A IGREJA da Santíssima TRINDADE em Genebra

Perdida em meio à modernidade de Genebra encontramos uma pequena igreja, toda em pedra, formada por recortes que lhe conferiam beleza. Era a Igreja da Santíssima Trindade ou English Church of the Holy Trinity.

A fachada é linda e por dentro ela é sóbria com vitrais coloridos quebrando sua seriedade e frugalidade.

Um pouco da história da Igreja da Santíssima Trindade

Igreja da Santíssima Trindade

A Igreja da Santíssima Trindade e sua bela fachada de pedra com aparência inglesa

Igreja da Santíssima Trindade

Palácio da Justiça

Esta é uma igreja anglicana que data do século XVI formada por protestantes que, por medo da perseguição religiosa, fugiram da Inglaterra quando a rainha Mary assumiu o trono. Contudo, somente no século XVIII a Igreja da Santíssima Trindade foi consagrada. Ela foi reformada no século XX.

Antes disso, os cultos protestantes aconteceram em dois outros lugares: no Auditório de Calvino e na Capela do Hospital, onde hoje está situado o Palácio de Justiça.

Quando a rainha Elizabeth I assumiu o trono inglês, muitos protestantes que tinha abandonado o país, voltaram. Outros, entretanto permaneceram na Suíça.

Por isso tudo, é claro que ela lembra algumas pequenas igrejas encontradas em solo britânico.

Peculiaridades

Igreja da Santíssima Trindade

Séria e sóbria

Igreja da Santíssima Trindade

Lápides adornam as paredes

Igreja da Santíssima Trindade

A lápide de Howard

Nas paredes, muitas lápides, que apesar do contexto de morte, são elementos decorativos da igreja, o que para mim, foi fator que chamou a atenção. Confesso que me pareceu parte íntima da ornamentação e personalidade grave e sem ostentação da pequena Holy Trinity.

Coloquei mais reparo em uma delas que dizia:

In tender memory of Howard Neil Riegel who perished on Mont Blanc July, 12 1898 (…)”.

Complementava uma ferramenta de escalada. Eu não achei nenhuma referência sobre Howard, mas por alguma razão absolutamente desconhecida fiquei curiosa a respeito de sua história.

Deduzi apenas o que já estava escrito em sua lápide: os Alpes engoliram mais um alpinista. Conhecida como Montanha da Morte, mata anualmente muitos alpinistas que tentam conquistá-la.

Quando lá estivemos ela, a igreja, estava completamente vazia e o silêncio imperava, era nosso companheiro. A pequenina Santíssima Trindade faz parte de um pedaço da história de Genebra e segue sendo palco de encontros religiosos sendo a assembleia tão eclética em termos culturais quanto a internacional cidade que a abriga.

Endereço: Rue du Mont-Blanc 14bis

Quer conhecer outro pedaço de Genebra?! Então clica no link bem aqui abaixo!Cais da Ilha de Genebra+ Genebra de indubitável beleza

Venha espiar este mundão lindo comigo pelas redes sociais. 

Siga o Espiando pelo MundoFacebookInstagramTwitter e Google+

A pequenina Igreja da Santíssima Trindade faz parte de um pedaço da história de #Genebra. Possui bela fachada e interior sóbrio. #Suíça #espiandopelomundo #viajantesempressa #europa #viajar #pelomundo #igreja                A pequenina Igreja da Santíssima Trindade faz parte de um pedaço da história de #Genebra. Possui bela fachada e interior sóbrio. #Suíça #espiandopelomundo #viajantesempressa #europa #viajar #pelomundo #igreja

 

Clicando em qualquer uma das duas imagens logo aqui acima Cais da Ilha de Genebraa Igreja da Santíssima Trindade em Genebra na Suíça  ficará guardada em seu perfil no  Pinterest. 🙂

Para mais inspirações e histórias de viagem siga o perfil do Espiando pelo Mundo no Pinterest.

 

Igreja da Santíssima Trindade em Genebra

Se você, meu caro viajante, gostou de conhecer um pouco a Igreja da Santíssima Trindade em Genebra, compartilhe em suas redes sociais para que os amigos leiam também! 🙂 

Os botões de compartilhamento estão aqui abaixo.

Cais da Ilha de Genebra

By |2018-03-07T01:06:05+00:0016/09/2017|Categories: Genebra|Tags: , |11 Comentários

11 Comments

  1. […] de visitarmos a Igreja da Santíssima Trindade, outra descoberta feita totalmente ao acaso, seguimos em direção aquele que talvez seja o maior […]

  2. Gisele Prosdocimi 21/02/2018 em 20:30 - Responder

    Que interessante esta igreja, da fachada com ares ingleses ao seu interior cheio de lembranças e mistérios. Também fiquei curiosa sobre a história de Howard, e que linda homenagem dos amigos à ele. Coisas da vida, Howard até hoje se faz presente, independente de ter sucumbido à montanha. Surreal!!!

    • Analuiza Carvalho 22/02/2018 em 06:58 - Responder

      Isso mesmo Gisele… a igrejinha é linda, acolhedora em sua essência e acho que cada vez que alguém para diante de “Howard” ele se faz presente! 🙂 bj

  3. Débora Resende 23/02/2018 em 15:02 - Responder

    Que linda essa igreja!! Eu adoro entrar em igrejas quando estou viajando e admirar a arquitetura, com certeza vou querer conhecer essa quando for a Genebra!

    • Analuiza Carvalho 23/02/2018 em 15:31 - Responder

      Fofa né?! Eu também curto uma igrejinha, suas histórias, arquiteturas. Genebra tem algumas muito bacanas. 🙂 bj

  4. Deisy Rodrigues 25/02/2018 em 13:23 - Responder

    Que Igreja mais charmosa e que interessante toda a história dela, adoro esses achados de viagem, sempre enriquecedor.

    • Analuiza Carvalho 25/02/2018 em 21:27 - Responder

      oi Deisy… muito verdade isso!!! Estes achados enriquecem mesmo nossas viagens!!! 🙂 bjinhos

  5. Edson Amorina Jr 26/02/2018 em 05:50 - Responder

    Realmente uma igreja bem sóbria, mas bem lindinha

  6. angela sant anna 27/02/2018 em 05:38 - Responder

    que interessante esse detalhe da plaquinha com a dedicação ao alpinista, n sabia q mont blanc ficava ai na região

    • Analuiza Carvalho 27/02/2018 em 08:17 - Responder

      oi Angie…é nos detalhes que está a beleza de todas as coisas, afinal. Nos detalhes! 🙂 bj

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.