A colorida biblioteca PICCOLOMINI

Já fazia um tempo que estávamos perdidos entre as colunatas alvinegras do Duomo de Siena sob seu céu de estrelas quando entramos na Biblioteca Piccolomini, cujo acesso se dá pelo Duomo, conhecida também como a Biblioteca do Papa.

A moça que recolheu os nossos ingressos, muito educada, perguntou de onde nós éramos; do Brasil, respondemos e ela replicou, ah! Os espanhóis passaram por lá!

Não senhora, fomos colonizados (ou explorados, vai de interpretação) pelos portugueses por isso, inclusive, falamos português. Ela riu de sua gafe, é verdade, nos disse, eu sabia! Nós rimos junto com ela, que foi simpática afinal, apesar de seu equívoco.

O interior da Biblioteca Piccolomini

Biblioteca Piccolomini

O colorido teto da biblioteca

Biblioteca Piccolomini

Um das muitas cenas retratadas da vida do papa Pio II

Os afrescos que adornam a biblioteca são do princípio do século XVI e foram pintados por Pinturicchio e retratam cenas da vida do papa Piccolomini, o Pio II, como celebração de noivados, por exemplo.

Eu achei este pequeno espaço colorido, sensacional. Amo os livros e as inúmeras possibilidades de viagem que eles guardam. Amo a ideia de pegar carona nas palavras de um autor, na forma como eles fazem com que as histórias cheguem até nós, o formato, as cores, o ritmo de seus personagens.

Biblioteca do Papa

Biblioteca Piccolomini

Cenas da vida do Papa Pio II

Biblioteca Piccolomini

Livros, muitos livros

Por isso, eu acho, gostei tanto da casa de livros do papa Pio II. Em tempo, gosto também, e muito, de narrativas feitas através de imagens.

Para completar a minha satisfação de estar naquele ambiente pequeno e magnifico não havia mais ninguém além de nós dois, Léo e eu, então o tempo era inteiramente nosso. E nós o paramos, por alguns minutos, para apreciar tanta beleza secular.

Deixamos, não sem certo esforço, a Biblioteca Piccolomini e o Duomo.

Veja como comprar bilhetes para visitar o Complexo do Duomo:

+ Bilhetes

Afastamo-nos do Duomo

Biblioteca Piccolomini

Deixando o Duomo

Biblioteca Piccolomini

A caminho da Cripta e Batistério, com as cores de Siena já mais suaves

Afastamo-nos do Duomo e tomamos o rumo da Cripta e do Batistério: as luzes de Siena já estavam mais suaves, indicando que o dia começava a despedir-se. Nosso tempo na cidade estava acabando e ainda havia muito por ver, mas eu sabia que não teríamos espaço para conhecer tudo. O resto da cidade teria que ficar para outra oportunidade.

Veja o Duomo de Siena:

+ Duomo de Siena

Gosto desse texto?! Salve em seu Pinterest!

A Biblioteca Piccolomini é uma explosão de cores e um contar de histórias passadas em vívidas imagens

By |2018-03-07T00:57:30+00:0014/04/2016|Categories: Siena|Tags: |14 Comentários

14 Comments

  1. […] + Biblioteca Piccolomini […]

  2. Carol Duque 17/07/2017 em 21:53 - Responder

    Muito lindas as cores dessa biblioteca! Uma verdadeira obra de arte. Adorei as dicas e as imagens belas desse lugar. Parabéns pelo post!

  3. Francisco Piazenski 18/07/2017 em 00:39 - Responder

    Ana, essa biblioteca parece ser fantástica, hein? Adoro esses afrescos expostos quase que em mosaicos, que trabalho, que perfeição…imagino as coleções que devem estar presentes por lá. Parabéns, mais uma vez por esse lindo relato!

    • Analuiza Carvalho 18/07/2017 em 08:49 - Responder

      Eu também adoro afrescos e suas possibilidades de estimular nossa imaginação e nos transportar a tempos idos… A Piccolomini é mesmo um belo lugar para ser visitado e apreciado sem moderação! rsrsr

  4. […] por 8 euros, pudemos visitar todo o complexo: Museo dell´Opera del Duomo, o terraço, o Duomo, a Biblioteca Piccolomini, a Cripta e o Batistério de São João […]

  5. […] deixamos o Duomo com seu ar nobre em contraste com o colorido exuberante e lindamente exagerado da Biblioteca Piccolomini e seguimos em primeiro lugar em direção à […]

  6. Simone Hara 19/07/2017 em 04:32 - Responder

    Que fantástica essa biblioteca! Nunca tinha lido nada sobre ela e achei super interessante!
    Mais uma dica que foi parar no meu caderninho! Adorei!

  7. Ana Coutinho 20/07/2017 em 15:00 - Responder

    Sensacional! Cheia de cores e história. Não conhecia e achei muito interessante. Já está anotada a dica pois com certeza irei visitar em breve!

  8. Deisy Rodrigues 21/07/2017 em 19:26 - Responder

    Que biblioteca mais linda e esses afrescos são uma maravilha, uma verdadeira preciosidade de Piccolomini.

  9. […] Biblioteca Piccolomini […]

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.