O CASTELO da Boa Esperança: SÍMBOLO da Cidade do CABO na África do Sul

Naquele domingo tínhamos uma visita agendada para a Robben Island – ilha em que Nelson Mandela esteve preso por mais de uma década – na Cidade do Cabo, África do Sul. Infelizmente ela foi cancelada em cima da hora. Assim que, engolimos a frustração e seguimos para outro símbolo da cidade africana: o Castelo da Boa Esperança.

Foi um encontro maravilhoso com este passado capetoniano porque o lugar é muito bacana!

Calor que envolve, abraça e sufoca

O Castelo da Boa Esperança na Cidade do Cabo

Na Grand Parade sob lindo céu azul e sol escaldante

O calor naquele dia estava acachapante. Ele nos envolvia num abraço apertado e sufocante. O céu estava numa tonalidade de azul impressionante, quase sem nenhuma nuvem no céu. O sol brilhava intenso, vaidoso e exibido! Queimava minha pele sem dó, sem piedade, sem comiseração ou compadecimento algum. Estivemos em Cape Town no mês de abril e pegamos dias de muito calor e alguns poucos mais frescos.

Eu, com toda minha baianidade, raízes fincadas fortemente num bom dendê, mas desprovida da cor do cravo e da canela ou de um bom chocolate, pois o Universo cochilou enquanto me fabricava e me mandou com erro de fabricação, branquela demais, sofri com o sol africano.

O castelo de estrutura amarelada

De estrutura amarelada e paredes de pedra, o Castelo da Boa Esperança (Kasteel die Goeie Hoop em africâner), uma fortaleza na verdade, foi construído pelos holandeses no século XVII, entre 1666 e 1679 para defender a Cidade do Cabo. Espalha-se horizontalmente, sendo seu acesso pela Grand Parade. É monumento histórico desde 1936 e ainda carrega o título de edifício mais antigo da África do Sul.

A cor amarelada foi escolhida para diminuir o impacto do calor.

O Castle of Good Hope não tem aquela aparência insólita que nos gruda na alma e nos faz desejar mais e mais de um lugar e ainda assim não merece o desprezo dos viajantes, sendo este um dos passeios interessantes para se fazer na Cidade do Cabo.

O Castelo da Boa Esperança na Cidade do Cabo

O Castelo da Boa Esperança na Cidade do Cabo

O Castelo da Boa Esperança na Cidade do Cabo

O Castelo da Boa Esperança na Cidade do Cabo em alguns detalhes de sua fachada

O que podemos ver e visitar no interior do Castelo da Boa Esperança

Logo que passamos da entrada principal encontramos um amplo pátio. Dali temos uma boa visão do castelo como um todo.

O Castelo da Boa Esperança abriga um ótimo museu (coleção de Willian Fehr) com pinturas e moveis que falam do passado da cidade. Óleos de artistas como Cecil Schott (Mercado do Peixe em Rogge Bay na velha Cidade do Cabo – 1898), Wilhelm Heinrich Franz Ludwig (Long Street em 1845) e John Thomas Baines (Cape Town desde a praia de Woodstock), além de Edward J. Austen (O último homem da família que fala da guerra Boer – 1880/1890) estão expostos em algumas salas.

Encontramos ainda óleo de William Hodges que acompanhou o capitão James Cook em sua segunda viagem ao Pacífico entre 1728 e 1779, como artista, sendo pago para pintar os lugares por onde passavam. Foi assim que pintou o navio deles Resolution ancorado em Table Bay, com a Table Mountain, Lion´s Head e Signal Hill – três ícones sul africanos – ao fundo.

O Castelo da Boa Esperança na Cidade do Cabo

Resolution ancorado na Table Bay – óleo de William Hodges, século XVIII

O museu não é grande, está situado em dois andares e me levou por um passeio fantástico, pois até então eu nunca tinha visto imagens da velha Cidade do Cabo. Foi fascinante viajar por aquelas antigas cenas e remodelar a cidade, agregar mais valores a ela em minhas memórias e conhecimentos.

Além do mais, o pequeno museu nos conta sobre o início colonizador do sul da África do Sul quando portugueses, holandeses e britânicos começaram a se aproximar e posteriormente tomar posse daquelas terras o que “levou a conflitos, desapropriação e destruição dos indígenas e da sociedade africana no sul da África”.

O museu fala ainda dos muitos escravos que chegaram a Western Cape durante séculos seguidos sequestrados dos mais distintos países: Índia, Ceilão (atual Sri Lanka), Malásia, Madagascar, Angola, Java, Ilhas Mauritius, Moçambique e Timor. Pessoas nestas terríveis condições começaram a aportar em Western Cape ainda no século XVII, por volta de 1658.

Na primeira década do século XIX cerca de 63.000 pessoas haviam sido arrancadas de suas vidas e escravizadas na Cidade do Cabo. Pessoas responsáveis por construírem alguns dos variados móveis também expostos no museu, de diferentes anos, testemunhas da vida por ali em tempos coloniais, cheios de beleza, charme e muita dose de sofrimento.

Sem dúvida um museu que nos leva a reflexões sobre passado e presente, nossa existência e preconceitos.

Acessamos o museu pela varada De Kat, voltada para o pátio principal, construída em 1695, mas reconstruída em seu design atual em fins do século XVIII. Dali diversos anúncios foram feitos para escravos, soldados e burgueses do Cabo.

O Castelo da Boa Esperança na Cidade do Cabo

Ambiente possivelmente do século XIX

O Castelo da Boa Esperança na Cidade do Cabo

Uma liteira

Há ainda um museu militar que através de uniformes, munições, armas, medalhas, mapas e outros artefatos, fala não só da chegada dos europeus a esta parte do mundo como dos muitos conflitos que tiveram como palco estas terras, inclusive da passagem do português Bartolomeu Dias pelo Cabo da Boa Esperança. Durante a Segunda Guerra dos Boêres (fim do século XIX e início do XX) o castelo funcionou como prisão.

Ponto negativo dos dois museus: nem sempre as explicações disponíveis são suficientes para que entendamos o contexto de ambiente, de um móvel ou até mesmo de um quadro ou artista. Compromete um pouco a visita, mas não o suficiente para prejudicar completamente.

O Castelo da Boa Esperança na Cidade do Cabo

Traje de guerra usado pelo capitão Maj Jardine na guerra anglo-boer

Duas lindas meninas africanas

Estava eu, em determinado momento, diante de um quadro que não fornecia quase nenhuma informação a respeito da imagem, quando percebi duas garotinhas me observando. Elas se aproximaram e me perguntaram do que se tratava a pintura. Disse-lhes que não havia muita explicação, mas contei o que eu imaginava para a cena utilizando elementos do folclore brasileiro.

Elas ficaram encantadas e me contaram que eram da Cidade do Cabo, descendentes Xhosa e cheias de orgulho me informaram que falavam três idiomas: xhosa (se pronuncia cosa), inglês e africâner, algumas das muitas línguas faladas na África do Sul – são 11 no total.

Da parte externa superior se descortinam belos cenários

Da parte superior externa do Castelo da Boa Esperança a bela paisagem se rompe em diversos elementos distintos de identificação desta cidade de muitos personagens atrativos. O Castle of Good Hope não oferece uma estrutura de arrebatamento tóxico, mas proporciona momentos de muito prazer para quem percorre suas dependências.

É permitida a exploração. Assim, caminhamos, naquilo que mais parecia um labirinto de pouca complexidade, mudando ângulo e consequentemente os cenários: Table Mountain, Lion´s Head, Grand Parade, atores capetonianos foram desfilando diante de nossos olhos que nunca se cansaram das belezas naturais e arquitetônicas desta cidade cuja anatomia me aturdiu.

O Castelo da Boa Esperança na Cidade do Cabo

O acesso à parte superior externa se dá através de várias escadas como esta

O Castelo da Boa Esperança na Cidade do Cabo

O interior do Castelo da Boa Esperança onde acontecia um evento religioso

O Castelo da Boa Esperança na Cidade do Cabo

Do Castelo da Boa Esperança a Table Mountain

O Castelo da Boa Esperança na Cidade do Cabo

Belos cenários desde o Castelo da Boa Esperança

O Castelo da Boa Esperança na Cidade do Cabo

Explorando o labirinto da parte externa superior do Castelo da Boa Esperança com o sol castigando minha pele

Despedida da Cidade do Cabo

Assim, com esta visita ao Castelo da Boa Esperança, que em princípio nem estava em nosso roteiro, encerramos nossos dias em Cape Town. À noite tomamos um vinho na sacada do hotel aproveitando a noite fresca e no dia seguinte, tomamos café da manhã bem cedinho, numa das muitas charmosas cafeterias da cidade e partimos em nossa road trip por Western Cape.

Próximo destino?! A muito fofa Stellenbosch!

O Castelo da Boa Esperança na Cidade do Cabo

Pelas ruas vazias de Cape Town para tomar café da manhã e partir numa road trip por Western cape

O Castelo da Boa Esperança na Cidade do Cabo

Café da manhã delicioso numa cafeteria chamada Frater House

O Castelo da Boa Esperança na Cidade do Cabo

Próxima parada?! Stellenbosch!

O Castelo da Boa Esperança é atração paga e é possível conferir os valores e horários no site oficial: Castle of Good Hope

Depois de conhecer um pouco sobre o Castelo da Boa Esperança na Cidade do Cabo, quer saber onde ficar por lá?! Então clica no link bem aqui abaixo!Cais da Ilha de Genebra

+ Hospedagem charmosa na Cidade do Cabo

Venha espiar este mundão lindo comigo pelas redes sociais. 

Siga o Espiando pelo MundoFacebookInstagramTwitter

O Castelo da Boa Esperança é um dos ícones da Cidade do Cabo na África do Sul e merece uma visita. Conta sobre o passado da cidade sendo ele o edifício mais antigo da África do Sul construído pelos holandeses muitos séculos atrás. #cidadedocabo #africadosul #capetown #castelodaboaesperanca #historia #monumentohistorico #viagem #espiandopelomundo #viajantesempressa               O Castelo da Boa Esperança é um dos ícones da Cidade do Cabo na África do Sul e merece uma visita. Conta sobre o passado da cidade sendo ele o edifício mais antigo da África do Sul construído pelos holandeses muitos séculos atrás. #cidadedocabo #africadosul #capetown #castelodaboaesperanca #historia #monumentohistorico #viagem #espiandopelomundo #viajantesempressa

Clicando em qualquer uma das duas imagens logo aqui acima Cais da Ilha de Genebra o Castelo da Boa Esperança na Cidade do Cabo  ficará guardado em seu perfil no  Pinterest🙂

Para mais inspirações e histórias de viagem siga o perfil do Espiando pelo Mundo no Pinterest.

O Castelo da Boa Esperança na Cidade do Cabo, África do Sul

Se você, meu caro viajante, gostou de conhecer o Cabo da Boa Esperança na Cidade do Cabo, compartilhe em suas redes sociais para que os amigos leiam também! 🙂 

Os botões de compartilhamento estão aqui abaixo

Cais da Ilha de Genebra

 

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.