HOSPEDAGEM em Nova York

Encontrar hospedagem em Nova York foi tarefa árdua. As variáveis – custo e localização – não funcionavam. Quando uma atendia, a outra falhava. Passamos muitas semanas mergulhados em pesquisas antes de decidirmos que nossa hospedagem em Nova York seria o Ramada Hotel.

No final das contas fiquei satisfeita com esta escolha.

Dificuldades

“Vocês tem que ficar em Manhattan! Não há outra opção possível em Nova York”. Esta máxima era quase uma unanimidade entre os viajantes que pesquisamos: tanto os blogs quanto os amigos repetiam a mesma coisa, quase como um mantra.

O problema é que hospedagem em Nova York na região de Manhattan simplesmente não cabia em nosso bolso.

Além de esta parte da cidade ser mais cara, viajamos durante a Maratona de Nova York. Um evento enorme!

A cidade estava lotada e os preços nas alturas.

Conselho: fuja de Nova York no período da maratona – a não ser que você esteja inscrito na corrida.

O Ramada Hotel Long Island City

Hospedagem em Nova York (

Ramada Long Island City

Entre pesquisas em diversos hotéis e variados apartamentos disponíveis no Airbnb, o Ramada Hotel foi nossa melhor opção de hospedagem em Nova York.

Boa localização e boa estrutura a um preço alto, mas o menor diante de todas as outras opções pesquisadas.

Há muitas unidades do Ramada Hotel na cidade e nós escolhemos o Ramada Long Island City, no Queens, do outro lado do East River, distante cerca de 6 quilômetros de Midtown Manhattan.

Muito perto do hotel, contudo, estava a estação de metrô Queensboro Plaza, distante apenas uma estação de Manhattan, na Lexington Ave com Rua 59.

Hospedagem em Nova York

A estação Queensboro Plaza

O bairro não é turístico, mas eu o achei muito charmosinho. No entorno do Ramada Hotel havia padarias, restaurantes, truck de comida, casa de vinho e redes como Dunkin´ Donuts e Subway.

Uns destes lugares foram bem providenciais algumas vezes em nossos dias na cidade de Nova York.

Hospedagem em Nova York

Long Island City

O quarto no Ramada Hotel

O quarto era muito amplo. Tinha cara de antigo, mas de um passado apenas recente, que já viu dias melhores, mas hoje é apenas adequado.

Cama confortável, muitos travesseiros. Bancada ampla de trabalho, TV, mesinha de cabeceira de um lado e um armário pequeno com cabides.

Cômoda com vários gavetões e frigobar. Tinha até uma cafeteira que me deixou muito feliz quando vi, mas que terminei não usando, já que no café da manhã havia muito café.

As luzes eram sempre indiretas, o que deixava o quarto quase sempre na penumbra. Havia wi-fi for free que funcionou muito bem.

À noite, a escuridão no quarto era total e absoluta, o que muito me agradava.

Havia calefação que ligamos nos dias mais frios e funcionou perfeitamente.

Crítica: piso acarpetado. Não gosto! Prefiro os pisos frios que considero mais higiênicos.

Hospedagem em Nova York

Cama ampla, confortável com um armário de um lado e mesinha de cabeceira do outro

Hospedagem em Nova York

Bancada de trabalho

Hospedagem em Nova York

Tv, frigobar e cômoda

O banheiro

O banheiro também era amplo, com chuveiro bom e forte. A pia, contudo, não tinha bancada para apoiar produtos de limpeza e cosméticos.

A cortina do box era de plástico.

As toalhas foram trocadas todos os dias e eram de suficiente qualidade. Como amenities o hotel nos deu xampu e sabonete de pedra, daqueles pequeninos.

Pudemos beber água da torneira. Eu adoro esta facilidade.

Hospedagem em Nova York

O banheiro do Ramada Long Island City

Higiene

O quarto e banheiro eram limpos diariamente. Contudo, todavia, a limpeza não era exatamente primorosa. Não que os ambientes ficassem sujos, mas tampouco ficavam limpíssimos. Alguma coisa meio do caminho.

Como li em diversas fontes que a limpeza americana deixa mesmo a desejar, deixei passar.

Tomadas

Hospedagem em Nova York

Tomada americana

Havia tomadas suficientes no quarto, mas, naturalmente, estilo americano. Como só tínhamos levado um adaptador, fomos revezando a carga dos aparelhos eletrônicos. Funcionou, mas esteve longe do ideal.

Na recepção não havia adaptadores para emprestar aos hóspedes.

 

Belo amanhecer

Hospedagem em Nova York

Lindo amanhecer em Nova York

De nosso quarto vimos belos amanheceres! Sensacionais. O céu de Nova York pintado com belas e intensas cores de vermelho e laranja, formando cenários extraordinários. Acordávamos cedo e ficávamos encarapitados na janela observando este maravilhoso presente do outono de Nova York.

O movimento na rua começava muito cedo, mas o ruído não me incomodou em nenhum momento.

Café da manhã

Hospedagem em Nova York

Delícias no café da manhã do Ramada Hotel: café, iogurte, doughnut colorido, ovos e manteiga

Hospedagem em Nova York

Sala do café da manhã lotado

O café da manhã estava incluído em nossa hospedagem em Nova York. Uma vantagem!

Era modesto, mas me atendeu perfeitamente. Estilo buffet oferecia café, suco, leite, cereais, banana, iogurte, salsicha, ovo em formato de panqueca, manteiga, geleia, mel, pasta de amendoim, pães e o deus dos deuses no quesito delícia: doughnuts coloridos.

Viciei nestas delícias.

Durante todo o tempo que estivemos no hotel ele esteve bem movimentado. Durante a maratona ele esteve lotado.

O espaço para o desjeum é bem pequeno e nos dias mais cheios as pessoas se acomodavam onde era possível, nas escadas, na bancada da recepção onde ficavam os folhetos – nosso preferido, quando não havia mesa – e algumas pessoas levavam a comida para o quarto.

Resumo da ópera intitulada hospedagem em Nova York

Hospedagem em Nova York

Feliz no Ramada Hotel

No final das contas, o Ramada Hotel Long Island City foi uma boa escolha de hospedagem em Nova York, mesmo localizado no Queens e não em Manhattan.

Não atrapalhou em nada nossa programação nos 15 dias que passamos na cidade.

Se um dia voltar à Nova York e os valores das diárias compensarem, me hospedo no Ramada novamente, feliz da vida.

Endereço do Ramada Hotel Long Island City: 38-30 Crescent St, Long Island City

Quer saber como ir do aeroporto de Newark até a cidade de Nova York?! Então clica no link bem aqui abaixo!Cais da Ilha de Genebra

+ Do aeroporto de Newark até a cidade de Nova York

Venha espiar este mundão lindo comigo pelas redes sociais. 

Siga o Espiando pelo MundoFacebookInstagramTwitter e Google+

Escolher #hospedagem em Nova York não é fácil. Ofereço-te uma sugestão de hotel na #cidade. #viajar #novayork #espiandopelomundo #viajantesempressa            Escolher #hospedagem em Nova York não é fácil. Ofereço-te uma sugestão de hotel na #cidade. #viajar #novayork #espiandopelomundo #viajantesempressa

Clicando em qualquer uma das duas imagens logo aqui acima Cais da Ilha de Genebraesta hospedagem em Nova York  ficará guardada em seu perfil no  Pinterest. 🙂

Para mais inspirações e histórias de viagem siga o perfil do Espiando pelo Mundo no Pinterest.

 

Hospedagem em Nova York

Se você, meu caro viajante, gostou desta sugestão de hospedagem em Nova York, compartilhe em suas redes sociais para que os amigos leiam e se deliciem também! 🙂 

Os botões de compartilhamento estão aqui abaixo.

Cais da Ilha de Genebra

 

By |2018-03-07T01:04:48+00:0006/02/2018|Categories: Américas, Estados Unidos, Nova York|Tags: |4 Comentários

4 Comments

  1. Deisy Rodrigues 10/02/2018 em 08:53 - Responder

    Dica de hospedagem em cidades que são caras é sempre ótimo e gostei bastante do Ramada, bem confortável e perto do metrô, que mesmo não estando no local mais badalado facilita demais a locomoção.

    • Analuiza Carvalho 10/02/2018 em 11:35 - Responder

      oi Deisy… eu também gosto muito, pois escolher hospedagem em local que a gente não conhece é difícil né?! Ler sobre as opções e experiências de outros viajantes sempre nos ajudam em nossas próprias escolhas. Concordo: quando não podemos ficar em locais mais centrais, ter um metrô por perto ajuda muuuito. 🙂 bjus

  2. Gisele Prosdocimi 18/02/2018 em 17:22 - Responder

    Oi, Ana, adorei sua dica, escolher hospedagem em conta em NY é de doer os bolsos mesmo. Mas a cidade vale a pena algum investimento, mesmo que ficar no Queens. Boa alternativa, ficaria lá de boa também.

    • Analuiza Carvalho 18/02/2018 em 21:36 - Responder

      oi Gisele… penso o mesmo atualmente! Nova York vale mesmo algum investimento embora seja uma cidade com tantas possibilidades que até dá para equilibrar o bolso! Agora no quesito hospedagem foi difícil mesmo! Mas no final das contas ficar no Queens foi ótimo! Pelo menos eu gostei muito! ehehe bj

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.