As DELÍCIAS da Casa PIRIQUITA

Acordamos muito cedinho naquela manhã em Sintra. Estava friozinho, as ruas ainda estavam maravilhosamente silenciosas e desertas. A cidade era inteiramente nossa. Depois de caminharmos por suas ladeiras, fomos experimentar as famosas delícias da Casa Piriquita.

A Casa Piriquita

Casa Piriquita

Casa Piriquita

A tradicional pastelaria, que existe por estes lados desde 1862 e tem dois endereços em Sintra, nasceu como padaria por incentivo do Rei Carlos I. O carro chefe de então eram as queijadas, cuja receita emerge lá dos tempos medievais.

Somente na década de 40, o prestigiado Travesseiro de Sintra, um pastel amendoado, é desenvolvido.

Foi em busca destas gostosuras que, antes mesmo do estabelecimento abrir naquela manhã, eu já me encontrava diante da porta da Piriquita II, antecipando prazeres gastronômicos em meu café da manhã.

Doces incríveis que nos enchem de prazer em um lugar cheio graça

Casa Piriquita

Casa Piriquita – linda e cheia de graça

Casa Piriquita

Balcão de entregas

Casa Piriquita

Travesseiro de Sintra, Queijadinha, bolo de coco e café

Por dentro a Piriquita é muito fofa! Toda decoradinha com azulejos coloridos, bem ao estilo da cidade, com tons de rosa predominando. Uma atmosfera mesclando o aconchego, ratificado por doces incríveis e café/chá maravilhoso, com descontração e informalidade.

Fomos os primeiros clientes. O atendente não estava muito sorridente, parecia ainda sonolento, mas nos indicou uma mesa e nos atendeu com educação. Pedimos as queijadas (0,90 euros), o travesseiro (1,40 euros), bolo de coco (1,20 euros), café (0,70 euros) e croissant com queijo (1,70 euros).

Estava tudo divinamente delicioso! Poderia ficar ali muito tempo perdida em maravilhosos sabores locais, mas tínhamos uma cidade inteira e encantada para explorar.

O que é bom a gente repete

Travesseiro e chá: prazer, muito prazer

À tarde, com o tempo apertado para vermos tudo o que queríamos em Sintra, em vez de almoçarmos, passamos na Piriquita de novo, para mais doces, chá e cafés. Quando chegamos, já passava e muito da hora do almoço, mas mesmo assim o lugar estava cheio.

Entramos e pacientemente esperamos um garçom nos indicar se havia fila e que mesa poderíamos ocupar, pois havia outras pessoas em pé. Enquanto isso, duas brasileiras nos empurraram e ocuparam uma mesa que estava vagando.

Concomitantemente, uma senhora, também brasileira, em alto e bom som gritava por suas queijadas para viagem. O garçom, o mesmo de poucos sorrisos de mais cedo, respondeu com o mesmo tom rude.

Eu já me preparava para um atendimento indelicado. Entretanto, diante de nosso boa tarde, por favor, há uma mesa disponível para dois?!, ele imediatamente sorriu, nos indicou a mesma mesa que ocupamos pela manhã e nos atendeu com gentileza extrema.

Alguns itens salgados do cardápio já não havia, mesmo assim ele fez sugestões, alterou ingredientes, chamou o que me pareceu o gerente, ambos nos pediram desculpas pelos produtos que já não tinham e me ajudaram a escolher outros salgados.

Posso até estar enganada, mas acredito cada vez mais que gentileza gera mesmo gentileza.

Gostaria ainda de ter provado as Queijadas da Sapa, outro doce e lugar tradicionais em Sintra, mas cheguei um dia depois das férias coletivas. Uma frustração sem tamanho!

Horários:

Segundas, Terças, Quintas e Sextas das 09:00 até às 20:00;

Sábados e Domingos das 09:00 até às 21:00;

Quartas – fechado.

Endereço: R. Padarias 1

Este texto não é fruto de nenhum tipo de parceria, sendo bem ao contrário disso, resultado de nossos gostos e escolhas pessoais.

Se você gostou da Casa Piriquita, compartilhe em suas redes sociais para que os amigos leiam e se deliciem também! 🙂 

Quer conhecer outro lugar muito legal em Sintra?! Então clica no link bem aqui abaixo!

Cais da Ilha de Genebra

+ A Quinta da Regaleira, um lugar mágico

Venha espiar este mundão lindo comigo pelas redes sociais:

Siga o Espiando pelo Mundo no FacebookInstagramTwitter e Google+

Para mais inspirações e histórias de viagem siga o perfil do Espiando pelo Mundo no Pinterest.

Curtiu a Casa Piriquita?! Fala a verdade: deu água na boca né?! Então que tal deixa-lo guardadinho em seu Pinterest?!

A Casa Piriquita é uma pastelaria cheia de antiguidade e tradição na cidade de Sintra, que serve doces típicos da gastronomia portuguesa além de deliciosos.

By |2018-03-07T01:06:07+00:0007/09/2017|Categories: Sintra|Tags: , |24 Comentários

24 Comments

  1. maytescaravelli 14/09/2017 em 14:29 - Responder

    Que incrível ainda nos dias de hoje ter que repetir que gentileza gera mesmo gentileza! Frustração e vergonha ao mesmo tempo. =x

    Não quero pensar: Só podia ser brasileiro! Pq gente mal educada existe em todo lugar, mas é incrível como o nosso povo tem o dom de ser simpático e acolhedor e ao mesmo tempo ser mal educado é se expor ao ridículo né?

    Bola pra frente! O que importa é que esses doces são incríveis e adorei a ideia de repetir os docinhos no almoço, acho que se não tivesse deixado esse local para o final do dia faria o mesmo =D

    • Analuiza Carvalho 15/09/2017 em 07:43 - Responder

      Pois então Maytê… concordo com você! Principalmente quando estamos visitando um país deveríamos ter ainda mais atenção no trato às pessoas não?! Nesse dia eu fiquei envergonhada também, pois como me disse uma turista muitos anos atrás: o que fazemos quando estamos visitando um país reflete diretamente em quem visita depois; uns vão abrindo caminho para os outros, então se somos gentis, os visitantes seguintes têm mais chance de serem bem tratados. Enfim… tento ser o mais gentil possível. rsrsrsrs bjus P.S. Os doces são mesmo deliciosos! eheheh

  2. Klécia Cassemiro 28/09/2017 em 16:17 - Responder

    Eu não aguentei de fome. Entre o texto da Confeitaria do Bolhão e este aqui, fui pegar um lanchinho. Fiquei encantada pelo lugar, que parece uma casa de boneca das mais ricas e das que eu um dia eu sonhei em ter. Parece que tudo estava deliciosamente me teletransyortando para lá, com aromas e sabores. E sim, com certeza gentileza gera gentileza, gente boa atrai gente melhor ainda, e não se vive um só dia sem receber de volta o que a gente entrega ao universo.
    Beijos, Aninha!

    • Analuiza Carvalho 06/10/2017 em 12:03 - Responder

      Enviemos então boas energias ao Universo, sempre! 🙂

      A Casa Piriquita é turística, vive cheia, é um clássico e tem uma doçaria de dar água na boca! rsrs bjus

  3. MARCIO VITAL VALENÇA 19/12/2017 em 12:44 - Responder

    Que lugar maravilhoso! Pretendo em breve visitar Sintra e com certeza irei neste local! Parabéns pelo post

    • Analuiza Carvalho 19/12/2017 em 13:00 - Responder

      oi Marcio… que bacana! Prepare-se para se encantar pela bela Vila de Sintra e suas maravilhosas paisagens. Perca-se nelas e em seus famosos travesseiros na Casa Piriquita. Não vai se arrepender!

  4. Deisy Rodrigues 19/12/2017 em 14:27 - Responder

    Eu adoro travesseiro de Sintra, sou completamente apaixonada por doces portugueses e já coloquei a Casa Piriquita naquele lista de lugares pra conhecer em Portugal. Concordo com você gentileza gera gentileza e não é pela falta dela em umas pessoas que devemos parar de oferece-la.

    • Analuiza Carvalho 19/12/2017 em 15:18 - Responder

      Olá Deisy… menina eu também me apaixonei perdidamente pelo travesseiro de Sintra e pelos doces portugueses. Vá, vá sim conhecer a Casa Piriquita e se deliciar com seus doces e seu fofo ambiente! 🙂 bjs

  5. Fabricio 19/12/2017 em 19:13 - Responder

    Acredita que eu já passei duas vezes na porta da Casa Piriquita e nunca entrei? Agora nem sei quando volto a Portugal, mas fica na listinha.

    • Analuiza Carvalho 19/12/2017 em 19:32 - Responder

      Sério Fabricio… que pena, principalmente se você gosta de um bom café e de um doce. Os travesseiros e as queijadinhas são uma perdição! rsrs bj

  6. Marcia 20/12/2017 em 19:36 - Responder

    Vocês devem ser como eu, que facinho facinho deixo de almoçar pra tomar café da manhã e afins. Dica anotada, nome marcante, não tem como esquecer. Só falta ir pra Portugal!

    • Analuiza Carvalho 20/12/2017 em 20:14 - Responder

      oi Marcia… na verdade quando se trata de comida eu não costumo recusar nadinha, pode ser café da manhã, lanchinho, almoço, janta… não costumo comer muito, mas adoro experimentar sabores locais!

      O nome é mesmo marcante para nós né?! rsrsrs Quando for a Portugal, visite Sintra. Quando for a Sintra vá à Casa Piriquita! rsrsrs bjuuuusss

  7. Keul Fortes 23/12/2017 em 13:59 - Responder

    Que encanto de lugar. Achei super charmoso! Quanto a comida me chamou atenção.. Parece ser delícia! Obrigada pela dica!

    • Analuiza Carvalho 23/12/2017 em 18:13 - Responder

      oi Keul… come-se muito bem em Portugal e a Piriquita em Sintra bem isso: comida gostosa em um lugar charmoso!

  8. Flávia Donohoe 09/01/2018 em 17:35 - Responder

    estou na contagem regressiva pra ir a Portugal e quero aproveitar muito, espero passar 1 semana por lá e conhecer pelo menos o básico, gostei muito do local que você recomendou! Beijos

    • Analuiza Carvalho 09/01/2018 em 17:45 - Responder

      oi Flávia… que delícia ir a Portugal! 🙂 Gostei muito dos dias que passei no país. Se for a Sintra come um travesseiro de Sintra e toma um café por mim na Casa Piriquita, por favor! rsrs bjus

  9. Malas pra que te quero 10/01/2018 em 17:20 - Responder

    Portugal é mesmo incrível! E a facilidade do idioma facilita as coisas pra muita gente, né! Problemas acontecem, mas o passeio parece ter sido ótimo.

    • Analuiza Carvalho 10/01/2018 em 18:02 - Responder

      oi… Eu gostei muito dos dias que eu passei em Portugal! Foram maravilhosos. Fomos recebidos com gentileza e simpatia. De fato o idioma facilita né?! E os doces e salgados da Piriquita são deliciosos! 🙂

  10. Faz tanto tempo que fui pra Portugal que preciso voltar (essa viagem foi em 2001)! Adoro conhecer a gastronomia típica sempre que viajo! Dica anotada pq certeza que voltarei logo!

    • Analuiza Carvalho 11/01/2018 em 18:58 - Responder

      Nooossa! Muito tempo mesmo! Acho que Portugal merece muitas visitas! 🙂 SE for a Sintra coma um travesseiro na Piriquita por mim. Com um café, por favor! rsrs bj

  11. Fabio Pastorello 12/01/2018 em 19:27 - Responder

    Eu amei ese lugar. Post para deixar a gente com água na boca. Fomos lá comer uns doces também. Aliás, o que dizer de Sintra, né? Lugar para lá de especial.

    • Analuiza Carvalho 12/01/2018 em 19:48 - Responder

      Concordo Fabio… Esta Sintra é um lugar lindo, encantado eu diria. E os travesseiros e queijadinhas da Piriquita… ah… quanta saudade! 🙂

  12. angela sant anna 13/01/2018 em 18:46 - Responder

    o garçom tava meio estressado nesse dia ne, mas imagino q deva ter muita gente mal educada e acaba tratando todo mundo igual…gostei bastante dessa sugestao, fiquei com vontade de provar essas delicias!

    • Analuiza Carvalho 16/01/2018 em 06:42 - Responder

      oi Angie… a Piriquita é uma perdição mesmo! Aqueles travesseiros… Quanto ao garçom, acho que ele não estava estressado não; com a gente ele foi super delicado. Acho que o mau humor dele foi dedicado a quem chegava ali com indelicadeza. O lugar fica cheio então, em minha opinião, é preciso chegar com gentileza. 🙂 bjus

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.