Onde COMER em ÉVORA, Portugal?! Numa CHOUPANA que serve um BANQUETE

Uma Choupana em Évora que nos serviu um banquete. Uma experiência gastronômica marcante, onde sabores, palavras, sorrisos e simpatia se misturaram e se grudaram em nossa alma. Começava muito bem nosso relacionamento com a pequena cidade museu.

Um restaurante pequeno, mas com dois ambientes. Casa tipicamente portuguesa, onde numa sala havia mesas e cadeiras, não muitas, tudo lindamente arrumado, com decoração acolhedora. Em outro, o balcão e toda a alma daquela Choupana em Évora. Foi ali que nós ficamos.

Um bom lugar para um almoço gostoso

O lugar, que atende pelo nome de A Choupana, tinha acabado de abrir as portas para o almoço. Ainda tivemos que esperar uns minutos para sermos atendidos. Havíamos chegado naquela manhã em Évora, vindos de Sintra. Fizemos este trajeto de trem, descemos na pequeníssima estação e caminhamos até o hotel.

Uma Choupana em Évora

Restaurante A Choupana em Évora, Portugal

Desembaraçados da burocracia, sentimos fome e buscamos algum lugar para almoçarmos. Saímos andando, deixando que o acaso nos guiasse: o destino nos conduziu muitíssimo bem, pois quando passamos em frente ao Restaurante A Choupana, ficamos.

Digo que gostamos tanto desde lugar despretensioso que nos serviu um banquete que não só almoçamos como também voltamos à noite neste mesmo dia, para a janta. O lugar, apesar de pequeno, despojado, tinha um delicioso ar familiar. Acho que por isso me agradou tanto. Além de nós, tanto no almoço como no jantar, somente moradores comiam no local.

Uma Choupana em Évora

Tudo lindamente arrumado no restaurante A Choupana em Évora, Portugal

O almoço

No almoço nós optamos pelo menu do dia ao custo de 7 euros. Incluiu pão, prato do dia (havia duas opções para escolhermos) uma bebida e um café. Eu estava mesmo no céu. Por 12 euros, a sopa e sobremesa eram incluídas e havia mais opções de pratos do dia. O menu do dia só é servido no balcão.

A comida em Évora parece comida de vó, de mãe. Eu acho que me senti tão em casa nesta cidade porque me despertou as melhores memórias afetivas.

Nós escolhemos entrecosto com repolho – uma espécie de picadinho de porco com chouriço, repolho, cenoura, couve e feijão carioca. Estava maravilhoso! Minha mãe fazia um prato muito parecido com este e bateu um saudosismo sem tamanho! A bebida, claro, vinho da casa.

Uma Choupana em Évora

Atendimento cheio de generosidade, eficiência e sorrisos

Uma Choupana em Évora

Entrecosto com repolho e vinho da casa no restaurante A Choupana

Leo e eu dividimos uma sobremesa de nome encharcada que custou 3 euros. Uma quantidade generosa do que parecia aos olhos uma cocada bem amarela, mas com gosto de pastel de nata: ovos, canela e açúcar. Uma combinação simples com um resultado delicioso.

Eu não sou uma pessoa adepta de doces, mas a doçaria portuguesa me pegou pelo pé, rodopiou e me deixou caída de amores. Acho que a razão é que suas iguarias não são tão doces. A encharcada contudo, fugiu a este padrão o que me fez não colocá-lo na lista de doces amados. Não fosse por este detalhe, seu sabor teria sido marcante e muito interessante.

O atendimento foi extremamente simpático. Não faltaram risos, brincadeiras, explicações sobre os pratos, sugestões e garantia de sabores. Foi desses momentos triviais que a gente deseja que nunca se acabe!

Essa Choupana em Évora me desarmou!

Uma Choupana em Évora

Enxarcada com café para encerrar um almoço delicioso na Choupana em Évora Portugal

O jantar

O que nos levou de volta ao jantar, além da boa comida, simpatia e ambiente agradavelmente informal foi o cozido. Eu amo cozido! Minha mãe faz divinamente. Eu estava muito curiosa sobre o sabor do cozido português e o garçom simpático garantiu que era maravilhoso! Acreditamos nele!

Assim como em Salvador, minha cidade natal, os restaurantes têm o dia do cozido, que na Choupana era toda quarta. Não podia perder de jeito e maneira!

O restaurante abria para o jantar, segundo nos informaram por lá, às 19 horas. Chegamos pontualmente neste horário (esganados que somos por este prato), mas às 19:10 a cozinha ainda se preparava. Horário em Portugal, pelo que pude notar, funciona da mesma maneira que em Salvador: como uma mera orientação banal e sem uma relevância assim tão significativa.

O mesmo garçom que nos atendeu durante o dia, nos atendeu à noite. Ele mantinha o mesmo sorriso, presteza e gentileza.

Pedimos então nosso cozido: 1 para 2 conforme sua orientação, que aqui chama-se cozido de grão alentejano e nos custou 10 euros. Similar na essência, mas com profundas diferenças do cozido soteropolitano. O garçom nos ensinou como se come à maneira alentejana.

Primeiro colocamos o pão no prato. Só então sobrepomos a cenoura, vagem, grão de bico, batatas pequenas, para na sequência botarmos as carnes e linguiças. O sabor é muito bom, mas a textura do pão molhado não me agradou (ele não existe no cozido que fazemos por aqui). Então, nos segundos e terceiros pratos (não pude evitar a gula e repeti com gosto), comi o pão direto, com a mão sem pôr no caldo.

Para acompanhar, uma taça de vinho da casa. Após este jantar dos deuses, o garçom simpático nos ofereceu como cortesia um digestivo muito gostoso! Como não amar este país que me proporcionou tantas deliciosas experiências?!

Uma Choupana em Évora

Um digestivo como cortesia

Nem preciso dizer que depois desse banquete eu saí rolando desta Choupana em Évora né?! Foi uma inesquecível experiência gastronômica! Ainda bem que tínhamos umas boas ruas tortuosas para caminharmos de volta ao hotel aproveitando aquela noite muito agradável na receptiva e acolhedora Évora.

Informações adicionais

Uma Choupana em Évora

Uma Choupana em Évora, Portugal: porta de entrada

Endereço: R. dos Mercadores 20

Horário de funcionamento: 08:00 às 02:00

Quer saber um pouco mais sobre Évora, a cidade museu?! Então, por favor, clica no link bem aqui abaixo!Cais da Ilha de Genebra

+ Évora, uma cidade portuguesa que guarda lindos tesouros

Venha espiar este mundão lindo comigo pelas redes sociais. 

Siga o Espiando pelo MundoFacebookInstagramTwitter e Google+

              Uma experiência gastronômica sensacional na cidade de Évora em Portugal: cozinha farta, confortável, saborosa. Lugar lindo com cara de casa de vó! Comida local! #gastronomia #cozinha #saboreslocais #portugal #evora #viajar #comida #espiandopelomundo #viajantesempressa

Clicando em qualquer uma das duas imagens logo aqui acima Cais da Ilha de GenebraChoupana em Évora, Portugal ficará guardada em seu perfil no Pinterest 🙂

Para mais inspirações e histórias de viagem siga o perfil do Espiando pelo Mundo no Pinterest.

A Choupana em Évora, Portugal

Se você, meu caro viajante, gostou de conhecer a Choupana em Évora, Portugal, compartilhe em suas redes sociais para que os amigos leiam também! 🙂 

Os botões de compartilhamento estão aqui abaixo.

Cais da Ilha de Genebra

 

By |2018-08-02T18:51:49+00:0002/08/2018|Categories: Europa, Évora, Portugal|Tags: , |10 Comentários

10 Comments

  1. Aurélio 03/08/2018 em 11:43 - Responder

    Olá Ana, mais uma dica para os futuros visitantes da cidade de Évora.
    Para uma ocasião especial (comemoração) e para que tiver tempo e alguns (muitos) €€€€€ ou não tenha qualquer impedimento no aspeto monetário, o templo da gastronomia alentejana na bela cidade de Évora é o restaurante Fialho.
    Consultem o site da internet: https://restaurantefialho.pt/

    Como se diz cá pela terrinha “Dias não são dias”.

    Bjs.
    Aurélio

  2. Gabriela 04/08/2018 em 10:55 - Responder

    Cozido de mãe é campeão…

  3. Douglas 10/08/2018 em 18:40 - Responder

    Que baratinho. Que bom que tem opções econômicas né? Assim dá para de vez em quando caprichar no jantar 🙂

    • Analuiza Carvalho 10/08/2018 em 18:45 - Responder

      Tudo o que é bom e barato a gente curte né?! Foi assim com esta Choupana: comida deliciosa e baratinha. Voltaria mil vezes! 🙂

  4. Gabriela Torrezani 11/08/2018 em 08:01 - Responder

    Que delícia! Quando achamos um restaurante maravilhoso assim tem mesmo é que voltar pra janta! hahaha como eu sou uma formiga e adoro coisas bem doces, fiquei com vontade de provar a encharcada…

    • Analuiza Carvalho 11/08/2018 em 13:45 - Responder

      Nem me fale Gabi, que quando lembro fico com água na boca! Pois então você adoraria a encharcada! Experimente na primeira oportunidade! 🙂 bjinhos

  5. Dhebora 11/08/2018 em 13:17 - Responder

    Fiquei com água na boca só de ler o seu post! haha… Além da comida estar com uma cara maravilhosa, achei o preço muito convidativo. Estarei em Portugal em novembro e com certeza vou querer comer um cozido desses!

    • Analuiza Carvalho 11/08/2018 em 13:18 - Responder

      oi Dhebora! Que legal estar em Portugal! Aproveite! Se estiver em Évora vá sim experimentar o cozido português. Bem do tipo bom e barato!!! 🙂 bjinhos

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.