As ruínas da FORTALEZA de Santo ANTÔNIO em Genebra

A chuva naquela manhã de maio em Genebra havia se intensificado. Nosso destino era o Musee d’Art et Histoire. Enquanto esperávamos ansiosos que a sinaleira fechasse para atravessarmos a rua e nos abrigarmos da chuva no aconchego do museu, um muro de pedras, dentro de um edifício nos chamou a atenção. Eram os restos mortais da antiga Fortaleza de Santo Antônio – Bastion Saint-Antoine  -, um dos lugares mais importantes da velha Genebra.

Eu gosto muito de sítios arqueológicos, pois eles me situam de maneira interessante no passado das cidades, me ajudam a entender um pouco mais sobre as estruturas arquitetônicas de prédios e ruas e consequentemente do desenrolar da antiga vida cotidiana.

Assim, minha alegria foi imensa quando descobrimos este pedaço do pretérito genebrino.

As ruínas da Fortaleza de Santo Antônio

Fortaleza de Santo Antônio

As ruínas da Fortaleza de Santo Antônio

As escavações arqueológicas que descobriram a Fortaleza de Santo Antônio foram realizadas entre os anos de 2012 e 2015. Restos de várias civilizações, de variados séculos foram encontrados, entre eles mais de 300 túmulos datados entre os séculos IV e XVI.

Tivemos acesso apenas a uma minúscula parte dessas ruínas, fragmentos das fortificações do século XVI. Pudemos caminhar entre os restos sobreviventes da Fortaleza de Santo Antônio e isso me fez sentir que voltava efetivamente ao passado.

As ruínas estão do outro lado do Museu de Arte e História, onde hoje funciona um edifício garagem. Ali era a velha Genebra e a Fortaleza Saint-Antoine defendia sua parte oriental. O local onde está situado o museu, que não existia à época, ficava fora dos limites da cidade.

Havia uma enorme plataforma onde eram alojadas peças da artilharia de maneira a manter os inimigos longe da vila.

Havia ainda outro bastião de defesa, o Mollet, datando de 1527 e um fosso também utilizado na defesa da Genebra antiga.

Do lado norte, tinha-se uma bela vista, considerado por muitos, como uma das mais belas de todo o continente europeu.

A velha Genebra

Fortaleza de Santo Antônio

Pudemos caminhar entre os restos da Fortaleza de Santo Antônio

A Rua de Chaudronniers antiga Rue de Saint-Antoine era uma das veias da cidade àquela época. Aí havia uma capela dedicada a Santo Antônio construída no século XIII, que já não existe.

O atual Palácio da Justiça, antigo convento das Clarissas, transformado em hospital pela Reforma e o Collège Calvin, fundado em 1559, ficavam dentro da antiga vila, na velha Genebra.

Após a Reforma Protestante, a cidade remodelou o ensino que passou não só a ser obrigatório como também gratuito e assim foram fundados o colégio e a academia (atual Universidade de Genebra). Teodore de Beza, um dos nomes fortes do movimento religioso em Genebra e sucessor de Calvino, dirigiu o colégio.

O poeta argentino Jorge Luis Borges, nas primeiras décadas do século XX, estudou no Colégio Calvino.

Claro que gostaria de degustar muito mais desse passado genebrino através de remanescentes muros de pedra e edifícios, ainda que distantes do que foram um dia, mas esse pequeno aperitivo já me deixou muito satisfeita, pois entendi um pouco mais do passado dessa tão elegante cidade.

Gosto de conversar com fantasmas.

Atravessamos então o Boulevard Emile-Jaques-Dalcroze e entramos no Museu de Arte e Historia.

O acesso às ruínas da antiga Fortaleza de Santo Antônio é gratuito.

Se gostou do texto, compartilhe em suas redes sociais para que os amigos leiam e se deliciem também! 🙂 

Quer conhecer outro marco da Reforma Protestante em Genebra?! Então clica no link bem aqui abaixo!

Cais da Ilha de Genebra

+ Muro dos Reformadores

Venha espiar este mundão lindo comigo pelas redes sociais:

Siga o Espiando pelo Mundo no FacebookInstagramTwitter e Google+

As ruínas da Fortaleza de Santo Antônio recontam um pouco do passado da cidade de #Genebra na #Suíça. Visita ótima para quem adora um sítio arqueológico. #viajar

 

 

Clicando na imagem ao lado as ruínas da Fortaleza de Santo Antônio ficarão guardadas em seu perfil no Pinterest. 🙂

Para mais inspirações e histórias de viagem siga o perfil do Espiando pelo Mundo no Pinterest.

By |2018-03-07T01:05:24+00:0007/12/2017|Categories: Genebra|Tags: |0 Comentários

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.