São PETERSBURGO: a CIDADE construída sobre OSSOS

Chegamos à cidade de São Petersburgo em uma manhã clara e ensolarada de um domingo de verão russo. Apesar da estação do ano e do sol brilhando no céu, não posso dizer que estava exatamente calor. No máximo, a temperatura estava agradável, mas exigia um casaco.

São Petersburgo foi a segunda cidade que nós visitamos na Rússia. A primeira foi sua capital Moscou, onde passamos 3 maravilhosos dias.

A atmosfera na cidade de São Petersburgo

A cidade de São Petersburgo

A cidade de São Petersburgo e o Rio Neva

Foi fácil perceber que a atmosfera na cidade dos czares era bem diferente daquela que sentimos em Moscou. A capital russa apesar de amigável e muito receptiva, simpática e calorosa, tinha clima mais sisudo e bem mais urbano.

Já em São Petersburgo eu percebi um clima mais informal e descontraído. Fiquei a pensar, matutar, se o responsável por este ar mais jovial e aparentemente mais despreocupado era responsabilidade dos 28 quilômetros do belo Rio Neva que passam pela cidade.

Também em Peters as pessoas foram simpáticas e acolhedoras conosco, mas, por incrível que pareça, achei os moscovitas mais cordiais, risonhos e adoráveis que os russos que cruzaram nosso caminho em Petersburgo. Isso me pareceu um enorme contrassenso, uma vez que senti a cidade de São Petersburgo mais alegre, despojada, relaxada.

Na antiga capital dos czares, foi possível encontrar mais informações em inglês, assim como um pouco mais de pessoas falando a língua dos viajantes, mas não muito mais que em Moscou. Também aqui, a comunicação principal se deu através de bastante mímica e enorme paciência, além de certo senso de aventura.

A cidade construída sobre ossos

A cidade de São Petersburgo

A Fortaleza de Pedro e Paulo – onde nasceu a cidade de São Petersburgo

A cidade de São Petersburgo

Pelas ruas de São Petersburgo

A cidade de São Petersburgo

A cidade de São Petersburgo

São Petersburgo, a segunda maior cidade do país, é tão espetacular quanto Moscou. Linda, imponente, grandiosa, abriga preciosidades arquitetônicas, museus e igrejas fabulosas. Pelas ruas observamos prédios cheios de dignidade e faustosos. Lá percebemos fortemente a presença dos czares que deixaram marcas profundas na aparência da urbe.

A cidade de São Petersburgo é altiva!

Fundada por Pedro, o grande, em 1703, ela impressiona não importa para que lado nós olhemos ou de que ângulo estejamos posicionados. Foi capital do Império Russo até a Revolução Vermelha.

Esta área era dominada pelos suecos quando Pedro a conquistou construindo a Fortaleza de Pedro e Paulo, ponto de partida para o nascimento de São Petersburgo. A fortaleza existe até hoje, pode e deve ser visitada.

Estima-se que mais ou menos 30 mil pessoas pereceram durante a construção desta magnífica e espetacular cidade por conta das duras condições de trabalho. Por conta disso, Peters também é conhecida como “A cidade construída sobre ossos”.

Inspirações para a construção de Peters

Dizem que o czar inspirou-se em capitais europeias como Amsterdam (Holanda) e Londres (Inglaterra) para definir o design de sua nova cidade. Para povoar Petersburgo, Pedro I obrigou as pessoas a se mudarem para lá sob penas variadas, caso se recusassem, como perda de títulos e terras, por exemplo.

Caminhar pela Nevasky Prospect, principal rua da antiga Leningrado, planejada por Pedro, é um programa agradabilíssimo

A cidade já teve muitos nomes: Petrogrado em 1914, Leningrado em 1924 e novamente São Petersburgo em 1991 com o fim da União Soviética.

Um Domingo Sangrento e o Cerco de Leningrado: mais mortes na dura história da cidade de São Petersburgo

A cidade de São Petersburgo

O Museu Hermitage em São Petersburgo

O passado da cidade foi mesmo pesado, cheio de fatos difíceis, terríveis e cruéis que custaram vidas e mais vidas de seus cidadãos, manchando sua história de muito sangue!

São Petersburgo foi palco do Domingo Sangrento: tropas do czar Nicolau II, em 1905, abriram fogo contra uma multidão que protestava contra as horrorosas condições de trabalho nas fábricas e indústrias da cidade. O episódio aconteceu em frente ao Palácio de Inverno que hoje abriga o Museu Hermitage, outro lugar a ser visitado por lá.

Pobreza, péssimas condições de trabalho, repressão: terreno fértil para a Revolução de Outubro que acabou com o czarismo tornando a Rússia um país comunista.

Durante a Segunda Guerra Mundial São Petersburgo foi alvo de ofensiva da Alemanha nazista denominada Operação Barbarossa, que culminou com o longo e terrível Cerco a Leningrado acarretando a morte de milhares de pessoas: de fome, frio e doenças variadas.

Historiadores calculam que mais de 1 milhão de pessoas morreram durante o cerco e que houve números expressivos e significativos de canibalismo.

Atualmente, caminhando pela extraordinária cidade de São Petersburgo, é impossível imaginar seu passado tão duro, manchado de tanto sangue e sofrimento. O que vemos hoje é apenas beleza, embalada pelo som de risos, especialmente dos mais jovens.

Seu metrô é também bonito e funcional embora consideravelmente mais simples que as extraordinárias estações do metrô de Moscou.

Chegamos à Peters de trem em uma viagem maravilhosa pela ferrovia transiberiana

A cidade de São Petersburgo

Chegando em São Petersburgo de trem

Nós chegamos a Peters de trem. Viajamos durante toda a noite pela ferrovia transiberiana – experiência maravilhosa – chegando à cidade czarista pela manhã.

Da estação de trem fomos caminhando (menos de 1 km) até o Ibis Hotel Centro, onde ficamos hospedados.

Quer saber como foi viajar pela ferrovia transiberiana?! Clica no link bem aqui abaixo para saber!

Cais da Ilha de Genebra

+ De Moscou à São Petersburgo de trem pela ferrovia transiberiana

Literatura relacionada: As Madonas de Leningrado.

Venha espiar este mundão lindo comigo pelas redes sociais. 

Siga o Espiando pelo MundoFacebookInstagramTwitter e Google+

A #cidade de São Petersburgo na #Rússia é extraordinária. Sua beleza é evidente, ostensiva exuberante! A cidade é dona de um passado duro, sangrento e de belos cenários e preciosidades arquitetônicas. #viajantesempressa #viajar #pelomundo #europa #espiandopelomundo #saopetersburgo                A #cidade de São Petersburgo na #Rússia é extraordinária. Sua beleza é evidente, ostensiva exuberante! A cidade é dona de um passado duro, sangrento e de belos cenários e preciosidades arquitetônicas. #viajantesempressa #viajar #pelomundo #europa #espiandopelomundo #saopetersburgo

Clicando em qualquer uma das duas imagens logo aqui acima Cais da Ilha de Genebrao texto a cidade de São Petersburgo na Rússia  ficará arquivada em seu perfil no  Pinterest. 🙂

Para mais inspirações e histórias de viagem siga o perfil do Espiando pelo Mundo no Pinterest.

 

A cidade de São Petersburgo na Rússia

Se você, meu caro viajante, gostou de conhecer um pouco da cidade de São Petersburgo na Rússia, compartilhe em suas redes sociais para que os amigos leiam e se deliciem também! 🙂 

Os botões de compartilhamento estão aqui abaixo.

Cais da Ilha de Genebra

By |2018-03-07T00:57:51+00:0006/08/2015|Categories: Europa, Rússia, São Petersburgo|Tags: |20 Comentários

20 Comments

  1. Carla Mota 02/03/2018 em 09:02 - Responder

    Adoro São Petersburgo. Para mim é uma das cidades mais bonitas do mundo. É deslumbrante. Não vejo a hora de voltar.

    • Analuiza Carvalho 02/03/2018 em 15:52 - Responder

      oi Carla, embora tenha preferido Moscou, também achei São Petersburgo belíssima, deslumbrante mesmo! 🙂

  2. VICTORIA M FARINA 02/03/2018 em 09:06 - Responder

    UAL, que post interessante. A Rússia é um país muito particular, ne? Temos muita vontade de conhecer e espero que seja em breve. Obrigada pelas dicas e relato!

    • Analuiza Carvalho 02/03/2018 em 15:53 - Responder

      Sim, Victoria… A Rússia é mesmo um país que impressiona muito e São Petersburgo é esplendorosa. Tomara que um dia vocês a conheçam de perto. 🙂 bj

  3. Anna Luiza Santiago 02/03/2018 em 13:53 - Responder

    Ah, a Rússia e seus encantos. Essa viagem deve ter sido encantadora. Não sabia muito sobre São Petersburgo. Adorei o post.

  4. Amilton Fortes 04/03/2018 em 11:09 - Responder

    Uau, que delícia deve ser visitar San Petesburgo. Já ouvi falar muito da cidade, mas nunca tinha lido nada sobre ela, foi ótimo saber um pouco mais. Dizem que essa viagem pela transiberiana é demais, né? Mal posso esperar pelo dia em que irei viver essa aventura. Abs

    • Analuiza Carvalho 04/03/2018 em 22:09 - Responder

      oi Amilton… eu gostei demais de viajar pela transiberiana e sim, Petersburgo é uma cidade deliciosa e que impressiona muito aos seus visitantes! 🙂 Tomara um dia você viva tudo isso!!! 🙂

  5. Ruthia 04/03/2018 em 11:13 - Responder

    Quem olha para esse lindo edifício do Hermitage (um dos lugares onde quero, absolutamente, ir antes de morrer), não consegue conceber tamanha carnificina. Tanta beleza estimula a reflexão, a tranquilidade… como sabermos a história de um lugar muda a nossa perspectiva sobre ele.
    Apesar de tenebroso, acho o seu título muito pertinente!
    Prossigo virtualmente nesta viagem, à boleia das suas palavras.
    Beijinho

    • Analuiza Carvalho 04/03/2018 em 14:52 - Responder

      oi Ruthia… que delícia saber que estás espiando pelo mundo comigo, viajando pela Rússia. Hermitage era um lugar que eu tinha muita expectativa e o edifício superou e muito a minha imaginação! Toda Petersburgo me surpreendeu muito. Contudo, sua história tem mesmo muito sangue e sobrevivência envolvidos. Tomara um dia você visite e me conte suas sensações e impressões. beijinhos

  6. Leo Vidal 04/03/2018 em 20:33 - Responder

    A impressão que eu tenho é que Sao Petersburgo deve ser uma cidade mais interessante que Moscou.

  7. Um destino que pouco conhecia e aprendi algumas coisas no seu post. Também não imaginava essa história da cidade construída sobre ossos, muito esclarecedor. A Rússia tem encantos que precisamos conhecer, obrigada pela inspiração.

    • Analuiza Carvalho 05/03/2018 em 10:39 - Responder

      oi Fabíola… Rússia tem mesmo muitos encantos, beleza, cultura… mais que isso o país tem uma história muito forte. Fico feliz que tenha aprendido um bocadinho aqui no Espiando pelo Mundo. bj

  8. Roberta Lan 06/03/2018 em 22:38 - Responder

    Aeeeeeeee, saiu o texto de S. Petersburgo!!! Se tudo der certo, tô indo pra lá esse ano. Já tô acompanhando tudo por aqui!!! <3

  9. angela sant anna 14/03/2018 em 06:37 - Responder

    eu nem lembrava do cerco de leningrado e nao imaginei q as consequencias foram tantas..triste imaginar q muita gente se voltou para o canibalismo para poder sobreviver

    • Analuiza Carvalho 14/03/2018 em 16:30 - Responder

      Eu também acho este mais um dos muitos momentos tristes, duros e lamentáveis da história da humanidade! 🙁

  10. Edson Amorina Jr 15/03/2018 em 05:55 - Responder

    Que post lindo. Nossa, foi pesado o passado de construção da cidade. Nós ainda não fomos mas queremos muito ir para a Russia e seus posts sempre nos animam mais.

    • Analuiza Carvalho 15/03/2018 em 12:42 - Responder

      Que bom saber que os textos do Espiando pelo Mundo te inspiram Edson! São Petersburgo é magnífica, mas de fato tem um passado muito duro, como aliás, muitas outras cidades espalhadas por este mundo.

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.