O ALTER HOF, a Corte Velha em MUNIQUE

Depois de passarmos pela mui famosa Cervejaria Hofbräuhaus, voltamos a caminhar pela cidade, passando pela Altenhofstraße, rua com edifícios de cores distintas e beleza para todo lado, chegando até o Alter Hof em Munique.

A bela Altenhofstraße

Alter Hof em Munique

Altenhofstraße – quase dancei na chuva

Nessa rua se localizam lojas e bares, mas nessa tarde de domingo, com a chuva recomeçando, ela estava tranquila, deserta, com poucos transeuntes. A Altenhofstraße praticamente só para mim e para Léo! Eu quase dancei na chuva de tanta felicidade!

O Alter Hof em Munique

Alter Hof em Munique

A entrada para a Alter Hof

Alter Hof em Munique

Alter Hof – Corte Velha

Em um dos lados da Altenhofstraße está o Alter Hof, ou Corte Velha, antiga residência imperial de Luís IV da Baviera (1282 – 1347), Imperador do Sacro Império Romano-Germânico, Duque da Baviera e algumas coisinhas mais, até o século XV, quando por motivos de segurança, a corte mudou-se para outro endereço.

Essa foi a primeira residência fixa de um Imperador do Sacro Império, mas há indícios de que desde o século XII, o castelo já existia. Nesses tempos havia uma capela, hoje morta, que abrigou a Regalia Imperial.

Muito danificado durante a Segunda Guerra, somente parte dele foi reconstruído. O Burgstock, uma das partes que compunha o castelo, é patrimônio histórico e muito bonito em sua simplicidade, em nada lembrando os castelos de meu imaginário.

Janela Saliente

Alter Hof em Munique

Alter Hof – Corte Velha e a Janela Saliente

No Burgstock, onde está alojado o museu central (domingo não funciona) podemos ver uma maravilhosa janela saliente, gótica, por onde, segundo conta a história um macaco do zoológico real teria sequestrado o pequeno Luís da Baviera, devolvendo-o mais tarde são e salvo.

Aqui também estávamos sozinhos. Enquanto observávamos o prédio, uma ou outra pessoa atravessava o pátio a caminho de algum outro lugar, sem se deter nem por um único segundo. Eu podia ouvir o silêncio, o que ajudou a escutar os sussurros do passado. Então, seguimos em frente.

By |2018-03-07T00:57:14+00:0024/10/2016|Categories: Munique|Tags: , |0 Comentários

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.