugal, com um cardápio variado da típica gastronomia local incluindo tapas e pratos.

By |2018-03-07T01:06:11+00:0031/08/2017|Categories: Sintra|Tags: , |0 Comentários

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.