Um CACHORRO QUENTE em Wall Street: COMIDA DE RUA em Nova York

Um cachorro quente em Nova York foi meu primeiro almoço na cidade. Preciso confessar: depois de ler tantos livros e assistir a tantos filmes encenados nesta cidade, eu me senti muito nova yorkina comprando meu hot dog naquele carrinho de rua!

Estávamos explorando Lower Manhattan, passado e presente. Visitávamos a bonita Trinity Church quando a fome bateu. Entramos então na Wall Street em busca de um local para almoçarmos.

Hora do almoço no centro financeiro de Nova York!

Cachorro quente em Nova York

Um carrinho de rua em Wall Street para delicioso cachorro quente em Nova York

Hora do almoço no centro financeiro de Nova York! As ruas estavam movimentadas, mas não apinhadas de gente: trabalhadores e turistas.

Perambulamos bastante em busca de um restaurante, cafeteria ou até mesmo lanchonete mas todos os locais estavam lotados e os preços não estavam exatamente atrativos na maioria deles. Contudo, a variedade e quantidade de lugares para almoçar ali por Wall Street é mesmo grande. Então um carrinho de rua estacionado em frente ao The Trump Building nas proximidades do Federal Hall me olhou, me atraiu e me chamou.

Ah, sim! Eu atendi!

Um cachorro quente em Nova York me deixou imensamente feliz

Cachorro quente em Nova York

Eu, Wall Street e um cachorro quente

Eu pedi um hot sausage que custou $3.00. Descobriria mais tarde que paguei bem caro, mas estava em Wall Street, então, não dava para barganhar muito. A diferença entre a salsicha que escolhi e a de cachorro quente normal é a cor, bem mais vermelha e o fato dela ser apimentada.

Como boa baiana que sou eu gosto de uma pimenta ardida, mas a deste meu cachorro quente em Nova York me deixou desconcertada de tão forte!

Frango com arroz e salada com delicioso tempero árabe

Cachorro quente em Nova York

Frango com arroz e salada num tempero árabe

Leo, que come muito mais que eu, escolheu um chicken over rice with salad: 8 dólares. Sem salada o valor caía para 6 dólares, mas então tem que pedir, pois o padrão é com salada. Tudo servido em cumbuca descartável to go. A porção foi bem farta e estava muito saborosa, bastante condimentada.

Em todos os food trucks onde eu comi cachorro quente em Nova York tinham também comida árabe no cardápio.

Um átrio bonito perfeito para um almoço tranquilo e um descanso para as pernas

Cachorro quente em Nova York

Um edifício e um átrio agradável

Cachorro quente em Nova York

Uma átrio bonito e ótimo para almoçar em Wall Street

Eu fui comendo pela rua, feliz da vida. Almoçar cachorro quente em Nova York num carrinho de rua é muito cênico né não?! Eu adoro cachorro quente, do jeito que for. O que eles servem em Nova York não tem molho como os que eventualmente eu como no Brasil. Por lá é somente pão e salsicha. É possível acrescentar mostarda, ketchup e maionese.

Como Leo não tem a manha de comer em pé entramos em um edifício ao lado do Deutshe Bank onde vimos diversas pessoas entrando. Ali encontramos um átrio enorme com mesas e cadeiras. O lugar estava repleto de pessoas almoçando: umas de quentinha e outras com sacos de lugares diversos.

Circundando o átrio havia livrarias, cafeterias, sushi place e claro, a onipresente Starbucks.

Corpo devidamente abastecido e energizado, eu imensamente feliz com aquele meu primeiro cachorro quente em Nova York, fomos percorrer a icônica Wall Street.

Venha espiar este mundão lindo comigo pelas redes sociais. 

Siga o Espiando pelo MundoFacebookInstagramTwitter e Google+

Almoçar cachorro quente em Nova York num carrinho de rua é muito cênico né não?! #viajar #viajantesempressa #novayork #estadosunidos #cachorroquente #gastronomia                Almoçar cachorro quente em Nova York num carrinho de rua é muito cênico né não?! #viajar #viajantesempressa #novayork #estadosunidos #cachorroquente #gastronomia

Clicando em qualquer uma das duas imagens logo aqui acima Cais da Ilha de Genebraum cachorro quente em Nova York  ficará guardado em seu perfil no Pinterest 🙂

Para mais inspirações e histórias de viagem siga o perfil do Espiando pelo Mundo no Pinterest.

Um cachorro quente em Nova York

Se você, meu caro viajante, gostou de conhecer um pouco um cachorro quente em Nova York, compartilhe em suas redes sociais para que os amigos leiam também! 🙂 

Os botões de compartilhamento estão aqui abaixo.

Cais da Ilha de Genebra

 

By |2018-03-24T10:54:40+00:0023/03/2018|Categories: Américas, Estados Unidos, Nova York|Tags: , |5 Comentários

5 Comments

  1. maria luiza wallau 24/03/2018 em 13:27 - Responder

    Muito bom. Também adoro esta cidade. Quando fomos andamos muitoooo a pé. Ótimo.

    • Analuiza Carvalho 25/03/2018 em 09:41 - Responder

      Nova York é mesmo uma cidade ótima para caminhar!!! Nós também andarilhamos muito! 🙂

  2. Analuiza Carvalho 25/04/2018 em 11:16 - Responder

    Testando

  3. Adelaide 25/04/2018 em 17:47 - Responder

    Um roteiro em Nova York sem comida de rua, principalmente cachorro quente, é um roteiro pela metade.
    Dica anotada para a minha próxima estadia.
    Obrigada por compartilhar!

    • Analuiza Carvalho 26/04/2018 em 07:12 - Responder

      oi Adelaide… super concordo! rsrsrs Uma das coisas icônicas desta cidade cheia de simbolismos é a comida de rua. E tem coisa mais a cara de Nova York que um cachorro quente?! Barato, então… beijocas

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.