Em VOLENDAM para ver o POR do SOL:

O dia já começava a dizer tchau para nós em Edam, mas ainda havia luz no horizonte e então resolvemos parar em Volendam para ver o por do sol. Para isso, usamos o mesmo bilhete que nos levou de Amsterdam até Edam e pegamos o mesmo ônibus na mesma parada. Ele não demorou a chegar.

Em Volendam para ver o por do sol

As lindas casas de Volendam

Em Volendam para ver o por do sol

Para todo canto que olhemos, Volendam exala beleza

Casas em Volendam que se debruçam sobre o canal

Casas em Volendam que se debruçam sobre o canal

Certa bagunça discreta em Volendam

Certa bagunça discreta em Volendam

Volendam - Carrinho de sorvete

Volendam – Carrinho de sorvete

Os barcos atracados no pier em Volendam

Os barcos atracados no pier em Volendam

Léo, eu e Volendam

Léo, eu e Volendam

Calçadão que margeia o pier em Volendam

Calçadão que margeia o pier em Volendam

Volendam em 180 graus

Volendam em 180 graus

Volendam é uma antiga vila de pescadores, fundada no século XIV, situada 20 quilômetros, mais ou menos, ao norte da capital holandesa, na orelha do rio IJsselmeer. Não tivemos muito tempo para explorar a cidade, mas o pouco que vimos foi suficiente para comprovar a beleza da região.

Ela se mostrou um pouco mais colorida que Edam, com certa bagunça discreta. Ao desembarcar, seguimos direto para o pier e as cores estavam lindas. Lá encontramos barcos ancorados, pequenos e charmosos restaurantes, carrinho de sorvete e lojas.

Caminhamos ao longo do calçadão: havia vento e fazia muito frio. Poucas pessoas circulavam e alguns estabelecimentos estavam fechados. Fomos até o outro lado do dique sem nenhuma outra intenção além de apreciar a venustidade do cenário.

Restaurant de Lunch em Volendam

Restaurant de Lunch em Volendam

Restaurant de Lunch em Volendam

Restaurant de Lunch em Volendam

Léo, uma pizza, uma cerveja e Volendam

Léo, uma pizza, uma cerveja e Volendam

Em Volendam para ver o por do sol

Frio em Volendam: só descalcei as luvas para comer

Em Volendam para ver o por do sol

Pizza em Volendam: deliciosa

Em Volendam para ver o por do sol

A natureza dá espetáculo em Volendam

Em Volendam para ver o por do sol

Restaurant de Lunch em Volendam

Em Volendam para ver o por do sol

Nos despedimos de Volendam com esse belo cenário

Paramos no Restaurant de Lunch (Haven 96, 1132) para um lanche. Pedimos pizza no balcão e sentamos para comer de frente para o pier, observando o horizonte e sua mudança sutil de cores, que nos oferecia um espetáculo de encher os olhos e deixar a alma em festa, enquanto comíamos (3,50 euros to go e 4,00 euros to eat in).

A pizza estava ótima e o local, mesmo frio (eu só tirei as luvas para comer e minhas mãos quase congelaram) estava aprazível, porque o visual à nossa frente valia muito enfrentar a temperatura baixa e o vento.

Minha ceia comprada no Albert Heijn to go

Minha ceia comprada no Albert Heijn to go

Em Volendam para ver o por do sol

Schiphol Airport onde pegamos o shuttle para o hotel

Para voltarmos à Amsterdam, fizemos o mesmo caminho de volta: o mesmo ônibus, na mesma parada em Volendam para Amsterdam Centraal Station. Aqui compramos um bilhete de 3,90 euros com destino ao Schiphol Airport.
No aeroporto compramos um lanche na rede de mercados Albert Heijn, que fez parte de toda nossa temporada no país: um iogurte grego mais uma salada pronta para ser consumida por 5,00 euros no total. No trem Estação Central de Amsterdam – Aeroporto nós tivemos que apresentar nossos bilhetes ao ferromoço.
Em Schiphol, pegamos o shuttle for free para o Ibis.
Nós visitamos a Holanda em Outubro de 2013.
By |2018-03-07T00:58:17+00:0007/11/2013|Categories: Volendam|Tags: , |2 Comentários

2 Comments

  1. Klécia Cassemiro 10/11/2017 em 12:03 - Responder

    Ana, deu pra combinar Edam e Voledam em um dia? Acho que eu ia querer explorar mais essa pequena cidade com esse pier tao lindo! Ah, tempo que me falta nessas viagens hahahah

    • Analuiza Carvalho 17/11/2017 em 12:06 - Responder

      Não… se eu voltasse hoje, separaria, justamente pelo que você comentou. Embora ambas as cidades sejam muito pequeninas, para explorar, sentir, observar, descobrir, é preciso tempo.

      À época, contudo, era uma unanimidade combinar as duas cidades. Quando chegamos a Volendam, não vimos muito, pois já estava anoitecendo. Fomos no Outono. Você, que irá na primavera, sugiro visitar cada uma das cidades em dias separados. Terá mais luz e encontrará locais abertos que eu já encontrei fechados. beijinhos

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.