[8 on 8] cenários: quando FICÇÃO e realidade se encontram – cenas e CENÁRIOS de FILMES

No escurinho do cinema, chupando drops de anis, longe de qualquer problema, perto de um final feliz…“, já cantou muitas vezes Rita Lee. Cinema para mim é um dos programas mais legais da vida. Acho cultural, interessante, atraente e sim, muito romântico. Não importa o gênero, desde que seja bem feito. Personagens e cenários de filmes enchem minha imaginação por dias depois que assisto a uma história contada pela sétima arte.

Neste mês de Junho festejamos o dia dos namorados no Brasil. Nada como comemorar esta data assistindo a um bom filme com uma pipoquinha junto com nosso amor, certo?! Eu adoro! Para quem não tem um amor, um filme, seja no cinema, seja em casa, também aquece a alma, quase como ter um love para chamar de seu.

Neste mês  tão romântico, o projeto [8 on 8] traz como tema cenários. Nas imagens estão 8 cenários de filmes, cidades ou locais, que eu já visitei me fazendo reviver cenas que adoro e sentir-me uma personagem de cinema. Muitas emoções!

O projeto [8 on 8]

O [8 on 8] é um projeto coletivo que propõe uma viagem através de imagens que representam um determinado tema definido mês a mês. O recorte de um lugar está intimamente ligado à maneira como os indivíduos olham, sentem e interpretam o mundo a sua volta.

Olhar uma imagem causa um misto de emoções. Imagens são fontes de inspiração e permitem ao seu observador as mais variadas viagens.

[8 on 8] cenários de filmes

  1 – Cartas para Julieta

Cenários de filmes

Siena – cenário de Cartas para Julieta

Eu já perdi as contas de quantas vezes acompanhei Sophie, (Amanda Seyfried) pela Toscana no filme Cartas para Julieta de 2010. O ponto de partida desta linda e fofa história de amor é Verona, a cidade de Romeu e Julieta, para onde Sophie viaja com seu noivo Victor, o maravilhoso Gael Garcia Bernal.

Durante suas andanças pela linda cidade italiana, enquanto Victor trabalha, Sophie descobre as secretárias de Julieta. Elas recolhem e respondem as cartas que inúmeras mulheres deixam na casa da heroína de Shakespeare. Sophie começa a ajudar e encontra uma carta escrita por Claire, a bela Vanessa Redgrave, 50 anos atrás.

Para mim o filme começa justamente aqui com Clair, seu neto resmungão Charlie e Sophie buscando o antigo amor de Clair, Lorenzo. Cenas divertidas e tocantes com a bela paisagem da Toscana desfilando na tela enquanto os três fazem esta road trip.

Uma das cenas mais lindas acontece em Siena, com Sophie e Charlie passeando pela cidade, num primeiro momento amistoso entre os dois, tomando sorvete. Desejei estar ali e estive um tempo depois. Esta tornou-se uma das minhas cidades favoritas na Itália.

2 – Viva, a Vida é uma Festa

Cenários de Filmes

México – cenário de Viva, a Vida é uma festa

Esta animação de 2018 me levou de volta ao México. Miguelito, um menino de 12 anos, só queria cantar. Contudo, desde a fuga de seu tataravô, que abandonou a família, cantar estava proibido!

Inconformado e determinado Miguelito corre atrás de seu sonho, contrariando a família. Na véspera do Dia dos Mortos o menino vai até o museu de La Cruz para pegar emprestado o violão de caveira de seu tataravô: um músico famoso.

É aí que toda a saga de Miguelito começa e nosso fantástico passeio pela mais tradicional e deliciosa festa mexicana tem início. Ele fica invisível para os vivos e vai parar no mundo dos mortos quando os desencarnados se preparam para visitar os parentes em los Días de Los Muertos.

Eu estive no México justamente neste feriado e o passei na cidade de Guadalajara: foi fantástico. É uma festa linda, colorida e cheia de simbolismo, com seus altares espalhados pelas cidades à espera da visita dos entes queridos que já partiram deste mundo físico. Foi um mergulho extraordinário nesta cultura riquíssima. México é um dos países mais espetaculares que já visitei.

3 – Encontros e Desencontros

Cenários de filmes

Shibuya – cenário de Encontros e Desencontros

Eu já assisti a este filme algumas vezes e eu nem sei bem a razão, uma vez que nem morro de amores por ele. Entretanto, ele exerce estranhas, e nenhuma delas muito boa, sensações em mim, que me fazem voltar a ele sempre que nos deparamos.

Em Encontros e Desencontros, um filme de 2004, Bob Harris, personagem do ótimo Bill Murray é um ator famoso e está em Tóquio para gravar um comercial. Na capital japonesa ele conhece Charlotte, a excelente Scarlett Johansson. A dificuldade de dormir, a solidão os une em um estranho e de certa maneira deprimente relacionamento diante daquela indevassável cidade. Suas expressões durante o filme são absurdamente marcantes.

Uma das cenas mais inesquecíveis é aquela em que os protagonistas exploram Tóquio à noite, invadem uma festa, fumam substâncias proibidas e vão a um karaokê cantar clássicos como Pretenders enquanto as luzes da cidade brilham do lado de fora.

Esta exploração noturna se passa no bairro de Shibuya, onde está o famoso cruzamento, um dos mais movimentados e impressionantes do mundo. Tão espantoso quanto a própria cidade de Tóquio que visitei tantos anos depois de ter assistido ao filme pela primeira vez. Fiquei um bom par de horas observando o ballet que os transeuntes encenam em Shibuya.

4 – Harry e Sally feitos um para o outro

Cenários de filmes - Harry e Sally - feitos um para o outro

Nova York – cenário de Harry e Sally – feitos um para o outro

Um filme clássico com uma das cenas mais clássicas do cinema. Este filme de 1989 é atemporal e até hoje um dos meus preferidos. Nem sonhava em um dia conhecer Nova York quando já me deliciava com os diálogos dos personagens de Billy Cristal e Meg Ryan.

Depois de se formarem em Chicago eles se mudam para a cidade de Nova York e de tempos em tempos se esbarram e vão se tornando amigos, contando segredos e compartilhando um com o outro suas vidas.

A cena dos dois em que Sally simula um orgasmo é espetacular. O cenário é a lanchonete Katz. Estive bem aí e me senti entrando no filme, vivenciando aquilo que já tinha visto um sem número de vezes. O local, parado no tempo é muito nova yorkino e portanto, apaixonante!

5 – Com amor, Van Gogh

Cenários de filmes: Amsterdam

Amsterdam: Com Amor, Van Gogh

Esta talvez tenha sido uma das animações mais lindas que já vi em toda a minha existência! Uma ideia brilhante em minha opinião. Um passeio pelas obras do mestre Van Gogh que ganham vida e contexto.

O ano é 1891, 1 ano após o suicídio do pintor. Armand Roulin encontra uma carta destinada a Theo, irmão do artista, que nunca foi entregue. Ele então sai numa jornada investigativa sobre quem havia sido Van Gogh e as razões pelas quais ele havia se matado.

O filme é absurdamente lindo e sensível, tendo como ponto de partida a cidade francesa de Arles.

Eu invadi o mundo do pintor ao visitar seu museu em Amsterdam. Passei um tempo enorme viajando por suas obras, mergulhada em suas cores e perspectivas. Foi a partir daí que eu comecei a gostar da arte e poesia de Van Gogh.

6 – Todo sobre mi madre

Cenários de filmes - Todo Sobre Mi Madre

Cenários de filmes: Barcelona em Todo Sobre mi Madre

Eu gosto deste filme de 1999 e muito. Ele é transgressor, audacioso, sensível e humano. Manuela perde seu filho que morre atropelado aos 17 anos. Ela então vai em busca do pai do menino, Lola, um travesti que não sabe de sua paternidade. Barcelona, assim como as relações humanas, são elementos importantes e constantes nesta história.

Numa das cenas, Manuela vai até a casa de sua amiga Agrado, também um travesti, em busca de abrigo por alguns dias. A casa fica em frente a um dos ícones da cidade catalã e um dos mais bonitos que já visitei: o Palau de La Musica. O prédio é um formidável exemplo do modernismo catalão. Tanto sua face externa quanto sua face interna são absolutamente espetaculares.

7 – Habana Blues

Cenários de filmes: Havana

Cenários de filmes: Havana em Habana Blues

Habana Blues (2005) é um de meus filmes favoritos. Ele, que tem como cenário Havana, a capital de Cuba, me fez desejar a cidade, antes de pisar meus pés ai. A história de dois amigos, dois músicos cubanos, Tito e Ruy, que desejam mostrar sua música para o mundo.

Tito é casado com Caridad e pai de dois filhos. Ruy mora com a avó. Então, em determinado momento surge uma oportunidade de eles irem para a Espanha. Com sentimentos distintos e ambíguos sobre o regime de Fidel Castro,  vamos acompanhando as dúvidas dos dois até a decisão final sobre abandonar ou não o país. Com Habana Blues vivemos um pouco da vida cotidiana de Havana.

Durante muito tempo, antes e depois de visitar Cuba eu cantei algumas músicas da trilha sonora deste filme. Eu fiquei absolutamente enamorada, e algo frustrada, com Havana.

8 – Os Intocáveis

Cenários de Filmes - Os Intocáveis

Cenários de Filmes, Chicago em Os Intocáveis

Outro clássico dos clássicos do cinema. Quantas vezes o vi?! Nem tenho ideia! Foram muitas! Este filme de 1987 com Kevin Costner mostra a Chicago dos anos 30 quando Al Capone, o espetacular Robert de Niro, dominava e mantinha a cidade sob o manto da violência e do terror.

Eliot Ness, o agente federal trava uma luta contra o famoso gângster. Uma das cenas mais famosas do filme é a que se passa na Union Station, aquela do tiroteio e do carrinho de bebê. Arrepiante! Estive em Chicago e na Union Station e a emoção de estar naquele cenário foi intensa!

Fascinantes cenários de filmes

Eu amo a sétima arte. Adoro ver e rever e ver novamente filmes. Adoro assistir a uma boa história. Não tenho preferência alguma por gênero e tenho uma lista bem longa de filmes queridos e amados. Essa lista, contudo, não para de crescer com as nova produções lançadas todos os anos. Que venham sempre mais. Por isso, visitar cenários de filmes é sempre um programa amado quando estou viajando mundo afora.

Se você gostou do tema cenários do Projeto [8 on 8] eu te convido, meu querido viajante, a conhecer os outros blogs participantes e descobrir seus olhares sobre o tema.

Let’s Fly Away, por Lulu – [8 on 8] 1 dia em Verona para sonhar 

Quarto de viagem, por Flávia – [8 ON 8] – Cenários de cinema 

Viajando em 3..2..1.., por Angela – 8 cenários catarinenses para você se sentir em outro país  

Turistando.in, por Juli – 8 cenários de Outlander nas Highlands da Escócia 

Mulher Casada Viaja, por MárciaNova Iorque: filmes que são um roteiro de viagem

O Berço do Mundo, por Ruthia [8 on 8] Cidades cenário

Diário de Polly, por PollyMuseu Karen Blixen 

Quer conhecer outro tema bacana do Projeto [8 on 8]?! Então clica no link bem aqui abaixo!Cais da Ilha de Genebra

+ [8 on 8] Sedutora Nova York de muitas faces

Venha espiar este mundão lindo comigo pelas redes sociais. 

Siga o Espiando pelo MundoFacebookInstagramTwitter e Google+

O projeto coletivo [8 on 8] traz como tema este mês, cenários. O Espiando pelo Mundo abordou os cenários de filmes, aqueles lugares em que vivemos nas histórias contadas pelo cinema e depois os encontramos ao vivo e em cores! #cinema #viajar #espiandopelomundo #viajantesempressa #projeto8on8              O delicioso projeto coletivo [8 on8] aborda o tema cenários. Cenários de filmes, de deliciosas histórias contadas, de cenas clássicas da sétima arte! #cinema #viajar #espiandopelomundo #viajantesempressa #projeto8on8

Clicando em qualquer uma das duas imagens logo aqui acima Cais da Ilha de Genebraos Cenários de filmes  ficarão guardados em seu perfil no  Pinterest. 🙂

Para mais inspirações e histórias de viagem siga o perfil do Espiando pelo Mundo no Pinterest.

Crédito: tanto a foto de capa quanto dos pins são do site Unsplash de autoria, em ordem de aparição de: Timothy Eberly, Chris Lawton e Alexander Andrews.

[8 on 8] cenários: Cenários de filmes

Se você, meu caro viajante, gostou de viajar comigo por estes maravilhosos cenários de filmes, compartilhe em suas redes sociais para que os amigos leiam e se deliciem também! 🙂 

Os botões de compartilhamento estão aqui abaixo.

Cais da Ilha de Genebra

 

By |2018-06-08T11:47:36+00:0008/06/2018|Categories: A Arte de Viajar|Tags: |30 Comentários

30 Comments

  1. -a-do-rei o post. Aquele cenário de Harry e Sally faz parte da minha adolescência, adorei saber que realmente existe.

    • Analuiza Carvalho 08/06/2018 em 16:10 - Responder

      Oi Adriana… fizeram parte da minha também!! A cena no Katz é muito clássica!!!! Agora imagine minha alegria quando estive bem ali, naquele cenário taaaao nova yorkino, exatamente onde Sally desconcertou e deu xeque mate em Harry?! rsrsrs bjs

  2. Ameeeeeii! Adorei as fotos, as inspirações e as várias dicas de filmes que peguei aqui! Mto obrigada por compartilhar! 🙂 seu post ficou DEMAIS! Beijos

  3. Vítor Martins 08/06/2018 em 16:16 - Responder

    Muito bom post!!!tanta coisa boa para fazer neste planeta!!!obrigada pelas dicas

    • Analuiza Carvalho 08/06/2018 em 16:26 - Responder

      oi Vitor… eu adoro viajar de verdade, estar inserida em outros contextos que o não o meu cotidiano, mas amo igualmente viajar pelas histórias contadas pelo cinema. Quando ambos se encontram é o paraíso!! 🙂

  4. Letícia Borges Nunes 09/06/2018 em 20:17 - Responder

    Confesso que não sou muito chegada nos filmes, é mais série mesmo. No entanto, ler o seu post me deu vontade de ver esses filmes, só para sentir o gostinho de ver a cena e lembrar do lugar hahahah. Principalmente Cartas para Julieta. O cenário e a história me intrigaram.

    • Analuiza Carvalho 09/07/2018 em 10:45 - Responder

      oi Letícia… acho que você é a primeira pessoa que me diz não gostar de filmes. Sou tão apaixonada pela sétima arte!!! Estar no cenários de filmes para mim é uma coisa sensacional, uma maneira de reviver histórias queridas assistidas nas telonas! 🙂

  5. Que post tão original… Eu regresse há poucos dias da Indonésia e em Ubud também me senti num filme, o Orar, comer e Amar. É inevitável lembrar dos filmes que gostamos não é? 😉

    • Analuiza Carvalho 06/07/2018 em 09:32 - Responder

      oi Catarina. Inevitável! Acho que se um dia for a Indonésia, fatalmente me lembrarei de Comer, rezar e amar. Em minha opinião, um caso raro em que o filme é bem melhor que o livro. 🙂

  6. Angela Castanhel 12/06/2018 em 12:40 - Responder

    Fala sério, que pessoa mais viajada!! Queria ter conhecido a metade desses cenários ai hahahha. Eu adoro rever fotos também, deve ter sido uma delícia fazer esse post. Adorei!

    • Analuiza Carvalho 06/07/2018 em 09:31 - Responder

      oi Angela… quem dera! Conheço apenas uma nesguinha desse mundão, mas tomara que eu tenha saúde para continuar percorrendo estradas. Foi sim, uma delícia reviver estes cenários: filmes e viagem combinam muito. 🙂 bj

  7. Eloah Cristina 16/06/2018 em 11:41 - Responder

    É tão bacana conhecer e ver de perto cidades e lugares que foram cenas de filmes. Dá para viajar duplmanete.

  8. Camila Neves 16/06/2018 em 22:01 - Responder

    Eu adorei esse post! Filmes são uma maneira incrível de viajar e conhecer lugares novos. Cartas para Julieta então, já assisti mais de dez vezes! Hahaha

    • Analuiza Carvalho 03/07/2018 em 11:52 - Responder

      Então somos duas Camila… Já perdi as contas de quantas vezes vi e revi Cartas para Julieta! bj

  9. Katarina 23/06/2018 em 06:30 - Responder

    Que demais!! Sou apaixonada por cinema e por viagens, então é uma forma de unir as duas coisas. Adorei o post!

  10. Aline Aguiar 03/07/2018 em 22:41 - Responder

    Que post maravilhoso!!!! Adoro viajar através das telas de cinema! Da sua lista só me falta visitar pessoalmente Havana e Chicago!

  11. Juliana Moreti 10/07/2018 em 18:00 - Responder

    Concordo com vc, Aninha! “Com amor, Van Gogh” é uma das animações mais lindas que já! De uma criatividade imensa! E sabe que nunca associaria “Cartas para Julieta” com Siena? Vi faz tanto tempo…. e confesso que me interessei mais pelo Gael Garcia e por Verona que pelo filme em si
    hehehehehehe

    • Analuiza Carvalho 18/07/2018 em 10:34 - Responder

      Não é mesmo uma lindeza Com amor, Van Gogh?! Eu achei absurdamente sensível. Lindo. Concordo que um filme com Gael Garcia, ele rouba a cena, mas acho Cartas para Julieta uma fofura e a cena deles dois em Siena é muito lindinha! bj

  12. Marcia Picorallo 12/07/2018 em 15:58 - Responder

    Ana, que seleção bacana de filmes, alguns ainda não vi, outros já vi várias vezes, como Harry e Sally e Os Intocáveis. Amei Com Amor, Van Gogh, e o último destes a que assisti foi a animação a Vida é uma Festa, que provoca vontade de ir ao México para a festa, que sorte a sua ter ido bem na época!

    • Analuiza Carvalho 18/07/2018 em 16:27 - Responder

      Obrigada Márcia! 🙂

      Na verdade quando decidimos ir ao México, já sabíamos que seria para ver a festa do mortos. Temos um amigo mexicano que sempre falava de los días de los muertos, que era uma bela festa, então esta viagem surgiu para isso e foi sensacional! 🙂 bjs

  13. Lulu Freitas 12/07/2018 em 16:16 - Responder

    Que linda seleção de cidades e filmes. Fiquei inspirada em conhecer lugares para onde não viajei como o México e Cuba. As fotos e o seu texto me transportaram para lá (não só para dentro dos filmes).

    • Analuiza Carvalho 14/07/2018 em 12:36 - Responder

      Fico feliz em saber que você viajou comigo Lulu; isso me deixa realmente satisfeita! México e Cuba são dois países tão distintos quanto interessantes. Costumo dizer que se a pessoa só pode visitar um destino na vida, que seja o México: lugar incrível!!! 🙂 bjs

  14. Luiza Cardoso 16/07/2018 em 19:45 - Responder

    Muito bom esse post, amei!
    Adoro quando estou viajando em um lugar que já foi cenário de algum filme. Acho que porque a gente se sente um pouco dentro da história né?
    E o oposto também acontece, quando estamos em um lugar e descobrimos que já foi cenário de algum filme e depois vamos assistir super curiosos. É demais essa conexão cinema + viagem. Curto muito!
    Acho que de todos que você falou, o que mais me emocionaria é Os Intocáveis. Demais!
    Adorei o post, parabéns!

    • Analuiza Carvalho 23/07/2018 em 16:12 - Responder

      oi Luiza… eu também acho: viagem e cinema estão intimamente ligados. Amo tanto os dois! Adoro quando vejo um filme cuja locação eu identifico, bem como adoro estar ao vivo em lugares onde foram filmados filmes que amo! rsrs bjus

  15. Flávia Donohoe 19/07/2018 em 06:29 - Responder

    que demais Aninha, estávamos em sicronia, escolhemos algumas parecidas, eu amo cenários de filme e sempre tento encontrar algum quando viajo! Os de Nova Iorque são icônicos.

    • Analuiza Carvalho 19/07/2018 em 13:34 - Responder

      Opa… estar em sincronia é sempre muito bom! rsrs Como sou apaixonada por cinema, visitar cenários sempre me deixa muito, muito feliz! Concordo muito com você, os cenários de Nova York são sempre muito icônicos e tendem a nos emocionar!!:) rsrs beijoquinhas

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.